.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Na vossa justiça, guiai-me, Senhor!-Helena Serpa

05/09/2015 - 2ª. Feira – XXIII semana comum - 1 Coríntios 5, 1-8 – “Um pouco de fermento leveda toda a massa
Precisamos estar consciência de que as nossas más ações como também as nossas boas ações têm influência na nossa família, na comunidade e no mundo onde vivemos. Não podemos “justificar” nossas iniquidades nem as dos nossos irmãos tapando o sol com uma peneira.  Quando erramos devemos reconhecer o nosso erro para mudar de vida, do contrário, com o tempo,  estaremos todos sendo “farinha do mesmo saco”. As coisas vão se tornando normais e já não enxergamos o que está certo nem errado. Se as nossas atitudes são de bem estaremos contribuindo para o crescimento da nossa comunidade, se não,   devemos  ter consciência e optar pelo bem comum: ou nos afastar ou mudarmos de vida. “Um pouco de fermento leveda toda a massa”, portanto, precisamos, com misericórdia e firmeza, nos admoestarmos mutuamente e orarmos uns pelos outros pedindo que o Espírito Santo enfraqueça em nós o domínio da carne a fim de que o nosso espírito seja salvo para o dia do Senhor  -  Você tem alguma influência dentro da comunidade sobre os seus irmãos? – Como tem sido o seu proceder fora da comunidade: é o mesmo que você demonstra dentro dela? – Você tem consciência tranquila diante de Deus dos exemplos que  você tem dado aos seus (as) amigos (as)?

Salmo 5 – “Na vossa justiça,  guiai-me, Senhor!”
O pecado nos afasta de Deus, nunca poderemos nos esquecer disso! As trevas não resistem à luz, portanto como o salmo anuncia, nós precisamos pedir urgentemente refúgio ao Senhor, que nos afasta da iniquidade e do mal. Sob a proteção do Senhor nós nos regozijaremos e caminharemos com firmeza, portanto, não nos esqueçamos de pedir a Ele que nos guie pelos caminhos da nossa existência.

Evangelho – Lucas 6, 6-11 – “Jesus veio para curar a nossa ‘mão seca’ ”

Jesus não conseguia fazer-se entender que o ser humano é muito mais importante para Deus do que todos os regulamentos por mais que manifestasse, no meio do povo, prodígios e milagres.  Os mestres da lei e os fariseus apreciavam a Lei de Deus apenas no que se relacionava com as regras de comportamento, de organização e disciplina do povo, mas não a tinham no coração, como  um princípio de vida e libertação do ser humano.  Ao contrário do que eles pregavam, Jesus fazia questão de anunciar que viera para os pecadores mostrando que o pecado nos deforma e nos afasta do convívio com Deus e também com as pessoas. Por isso, Ele fazia questão de acolher a todos que estavam “marcados” pelo estigma do erro, da culpa e que de alguma forma se sentiam excluídos do convívio com aqueles que se consideravam “puros e bons”. Hoje, também, o propósito de Jesus é restaurar a vida de todos os que se encontram em situação de exclusão, por isso, a qualquer hora, em qualquer momento, mesmo quando todos nos apontam e acusam Jesus está pronto para nos colocar no centro, nos tirando do meio da multidão.  Ele nos olha com um olhar especial e percebe a nossa chaga! Ele sabe o que está nos deformando e quer que tenhamos consciência da nossa dificuldade, por isso, nos manda estender a mão a fim de expor o nosso pecado para reconhecermos que precisamos de  perdão e de acolhimento. O olhar carinhoso de Jesus nos revigora e a     Sua Palavra é para nós como uma promessa que se cumpre: “Levanta-te e fica aqui no meio”! “Estende a tua mão”!  Na medida em que obedecemos à Sua Palavra, também vão caindo por terra os nossos complexos de inferioridade, o medo de revelar quem nós somos, os nossos defeitos, a nossa “mão seca”. Tudo então se torna muito natural e simples e perdemos a inibição e cheios de firmeza enfrentamos todos os olhares ardilosos, pois eles estão ocultos pelo olhar misericordioso de Deus. Ninguém, jamais, em momento algum pode perder a chance de atender à ordem de Jesus, porque Ele veio para curar a nossa “mão seca”,  nem que seja em dia de sábado.   –   Quando comete um pecado grave você se sente isolado (a)? – Você costuma reconhecer e confessar os seus pecados? – Você tem coragem de expor os seus defeitos diante das pessoas pondo-se sob o olhar da misericórdia divina? – Para você o que pode significar “em dia de sábado?


5 comentários:

Manoel Moura disse...

Texto que nos leva a refletir sobre a Misericórdia de Deus. Ele nos permite reencontrá-Lo por meio do Sacramento da Reconciliação, após nos arrependemos de nossos erros.

Manoel Moura disse...

Texto que nos leva a refletir sobre a Misericórdia de Deus. Ele nos permite reencontrá-Lo por meio do Sacramento da Reconciliação, após nos arrependemos de nossos erros.

Anônimo disse...

SENHOR PERDAO POR TODOS OS MEUS PECADOS,OBRIGADO JESUZ POR ESTAR CONOSCO TODOS OS DIAS,JESUS OBRIGADO POR TUA PACIENCIA PARA CONOSCO ,QUE UM DIA POSSA TODA A HUMANIDADE SEJA CONVERTIDA E QUE NOS SINTAMOS IRMAOS VERDADEIROS EM CRISTO JESUZ AMEM. JOAO

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor !!! obrigado Helena !!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário