.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

-ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA-José Salviano

ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA
 SOLENIDADE

21 de Agosto de 2016 – Ano C

1ª Leitura - Ap 11,19a; 12,1-6a.10ab

Salmo 44

2ª Leitura - 1Cor 15,20-26.28

Evangelho - Lc 1,39-56



PRIMEIRA LEITURA
O texto do apocalipse nos fala de Maria a mãe de Deus. Aquela que foi comparada com a Arca da Aliança, por trazer em seu corpo, o próprio Deus.
Ela estava grávida, pelo poder do Espírito Santo, e eis que o demônio apareceu para devorar o fruto do vosso corpo. Ele era o dragão amaldiçoado, que nunca se prevalecerá sobre a Igreja.
Mas ela deu à luz um filho homem, o primogênito do Pai que veio para governar o mundo. E assim se realizou o Plano de Deus fruto do seu amor por nós.

SEGUNDA LEITURA
A Carta de Paulo aos coríntios nos fala que Cristo realmente ressuscitou dos mortos. E segundo uma determinada ordem, nós também voltaremos a vida com Cristo.
Porém, em primeiro lugar é Cristo que ressuscita como primícias. 
Primícias eram os primeiros frutos da terra que eram oferecidos a Deus. Eram também as pessoas consagradas totalmente a Deus, como o foi o Filho de Deus vivo.
Por isso, Cristo foi o primeiro a voltar a vida, como primícias dos que morreram ou adormeceram no Senhor.

EVANGELHO

Salvemos a grande Rainha a mãe do Senhor, a cheia de graças que ofereceu o seu corpo para a encarnação do Filho de Deus que veio até nós.
Saudemos a grande Rainha que é mãe da grande misericórdia, porque seu Filho é misericordioso e é a esperança nossa. Esperança de uma vida que será uma doçura, que será eterna.
Diante da grande Rainha nós bradamos, gritamos, e choramos, como degredados, desesperados, sofredores, porém conscientes de que somos filhos de Eva, filhos da mãe do nosso Senhor Jesus Cristo, o nosso salvador.
A vós recorremos mãe puríssima e poderosíssima, pois estamos vivendo em um verdadeiro inferno de violências que nos leva constantemente às lágrimas. Estamos em um vale profundo de lutas pele sobrevivência, e por um lugar ao sol, e que se resulta em um grande vale em que choramos, sofremos, e por isso é um vale de lágrimas!
Mãe clementíssima olhai por nós, rogai por nós. Seja pois a nossa advogada junto ao teu Filho amado no dia do juízo final. Defenda-nos pois neste mundo somos arrastados para o pecado constantemente, ajude-nos para que um dia estejamos juntos na glória eterna.
Mãe poderosa! Nós te suplicamos que depois deste desterro que é a vida na Terra, mostrai-nos Jesus.  Conduza-nos a Jesus que foi o bendito fruto de vosso ventre, ou melhor, aquele que abrigaste em teu corpo, para a salvação da humanidade. Porém, muitos até hoje rejeitaram o Plano de Deus. Ajude-nos, mãe clementíssima, mãe piedosa, ó doce e sempre virgem Maria!
Jesus nos fez muitas promessas:
Ele nos prometeu a vida eterna se deixássemos mulher e filhos por causa do Reino.
Ele nos prometeu cem vezes mais nesta vida se largássemos tudo para servi-lo.
Ele nos prometeu que iria nos apresentar ao Pai se o confessássemos, se o apresentássemos nesta vida aos homens e as mulheres.
Ele nos prometeu que se déssemos um da Terra teríamos cem no Céu.
Ele nos prometeu que seríamos felizes se fôssemos injuriados, caluniados e torturados por causa do seu nome.
Ele nos prometeu que seríamos saciados, por ter passado fome e sede justiça nesta vida.
Ele nos prometer que iríamos sorrir, se nesta vida vivemos a chorar por causa dos nossos sofrimentos.
Ele nos prometeu muitas coisas boas e maravilhosas, porém, nós constantemente estragamos tudo isso por causa do nosso egoísmo, por causa da nossa falta de fraternidade, por causa da nossa indiferença, por causa dos nossos pecados.
Por isso ó mãe poderosa nós vos suplicamos que nos ajude a sermos fiéis a Deus, que nos ajude a seguir Jesus, a viver o Evangelho. Ajude-nos a vier a castidade, ajude-nos a viver em santidade!
Ó mãe querida! Rogai por nós para que sejamos dignos das promessas de Cristo, teu Filho e Senhor nosso!


Tenha um bom domingo. José Salviano.

Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário