.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Anseio de eternidade-Helena Serpa


25/08/2016 - 5a. feira – XXI semana do tempo comum -  1 Cor 1, 1-9 –  “não nos falta dom algum”

Todas as promessas de Deus se cumpriram em Jesus Cristo que nos mandou o Espírito Santo, doador dos dons. Por isso, Paulo fala para todos nós que em qualquer lugar do mundo invocamos o nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Pelo poder do Espírito Santo nós também, assim como os coríntios, temos todos os dons. Somos ricos em tudo, na palavra e no conhecimento. Temos tido todas as oportunidades possíveis para crescer na graça da santidade. É pelos méritos de Jesus Cristo, também, que recebemos do Pai o dom da perseverança, o dom de enfrentar as tempestades, o dom de prosseguir na vida  bendizendo sempre o nome de Deus e agradecendo pelas Suas obras na nossa existência. Relatar as obras de Deus é fazê-Lo presente na história da nossa vida, participando conosco e nos ajudando a usar todas as dádivas que Dele recebemos. De graça recebemos, de graça devemos dar. Não podemos nos escusar da nossa missão de semeadores do reino dos céus aqui na terra. E, enquanto é tempo, precisamos assumir o nosso lugar na construção do reino. Às vezes, protelamos o momento de pôr em prática as nossas habilidades e deixamos passar oportunidades, com medo de assumir compromissos.  Na verdade, quando agimos assim, de alguma forma estamos também “cortando” a Cruz que nos servirá de ponte quando tivermos que atravessar o “vale da sombra da morte”. É apenas uma figura, mas nos serve como exortação a fim de que não deixemos para amanhã o que podemos fazer hoje. A santidade é uma estação futura, mas, na quadra atual da nossa vida, ela já poderá ser delineada, dependendo do nosso sim. – Você tem buscado a santidade? – Você tem usado os seus dons? – Quais são os dons que você tem? – Você é perseverante? – Você tem conhecimento da Palavra de Deus? – Você tem a Palavra como um guia para a sua vida? – Se isto não acontece, porque então não começar de HOJE?

Salmo 144 – “Bendirei o vosso nome pelos séculos, Senhor!
A cada dia da nossa vida, sempre teremos algum motivo para louvar o Senhor e bendizer o Seu Santo Nome. “Uma idade conta à outra vossas obras”, é o que diz o salmista. Realmente, na nossa caminhada toda experiência com Deus serve para nós como alento e por isso nunca poderemos desanimar, pois se Deus me amparou ontem, hoje e amanhã também, Ele o fará!

Evangelho – Mateus 24, 42-51 – “ anseio de eternidade

Dentro de nós há um desejo e um anseio de eternidade que se confundem com a mentalidade que o mundo nos impõe de que temos de permanecer para sempre instalados aqui na terra. Neste Evangelho, Jesus nos alerta para que permaneçamos vigilantes, pois a nossa vida é breve. Na verdade, se pensarmos bem, chegaremos à conclusão de que aqui estamos de passagem, que a nossa vida é apenas um estágio e dura muito pouco. A, todos apesar disso necessitamos tomar consciência do valor do tempo que temos e das descobertas que, a todo o momento, nós fazemos em relação ao projeto de Deus, para bem vivermos a nossa existência terrena. Por isso, em todos os dias, precisamos pesar, medir e contar os nossos atos, as nossas intenções, e pedir ao Senhor graças para que sejamos encontrados no nosso posto quando Jesus voltar. A nossa vida deve ser um eterno caminhar em busca da terra prometida por Deus. É uma luta constante, por isso, nunca chegará o dia em que poderemos descansar e nos refestelar crendo já ter cumprido toda a nossa missão. A cada dia o Senhor nos mostra algo novo para ser vivenciado e nos renova a fim de que possamos assumir a obra que Ele nos designou. O compromisso que assumimos com Jesus, no Batismo, vai sendo cumprido na medida em que nos relacionamos com o nosso próximo e o amor que vivenciarmos será o parâmetro da fidelidade da nossa vida. “Por isso, também, fiquemos preparados!”  - Você costuma se perturbar quando lhe falam da morte? – Você tem desejo de eternidade? – Será que seria bom viver somente aqui para esta vida: o que você acha disso? – Você é vigilante? – O que você espera do seu futuro? - O que você acha que Deus ainda vai entregar a você, como compromisso.

4 comentários:

Jose Antonio disse...

muito bom,eu li e entendi, Deus abençoe

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor !!! Obrigado Helena !!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Anônimo disse...

MEU SENHOR DA,ME UM CORAÇAO PARA AMAR E COMPREENDER A MEUS IRMAOS VIVENDO SEMPRE EM TEU SANTO AMOR ,OBRIGADO POR TEU SANTO AMOR

Postar um comentário