.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

“E MUITOS QUE AGORA SÃO OS ÚLTIMOS, SERÃO OS PRIMEIROS!” – Olivia Coutinho

 
Dia 16 de Agosto de 2016
 
Evangelho de Mt19,23-30
 
É fazendo um caminho de volta às nossas raízes, que vamos redescobrindo  a nossa verdadeira origem e o nosso destino: viemos do Pai e para o Pai retornaremos! Esta certeza, deve nos conscientizar, de que nós não precisamos de tantas coisas durante esta nossa breve passagem terrena, afinal, do mundo, nada levaremos a não ser o bem que fazemos!
O evangelho  que a liturgia de hoje coloca diante de nós, é a continuação do evangelho de ontem, quando Jesus, após o encontro com o jovem rico, alertou os discípulos sobre o perigo da riqueza não partilhada. (Mt19,16-22)
 “É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus”. Foi o que Jesus disse aos discípulos, logo após o diálogo com um jovem rico, que esteve às portas do Reino dos céus, mas não entrou, porque não conseguiu se libertar dos bens matérias, “coisas,” que não passam pela porta do reino!
Diante desta afirmação de Jesus, os discípulos mostram-se apreensivos, Pedro, preocupado quanto ao futuro deles, questiona Jesus, já que ao contrário do jovem rico, eles, (discípulos) haviam deixado tudo para segui-lo. “Nós deixamos tudo e te seguimos. O que haveremos de receber?” Este questionamento  de Pedro, dá a entender,  que até então, os discípulos, não haviam entrado na dinâmica do Reino, e que  mesmo convivendo diretamente com Jesus, eles  continuavam presos  a mentalidade do mundo.
O texto nos sugere um confronto entre a lógica de Deus e a lógica dos homens, a lógica do homem é guardar, é acumular é  ter sempre mais, enquanto que a lógica de Deus, é deixar-se, é abandonar-se, é desprender-se, é partilhar...
Jesus tranquiliza os discípulos, garantindo-lhes que nenhum deles ficaria sem recompensa por terem deixado tudo para segui-Lo: “Todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna”.
Podemos observar: do nosso convívio em comunidade, vamos ganhando novos irmãos, novas mães, novos pais, valores que vão ampliando  a nossa família! 
É Importante conscientizarmos de que o seguimento a Jesus exige renuncia, mas em momento algum, Ele nos pede para abandonarmos a nossa família, o que Jesus nos pede, é que, coloquemos o Reino de Deus como prioridade em nossa vida, na frente até mesmo da nossa  família. Quando colocamos Deus em primeiro lugar, até o nosso convívio familiar fica mais harmonioso! 
O que devemos abandonar mesmo, é o egoísmo, a ganancia, a nossa mania de grandeza, estes, sim, são os grandes inimigos do Reino, inimigos que distancia o humano do humano e consequentemente o humano do Divino!
Quem faz opção por Jesus, não está livre das perseguições, pois o testemunho de quem vive em Jesus, incomoda quem faz opção pelas propostas  do mundo!
O verdadeiro seguidor de Jesus, tem consciência dos desafios que irá encontrar pelo caminho, mas ele nunca desiste, pois tem em Jesus, a sua verdadeira segurança! 
Para Jesus, os primeiros no reino dos céus, são aqueles que hoje são os últimos no mundo, os que a sociedade despreza! 
Quem é pequeno aos olhos do mundo, é grande aos olhos de Deus!

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine.

Postar um comentário