.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 9 de outubro de 2016

-Jesus denuncia os assassinos dos profetas-José Salviano

13 de Outubro de 2016-Ano C

Evangelho - Lc 11,47-54



Jesus enfrenta os seus inimigos denunciando que foram os seus pais que mataram os profetas.
E garante que serão pedidas contas disso àquela geração. Em seguida, O Filho de Deus enfrenta os mestres da Lei, dizendo que eles tomaram a chave da ciência, se julgando os donos do saber, porém, na verdade não passam de uns injustos. Pois nem eles entram no Reino dos Céus nem permitem que os outros entram.
Ao terminar o seu discurso, e quando Jesus saiu dali. Os mestres da Lei e os fariseus começaram a tratá-lo mal, e a provocá-lo sobre muitos pontos. 
Armavam ciladas, para pegá-lo de surpresa, por qualquer palavra que saísse de sua boca. 
O mundo está do jeito que está, por que muitos têm medo de denunciar os desmandos dos injustos.  Não são poucos os repórteres que sofrem ameaças. Alguns justos são crucificados, enquanto outros que roubaram todas, continuam soltos, livres, desfrutando uma vida de liberdade e de opulência.
Jesus foi crucificado por ter enfrentado os poderosos de sua época, denunciando os seus crimes. Armaram para Ele, colocando-o contra o poder romano.  Porém, os representantes de Roma, apesar de reconhecer que não viram nele nenhum pecado, e de perceber que tudo aquilo não passava de picuinhas entre os líderes judaicos e as denúncias de Jesus, acabaram por ordenar a sua sentença, ou melhor, entregaram-no aos judeus para que o condenassem.
O próprio Jesus apesar de ter enfrentado os maus do seu tempo, nos aconselhou a não enfrentar os malvados.
Quando a situação é bem perigosa, quando denunciar represente perigo imediato, o melhor que temos é ir jogando água limpa no poço sujo, ou seja, continuamos a mostrar a justiça de Deus, em nossos sermões, em nossa catequese. Para que todos percebam a grande diferença entre a mensagem divina e a realidade em que estamos vivendo.
O que não podemos é cruzar os braços, nos esconder embaixo da cama, ficar tremendo de medo, e não fazer absolutamente nada. Pois é exatamente isso que os injustos querem. Que não haja nenhum opositor, nenhum tropeço para suas atividades criminosas, ninguém que impeça os seus roubos, as suas manobras corruptas.
Uma boa forma de denunciar, é fazer denúncias anônimas. Hoje com tantas câmeras espalhadas por todo canto, é possível coletar, e mostrar muitas imagens de crimes daqueles e daquelas que vivem livremente navegando pelos caminhos da injustiça.

Muito cuidado. E tenha um bom dia. José Salviano.

 







Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário