.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Caminhando para Jerusalém-Helena Serpa

27/10/2016 - 5ª. feira XXX semana comum– Efésios 6, 10-20 – “vencendo a tentação ”
Nesta leitura São Paulo se refere à tentação como o sendo o “dia mau”, isto é, o impulso que nos motiva a saciar os nossos desejos humanos e por isso, cairmos nas manobras do diabo. Assim, portanto, ele nos ensina a nos preparar para enfrenta-la.  Na maioria das vezes, estamos armados (as) e exercitados (as) para enfrentar as situações que surgem nos nossos relacionamentos pessoais. Para isso, nos precavemos contra as pessoas e os perigos, como nos assaltos e nas ameaças que sofremos no dia a dia. Temos munição para enfrentar os enganadores, os que querem nos passar para trás e vivemos sempre de “orelha em pé” para não cairmos nas situações em que possamos sair perdendo. Porém, poucos de nós temos consciência do que fazer para lutar contra a principal ameaça que ronda o nosso derredor.   Existe uma força espiritual do mal que nos atinge e age em nós, de dentro para fora. São “as manobras do diabo”, o inimigo de Deus que deseja a todo o custo nos tirar do nosso desígnio de santidade. Há uma luta espiritual dentro de cada um de nós, entre o que é de Deus e o que é da nossa carne. Porém, nunca devemos nos entregar e desistir de perseguir o bem, porque dentro de nós também há as armas que precisamos empunhar para que sejamos vencedores. Para isso, nos foi concedido uma armadura do cristão, que tem como escudo  a Palavra de Deus que é a verdade e como espada, a Oração de Súplica ao Espírito Santo que é a estaca da nossa fé. A couraça da justiça é a vivência do Evangelho de Jesus Cristo no nosso dia a dia. Todas as pessoas que estão firmadas na Palavra de Deus e têm o coração ligado aos ensinamentos do Senhor, mesmo que sejam tentadas mais que as outras, têm com certeza, o antídoto que mata o veneno de satanás. Portanto, não tenhamos medo: com preces e súplicas oremos em todas as circunstâncias, no Espírito, e vigiemos com perseverança, confortados (as) no Senhor e no domínio da sua força. – Você tem mais medo dos “homens” ou dos espíritos que nos fazem cair em tentação? – Você tem usado a armadura do cristão? – Qual é a função que a Bíblia tem tido na sua vida?

Salmo 143 – “Bendito seja o Senhor, meu rochedo”

É o próprio Senhor quem adestra as nossas mãos para a luta contra as forças espirituais do mal. Não precisamos fazer esforço sobre humano, mas apenas nos centralizar no louvor e na adoração ao nosso Deus. O louvor liberta o nosso coração da angústia e fortalece o nosso espírito. O Senhor submete ao Seu domínio todas as nações que tentam nos fazer mal. Por isso, o salmista O exalta, proclamando-O rochedo, fortaleza e abrigo. Assim também nós podemos afirmar.

Evangelho Lucas 13, 31-35 – “caminhando para Jerusalém”

Jesus caminhava firmemente para o desfecho final e se confrontava com os fariseus que, na sua ignorância, queriam amedronta-Lo e, assim, preveniam-no de que Herodes procurava matá-lo. No entanto, Jesus continuava firme no Seu propósito de fazer a vontade do Pai e não estava preocupado com o que Herodes poderia fazer com Ele. E afirmava que continuaria operando milagres até que seus dias chegassem ao fim. Ele caminhava para a morte e tinha consciência do que iria ter que enfrentar. Ele sabia muito bem o que o esperava em Jerusalém, mas era para lá que deveria marchar. Jerusalém, a cidade santa, onde estava erguido o templo seria o palco dos acontecimentos que O levariam à crucificação e morte. Lá também, depois de três dias, Ele ressuscitaria! Colocando isso na nossa vida prática   podemos tirar como mensagem o exemplo e determinação de Jesus diante da missão a que Ele se propunha. Não temeu os homens, mas permaneceu fiel ao Pai. Ele, como homem, tinha inteira liberdade para dar justificativas de afastar-se de Jerusalém porque o rei queria mata-Lo. No entanto, o Seu ideal de vida era justamente “beber o cálice” que Lhe estava destinado, por isso, permaneceu fiel aos Seus propósitos. Jesus chorou diante das muralhas de Jerusalém lamentando a sua rebeldia e obstinação em não aceitá-Lo como Salvador. Chorou por aqueles que não O acolheram e previu para eles um tempo de abandono e dispersão.  Nós podemos também nos colocar no lugar de Jerusalém, isto é, do povo que não aceita a salvação de Jesus e não aproveita o tempo em que é visitado. Muitas vezes rejeitamos a Deus, não caminhamos segundo a Sua Palavra, não seguimos os Seus ensinamentos e perdemos o precioso tempo que estamos vivendo aqui na terra. Jesus também chora diante de nós e lamenta a nossa ignorância, mas, mesmo assim torce e espera que nós, no devido tempo, possamos ainda dizer de coração: “Bendito aquele que veio em nome do Senhor”. Todos aqueles que não acolheram Jesus como Salvador como ainda é o caso dos judeus, hoje, também, vivem abandonados, sem templo, a espera daquele que ainda virá.  A Jerusalém celeste é também, hoje, o nosso destino, é para lá que caminhamos. Jesus Cristo abriu o caminho para nós, não precisaremos ser flagelados nem crucificados pois, Ele mesmo já o foi por nós, entretanto, até lá, haveremos de caminhar com coragem para atravessar os vales sombrios da nossa vida.  – Você tem desistido de assumir a salvação em vista das dificuldades? - Você tem coragem de enfrentar os "seus inimigos" como Jesus os enfrentou? – Você tem medo de se entregar pela causa do Evangelho?   - Você é uma pessoa que caminha firme para a santidade mesmo sabendo que dificuldades o (a) esperam?
- Você foge da realidade quando percebe algum indício de sofrimento?


4 comentários:

Anônimo disse...

SENHOR VOZ SOIS O CAMINHO E A VIDA,NAO PRESIZAMOS TEMER POIS CRISTO ESTA SEMPRE CONOSCO,OBRIGADO NOSSO DEUS E NOSSO PAI ,PERDOAI,NOS POIS SOMOS AINDA UM POVO FRACO.

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário