.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Verdade que dói-Alexandre Soledade

21 de Outubro de 2016- Sexta - Evangelho - Lc 12,54-59



Bom dia!

Ôh verdade que dói! Sabemos o que é certo, mas por que é que não fazemos?

Existem problemas que se iniciam dentro de nós mesmos, mas não conseguimos (ou não queremos) identificá-los. Repito, sabemos qual seria a melhor medida, mas não conseguimos seguir.  As vezes esta além de nossas forças…

“(…) Mas, então, não sou eu que o faço, mas o pecado que em mim habita. Eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita o bem, porque o querer o bem está em mim, mas não sou capaz de efetuá-lo. Não faço o bem que quereria, mas o mal que não quero. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu que faço, mas sim o pecado que em mim habita”. (Romanos 7, 18-20)

Diz um autor renomado que um problema, um defeito, uma situação de conflito, um acontecimento ruim é como uma casa no morro, mas se perdurarmos a resolver a situação quando menos esperarmos já teremos uma favela, ou seja, quanto mais cedo enfrentarmos essa situação com maturidade, maior a possibilidade de resolvermos.

Outro ponto…

Quantas pessoas se negam a aceitar que precisam abandonar essa infantilidade de personalidade e enfrentar seus medos? A palavra de Deus, em especial hoje, vem ao nosso encontro rompendo a tranqüilidade ou comodidade de nossas vidas tentando nos promover a pessoas melhores, mais maduras.

Imaginemos agora nossa vida um lago bem calmo. Águas cristalinas, um espelho d água. De repente vem aquele menino e joga uma pedra no meio do lago. A tranquilidade (ou marasmo) é quebrada por aquelas ondas que surgiram do impacto da pedra com a água (adoro esse exemplo) ai Jesus então diz “(…) Quando vocês vêem uma nuvem subindo no oeste, dizem logo: “Vai chover.” E, de fato, chove. E, quando sentem o vento sul soprando, dizem: “Vai fazer calor.” E faz mesmo. Hipócritas! Vocês sabem explicar os sinais da terra e do céu. Então por que não sabem explicar o que querem dizer os sinais desta época”? Será que não esta na hora de começarmos a crescer e ver o que precisamos fazer para sermos cristãos melhores?

A pedra jogada nessa tranqüilidade não pode ser vista como um incômodo, uma agressão,… e sim como um alerta, um toque. Se resolvermos talvez olhar e aceitar o óbvio, o que esta nítido, teremos que deparar que boa parte do que nos flagela é oriundo de nós mesmos, caso contrário, voltamos a velha infância que se nega a crescer… Chamo isso de síndrome da Gabriela.

Melhorando o entendimento do assunto… Ao sermos impelidos ou criticados em nossas posturas às vezes partimos para uma defesa cega, como se aquela pedra quisesse nosso mal sempre. Sim temos situações onde as criticas que recebemos realmente são maldosas, mas nem todas são. É aqui que defino a síndrome da Gabriela.

Essa “síndrome” tem esse nome por causa de uma antiga novela (que esta tendo um remake) que sua trilha sonora possuía os seguintes versos: “eu nasci assim, vou viver assim, vou morrer assim, Gabriela!”, ou seja, são as pessoas que NÃO QUEREM MUDAR OU ACEITAR QUE PODEM ESTAR ERRADAS EM SEUS CONCEITOS e por isso acabam condenando aos que estão ao seu lado, sob sua tutela, sua coordenação, ao sofrimento

Onde quero chegar?

Quantas pessoas perturbam nas igrejas, quicando de grupo em grupo, igreja em igreja, por uma cura que poderia ter acontecido se houvesse uma mudança de comportamento? Quantas pessoas não sabem que suas vidas estão indo por água abaixo até ver que seus filhos foram embora? Quantas pessoas esperam suas vidas virarem favelas por medo de mudar quando viram a primeira casa nesse morro dentro se si? “(…) Por que é que vocês mesmos não decidem qual é a maneira certa de agir“?

Por fim… Sabemos o que fazer para sermos mais felizes. Encaremos os problemas! Não sejamos vítimas de nós mesmos.

Um imenso abraço fraterno.


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário