.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Insistir, persistir e não desistir-Helena Serpa

06/10/2016 - 5ª. Feira XXVII semana comum - Gálatas 3, 1-5 – “pelo Espírito Santo e não pela carne”
São Paulo recrimina a insensatez dos gálatas que, mesmo depois de ter conhecido a Jesus Cristo recebido a força do Espírito Santo continuavam obstinadamente presos à prática da lei, como acontecera nos tempos passados. Assim, pois, ele os exortava a que percebessem sua “insensatez” e recordassem a experiência que haviam tido com o Cristo Ressuscitado. E explicava que o Espírito Santo é quem realiza os milagres para a nossa santificação e não o nosso próprio esforço de cumprir a Lei. Essa advertência, hoje, nos é providencial, visto que, muitas vezes, nos apegamos ao cumprimento restrito da Lei, isto é, não fazer isto, não fazer aquilo, e, pelo fato de que não o conseguimos, nos afligimos e nos rendemos à fraqueza da nossa humanidade.  A nossa fé em Jesus Cristo, no entanto, e a certeza de que Ele morreu e ressuscitou para nos dar o Seu Espírito é quem nos garantem a vitória e se constituem na nossa única fonte de esperança. Nós, hoje também, como os gálatas ontem, podemos ter uma experiência tão forte com o Cristo crucificado como se fosse “ao vivo”. Portanto, não precisamos forçar a nossa carne, mas nos abandonar sem reservas ao Espírito que vivifica e santifica a nossa alma. A Lei é para nós apenas um caminho que nos é proposto seguir, mas quem nos leva a caminhar por ele é o Espírito de Deus que mora dentro do nosso espírito e se manifesta no nosso dia a dia. – Como você tem procurado viver a santidade: forçando a sua carne ou deixando-se conduzir pelo Espírito Santo? – Você também é obcecado (a) em cumprir a lei? – Para você qual é a regra mais importante da Lei de Deus?

Salmo – Lucas 1 – “Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque a seu povo visitou e libertou!”
A promessa de Deus no Antigo Testamento se cumpriu em Jesus Cristo. Esta profecia em forma de oração foi feita por Zacarias, logo após o nascimento de São João Batista. Nela nós encontramos a razão pela qual nós não poderemos mais temer os nossos inimigos e vivermos apegados à Lei. Deus fez surgir um poderoso salvador que veio nos livrar da escravidão do pecado. Por isso, nós também, ao nos aproximamos do tempo do Natal, já podemos também anunciar que o Senhor Deus de Israel vem nos visitar  para nos dar uma nova vida.

Evangelho – Lucas 11, 5-13 – “insistir, persistir e não desistir ”

Jesus nos ensina a perseverar na nossa pouca fé, insistindo, persistindo e não desistindo quando quisermos alcançar as graças do céu. Por isso, Ele Jesus nos conta a história do amigo importuno e nos dá a dica de nunca desistir de pedir, de bater e de procurar o que tanto necessitamos e desejamos. A impertinência de alguém que bate à meia noite na casa de um “amigo” para pedir-lhe alguma coisa para comer e foi atendido por causa da sua insistência nos leva a entender que a nossa perseverança na oração é a nossa maior garantia para alcançarmos o que pretendemos. Jesus é muito claro e providente em nos afirmar que os que pedem recebem, os que procuram acham e aos que batem à porta, ela lhes será aberta. Muitas vezes, porque somos muito fracos na fé, queremos conseguir alguma coisa de Deus, mas parece até que não confiamos no Seu poder ou o que almejamos não é assim tão importante. Por qualquer motivo deixamos de lado o que antes tanto ansiávamos e mudamos o eixo das nossas reinvindicações. A atitude de insistir e não desistir denota perseverança e confiança.  A nossa oração será ouvida conforme a nossa força interior. Lá dentro do nosso coração está escondido todo o desejo da nossa alma para ser feliz. E o que devemos pedir em primeiro lugar e com perseverança, é o Espírito Santo, pois é Ele quem sonda os nossos corações e sabe realmente de que estamos ansiando e precisando. Assim sendo, devemos pedir, bater e procurar com insistência o que o Espírito Santo de Deus nos mostra confiando em que o Pai sabe nos dá o que existe de melhor, pois Jesus mesmo fala: “será que algum de vós que é pai, se o filho pedir um peixe, lhe dará uma cobra?” “Ora, se vós que sois maus, sabeis dar coisa boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do céu dará o Espírito Santo aos que o pedirem! ”  Se insistimos em pedir favores aos nossos (as) amigos (as) e somos atendidos (as), quanto mais o seremos se pedirmos com fé Àquele que tem tudo para nos dar. Quem pede a Deus recebe segundo à Sua vontade; quem procura a Deus O encontra bem  perto porque Ele se deixa encontrar; e quem bate na porta do Senhor por meio da oração, com certeza Ele a abrirá, porque o Pai anseia por atender os pedidos que fizermos, com perseverança. - Você tem perseverado nos seus pedidos a Deus? - Você tem ideia de que esses pedidos são realmente importantes para a sua felicidade?- Quando você faz algum pedido a Deus o seu coração acompanha o seu pensamento? - Você pede sempre o Espírito Santo?- Você já esqueceu o que tanto você queria alcançar e não conseguiu? Você ainda tem esperança de que o Senhor vai ainda atender o seu pedido?


3 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Anônimo disse...

SENHOR EU TE LOUVO POR TUDO QUE TENS NOS DADO, MUITO OBRIGADO NOSSO DEUS E NOSSO PAI,QUE EU NUNCA PERCA A FE DE ALCANÇARA GRAÇA DE SEJADA AMEM

Postar um comentário