.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

“ELES NÃO TEM MAIS VINHO.”- Olivia Coutinho


NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA - SOLENIDADE
 
Dia 12 de Outubro de 2016
 
Evangelho de Jo2,1-11
 
Com imensa alegria, nós, cristãos católicos, celebramos hoje a festa da nossa Padroeira! Nesta solenidade, somos convidados a reverenciar Maria no título de Nossa Senhora Aparecida!
Reverenciar Nossa Senhora nos seus mais diversos títulos, é reconhecer a imensidão do amor de Deus, manifestado por Jesus na Cruz, quando Ele nos deu a sua Mãe, como nossa Mãe!
O evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, narra o tão conhecido milagre das Bodas de Caná! Um milagre, que teve a significante participação de Maria.
 Maria foi a primeira pessoa a beber do vinho novo que é Jesus! Tudo aconteceu numa festa de “casamento” em Caná da Galileia, festa em que ela, Jesus e seus discípulos estavam presentes.
A narrativa nos mostra um exemplo claro da solicitude maternal de Maria, ela se mostra sensível diante a dificuldade do outro! Com o seu olhar atento, ela percebe de imediato a falta de vinho. Ao invés de levar o fato ao conhecimento do mestre - sala, ela vai direto à Jesus, pois ela sabia, que dele viria a solução! Com esta atitude de Mãe amorosa, Maria evita que os donos da festa passassem por um vexame, já que naquela época, o vinho, que era considerado o símbolo da alegria, não podia faltar numa festa!
O interessante, é que Maria, não pede nada a Jesus, ela simplesmente apresenta a Ele o fato: “Eles não tem mais vinho”! Com esta atitude, ela  entrega o problema a Jesus, confiante de que Ele iria agir em favor dos donos da festa.
A confiança que Maria tinha no seu Filho era tão grande, que mesmo antes de um  parecer Dele, ela dirige-se aos serventes e diz: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. E o milagre acontece: Jesus transforma a água em vinho, em vinho bom!
O texto que nos é apresentado é rico em detalhes, sugestivo a reflexão, porque envolve a missão de Jesus e a importante força intercessora de Maria, que antecipa a hora de Jesus.
Maria não é simplesmente uma figura histórica e sim, um exemplo de Mulher atenta, atuante, solidária diante as necessidades do povo. Como Mãe e nossa  e nossa intercessora, ela  leva à Jesus as nossas súplicas!
O homem foi criado para relacionar com Deus e esta relação amorosa começou a partir do ventre sagrado de Maria, o ventre que nos trouxe Jesus, o único mediador entre o homem e Deus! 
Somos eternos aprendizes de Maria, com ela aprendemos a ser mais solidários, a ter um olhar de misericórdia, a dar passos ao encontro de Jesus no encontro com o próximo! Sigamos o exemplo desta grande mulher, estando sempre atentos às necessidades dos nossos irmãos!
Muitos de nós, não temos paciência de esperar pelo tempo de Deus, como teve Maria! Na busca incessante do imediato, acabamos nos embriagando com um vinho ruim, um vinho que nos traz uma falsa alegria e assim vamos perdendo a oportunidade de experimentar o vinho novo, o vinho da alegria, do amor e da esperança! É de Jesus que vem este vinho bom, Ele é o vinho novo, quem o experimenta não consegue mais viver sem Ele!

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook

Um comentário:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário