.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

"E AQUI ESTÁ QUEM É MAIOR DO QUE JONAS." – Olivia Coutinho.

"E AQUI ESTÁ QUEM É MAIOR DO QUE JONAS." – Olivia Coutinho.
 
Dia 10 de Outubro de 2016
 
Evangelho de Lc11, 29-32
 
No passado, o pecado nos roubou de Deus, ofuscou os nossos olhos diante os sinais evidentes do seu amor, mas Deus, na sua infinita bondade, não desistiu da sua criação, para nos trazer de volta a seu convívio, Ele nos enviou o seu Filho para nos recolocar no caminho da vida, caminho que nos faz chegar a Ele! 
Com o seu sangue, Jesus pagou o preço da nossa liberdade, nos devolvendo a vida.
Mesmo diante de tamanha prova de amor, ainda existem pessoas, que ficam esperando por grandes manifestações de Jesus para poder confiar Nele! A espera de grandes sinais, muitos, vão perdendo a oportunidade de vivenciarem a presença de Jesus no seu cotidiano!
Jesus se manifesta dentro da nossa realidade, ele nos fala nas mais variadas formas, através das pessoas, dos acontecimentos, da natureza, nas passagens tristes ou alegres da nossa vida! Quem faz opção por Ele, reconhece de imediato a sua manifestação porque é íntimo Dele! Já, os que não se definem, que ficam esperando por grandes manifestações da sua presença, passam por Jesus a todo instante  e não o reconhece! Estes, ainda não se deram conta, de que a sua liberdade, é o sinal maior da presença de Jesus na vida dele.
O evangelho que a liturgia de hoje nos apresenta, nos convida à conversão, a não ficarmos esperando por milagres, como condição para confiar em Jesus.
Ao citar o exemplo dos Ninivitas que responderam ao apelo do profeta Jonas, reconhecendo na sua pregação, a manifestação de Deus, chamando-os à conversão, nos mostra claramente quão é grande a alegria de Jesus diante de um povo que se abre à conversão, de um povo que acolhe à graça de Deus, reconhecendo a presença Dele nos seus mensageiros.
A narrativa nos mostra ainda, uma atitude severa de Jesus diante de um povo fechado na sua incredulidade, são os doutores da Lei e os fariseus, que queriam um sinal que lhes garantisse que Ele  era o Messias! Mas Jesus afirmou: “Nenhum sinal lhes será dado, a não ser o sinal de Jonas.” Com essas palavras, Jesus prenuncia a sua morte e a sua ressurreição, pois assim como Jonas, que permaneceu três dias no ventre de uma baleia, Ele também, permaneceria três dias no seio da terra, para depois ressuscitar!
Ao longo de sua vida pública, Jesus realizou muitos milagres que serviam de sinais para que o povo acreditasse Nele, mas muitos, que presenciaram estes sinais, não quiseram acreditar que Ele era o Messias, não, por falta de evidencias e sim, por conveniência, isto é: para não terem que mudar de vida. E assim, muitos  recusaram a graça de Deus.
Quem está comprometido com o projeto de Deus, não fica esperando por milagres para afirmar a sua fé, não precisa de sinais extraordinários para reconhecer a presença e a intervenção de Deus na sua vida e nos acontecimentos. 
Quem não se abre à conversão, não vive a alegria de estar com Deus!

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário