.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

"VAI! E SEJA FEITO COMO TU CRESTES-Olivia Coutinho


 

Dia 01 de Julho de 2017

 

Evangelho de Mt8,5-17

 

A presença de Jesus no meio de nós,  significa a chegada de um tempo novo, a certeza de que nunca estaremos sós!

Os sinais de libertação realizados por Jesus, é a prova concreta da imensidão do amor de Deus, que se fez  humano para relacionar conosco!

Em todas as suas ações libertadoras, Jesus sempre deixou claro, que a cura de quem recorria a Ele, era fruto da sua fé, o que vem nos reafirmar, que a nossa libertação, só será possível, pelos os caminhos da fé! "A tua fé te salvou." Ou: “a tua fé te curou!”

O Evangelho que a liturgia de hoje coloca diante de nós, nos convida a refletirmos sobre a essencialidade da fé!

A fé é o pilar que nos sustenta, a força que nos move, que não nos deixa perder a esperança. A fé não é algo que se tem e pronto, a  fé é construção, uma construção contínua, que vai se solidificando a medida em que intensificamos a nossa relação com Deus!

A narrativa começa nos mostrando um belíssimo testemunho de fé: um oficial romano, movido pelo o amor ao próximo e a fé no poder libertador de Jesus, recorre a Ele em favor de seu empregado: “Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia.”

O texto chama a nossa atenção sobre  três virtudes que devem nortear a nossa vida: a FÉ,  CARIDADE FRATERNA, e  HUMILDADE. 

O oficial romano, embora não fizesse parte do grupo dos seguidores de  Jesus, dá um grande testemunho de fé, ao acreditar que bastava uma palavra de Jesus, mesmo que à distancia,  para que o seu empregado ficasse curado!

Intercedendo em favor do seu empregado, aquele soldado, dá um testemunho de amor ao próximo,  e de humildade, ao reconhecer indigno de receber Jesus em sua casa: "Senhor eu não sou digno que entreis em minha casa."

Deste episódio, podemos tirar uma grande lição que poderá nos  nos ajudar a convivermos bem com as diferenças religiosas.

Ao atender o pedido de alguém que não fazia parte do grupo dos seus seguidores, Jesus deixa claro, que não é pela religião que se dá testemunho de fé, e sim, pelo o amor ao próximo e pela confiança no poder misericordioso  de Deus!

A fé é um dom de Deus, cabe a nós,  acolher e desenvolver este dom!
 Fé e vida são inseparáveis, viver a fé, é cuidar da vida, é ser vida para o outro,  é ter a certeza de que somos amados e conhecidos intimamente pelo Pai!
Ter fé, é acreditar naquilo que não se vê, é caminhar como se visse o invisível!
Quem tem fé, nunca perde a esperança e nem se deixa abater diante às dificuldades, pois carrega consigo, a certeza de que em Jesus, está o seu porto seguro!  

 

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho

Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário