.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Evangelhos Dominicais Comentados-Jorge Lorente

Evangelhos Dominicais Comentados

02/julho/2017 – São Pedro e São Paulo Apóstolos

Evangelho: (Mt 16, 13-19)


Chegando à região de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: “Quem as pessoas dizem que é o Filho do homem?” Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas”. Então ele perguntou-lhes: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Simão Pedro respondeu: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo”. Em resposta, Jesus disse: “Feliz és tu, Simão filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue quem te revelou isso, mas o Pai que está nos céus. E eu te digo: Tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja e as portas do inferno nunca levarão vantagem sobre ela. Eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo que desligares na terra será desligado nos céus”.

Hoje a Igreja celebra São Pedro e São Paulo Apóstolos. Pedro foi o primeiro chefe da Igreja, o primeiro Papa. Por isso, hoje é também o dia do Papa.  Lembremo-nos, portanto de rezar constantemente, pelo nosso Papa Francisco. 

Comemoramos São Pedro junto com São Paulo, porque esses dois apóstolos foram as duas colunas da Igreja. Paulo foi quem pregou o evangelho pelo mundo que era conhecido naquela época. O trabalho incansável de Paulo tornou universal a nossa Igreja Católica apostólica Romana.

Católica quer dizer universal, é Apostólica por ter continuidade através dos apóstolos e, é Romana, pelo fato do Bispo de Roma, o Santo Padre, ser o chefe da Igreja. A festa de São Pedro e São Paulo encerra o período junino, tão cheio de alegrias, de folclore e tradição.

No Evangelho de hoje, Jesus pergunta aos seus discípulos: “quem dizem que eu sou?” ‘Para uns, és João Batista, para outros, Elias, Jeremias ou algum dos profetas’. Essa foi a resposta que obteve. É assim que o povo via Jesus. Muito pouco para uma multidão que já havia presenciado tantos milagres e recebido tantas graças.

Por isso, Jesus lança uma pergunta direta aos seus discípulos: “E vocês, quem dizem que eu sou?” Pedro não pensa duas vezes, toma a palavra e, em nome de todos os presentes responde com convicção: ‘Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo!’ Com poucas palavras Pedro deixou transparecer toda sua fé.

Essa mesma pergunta Jesus dirige a cada um de nós, seus discípulos: Quem sou eu para você? Boa pergunta: Quem é Jesus para nós? Dois mil anos se passaram e muitos ainda vêm Jesus somente como um grande profeta. É visto como um grande homem, o maior que já apareceu na face da terra, e nada mais.

Como naquele tempo, ainda hoje, milhares e milhares de pessoas aguardam a vinda de um Messias conquistador, revestido de poder e glória humana. Um Messias vingador e totalmente diferente do Filho de Deus vivo.

Precisamos apresentar ao mundo o verdadeiro Messias, o Cristo Redentor, o Libertador. Muitos ainda não conhecem o Cristo Amor, o Messias Misericordioso que deu sua vida para salvar a humanidade.

O Cristo Ressuscitado está aí e espera muito de cada um de nós. Jesus precisa ser conhecido e amado. Unidos ao Santo Padre, o legítimo sucessor de Pedro, vamos levar esta mensagem ao mundo. Essa é a nossa missão.

“Feliz és tu Simão porque isso foi revelado a você por meu Pai... por isso te digo que és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno jamais poderá vencê-la”. Esse foi o elogio que Pedro recebeu de Jesus. Em compensação, recebeu também a grande responsabilidade de unir e apascentar todo o rebanho que forma a Igreja.

Certamente nada poderá destruir a Igreja de Cristo. Uma Igreja unida, forte, construída sobre a rocha, alicerçada em Pedro e em seus sucessores. A boa notícia de hoje é esta: nós somos a Igreja de cristo! Unidos ao Santo Padre, com a coragem de Paulo e com a fé de Pedro, nós somos invencíveis.

 

(1570)

 



Um comentário:

Unknown disse...

short and sweet.. gostei muito..

Postar um comentário