.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 6 de junho de 2017

--DEUS UNO E TRINO-José Salviano

SANTÍSSIMA TRINDADE

Tempo Comum
11 de Junho de 2017
Cor: Branco
Evangelho - Jo 3,16-18



Deus enviou seu Filho ao mundo, para
que o mundo seja salvo por ele.

16Deus amou tanto o mundo,
que deu o seu Filho unigênito,
para que não morra todo o que nele crer,
mas tenha a vida eterna.
17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo
para condenar o mundo,
mas para que o mundo seja salvo por ele.
18Quem nele crê, não é condenado,
mas quem não crê, já está condenado,
porque não acreditou no nome do Filho unigênito.
Palavra da Salvação.(CNBB).







Eis o Mistério da Fé! Um Deus em três pessoas. O mistério da Santíssima Trindade, o qual não pode ser compreendido pela nossa inteligência humana, mas sim, pelos olhos da fé.  Mistério forte que não cabe na nossa cabecinha.
Deus é misterioso! Nunca o entenderíamos se tentássemos compreendê-lo com os nossos parâmetros humanos. Porque Deus não pode ser analisado, ou comparado com a nossa realidade.  Porém, o nosso problema é que queremos entender Deus segundo a nossa ótica. Como isso é impossível, por vezes surgem dúvidas de fé.   E ao que parece, Deus, assim como Jesus, fez questão de se apresentar a nós com muitos mistérios, justamente para provar a nossa fé.  A Trindade, a Concepção de Maria, a Transfiguração, a Transubstanciação, (consagração do pão e do vinho)...  É tudo o que não podemos entender segundo os órgãos dos sentidos. Porém resta-nos crer ou entender que para Deus nada é impossível. Os Mistérios da nossa fé são parecidos com testes de fé. 
Jesus, por sua vez falou muito através de enigmas, justamente para ver quem realmente acreditava em suas palavras.   Ele sempre dizia no final de suas palestras. “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. É claro que todos ali tinham até dois ouvidos.  Mas Jesus estava falando dos ouvidos da fé.  Quando temos fé, ouvimos e entendemos Jesus.
Caríssimos. Assim como a trindade santa é uma comunidade que vive na santa paz e na concórdia formando um só Deus, também nós nos esforcemos para vivermos em paz e na concórdia uns com os outros. Porque Deus uno e trino, o Deus  do amor e da paz está sempre conosco.  Vivamos em paz, no amor fraterno para não sermos impedidos um dia de entrar para a glória eterna.  Por que este não é o desejo da Santíssima Trindade, a qual nos amou tanto que veio até nós.  Primeiro veio o Filho Jesus, depois o Espírito Santo no dia de Pentecostes, e permanece em nós e por nós, afim de que não sejamos condenados, mas sim, salvos. Alegremo-nos com esta imensa demonstração de amor do Pai para conosco, e sejamos prontos para ouvir a sua voz e segui-lo.
Irmãos e irmãs. A Santíssima Trindade é o maior mistério da nossa fé, o qual jamais nós poderíamos ter descoberto pela nossa razão muito menos pela inteligência. Pela razão até poderíamos compreender que Deus existe. Porém, jamais iríamos entender um Deus em três pessoas.
Esse entendimento nos foi proporcionado por Jesus que por várias vezes explicou que existe um Pai, um Filho e que o Espírito Santo seria enviado depois da sua ascensão ao céu.
É próprio do amor se expandir.  Foi por isso que Deus, Uno e Trino, não ficou estacionado no seu amor, e então tomou a decisão de se expandir, criando o mundo, o universo infinito, o espaço sideral, com as galáxias, astros luminosos e iluminados, incluindo o nosso planeta Terra, todos se movimentando sem se chocarem através da mecânica celeste.    Não se contentando com sua obra a criação, a Trindade Santa que sempre existiu, desceu a Terra para salvar o ser humano do pecado. 
Portanto, nós precisamos trazer a Trindade para a nossa experiência vital e cotidiana, seguindo o seu exemplo de perfeita harmonia na unidade, vivendo o amor autêntico uns com os outros, amor de irmão, amor fraterno livre de interesses pessoais. Pois o verdadeiro amor fraterno copiado da Trindade Santa, é um amor sem egoísmo, que visa o bem estar do outro, da outra, e não o conforto próprio.
Por exemplo: Não exija que as pessoas o amem. Ame-as primeiro...   Mas nunca seja possessivo, nem chato, se apegando demais. Pois isso também é exigência de amor egoísta de sua parte. Deus amou o mundo com tanta força que fez uma doação de si mesmo através do envio de seu Filho para nos redimir do pecado, e enviando em seguida o Espírito Santo para permanecer em nós, nos conduzindo ao caminho da verdade e da vida em abundância. Se Deus não veio ao mundo para condená-lo mais sim para salvá-lo, também nós não vamos condenar ninguém, mas sim, vamos, numa imitação desse amor infinito do Deus uno e trino, vamos amar os nossos irmãos na prática, começando na nossa família.
Ame seus filhos mais do que eles o amam. Lembre-se que amar é doar-se. Doe sua vida aos seus filhos esqueça as ingratidões deles. Faça a sua parte como o fez a Santíssima Trindade por você e por todos. 
Minha irmã. Não Exija que seu marido a ame. Conquiste-o diariamente. Cuidado com a rotina assassina do amor a dois.
 Meu amigo. Ame a sua esposa preservando o seu próprio corpo com saúde. Fuja sempre que possível da rodinha dos amigos que diariamente se “alegram” bebendo e fumando, pois tudo isso vai lhe derrubando, debilitando o seu corpo. Corpo esse que a sua esposa espera para amá-lo e ser amada no fim do dia.
Jovens. Cuidado! Amigo de verdade não é aquele que oferece a você uma bebida, uma droga, um cigarro. Mas sim, aquele que lhe diz os malefícios dos mesmos para a sua saúde. Você pode e deve escolher os seus amigos, e assim também estará escolhendo o se futuro.
Minha jovem. Cujo corpo atraente é motivo de tentação para os homens.  Não seja você motivo ou causa de pecado. Espelha-se na figura de Maria, jovem pura e devota que por isso foi escolhida para a grande missão.
Meu velho, minha velha! Não fique se lamentando pelas suas limitações físicas. Nem fique obrigando a todos a ouvir suas aventuras passadas.  Também não se entristeça se as pessoas não lhe dão mais atenção. Fica com Deus, que é a melhor companhia. Você está se aproximando da sua última viagem para junto daquele que lhe deu o presente da vida. Não fique com pena de você mesmo pelo fato de que está chegando a sua hora. Pense. Está chegando o dia em que você será levado para a glória eterna. Então, é hora de se redimir de todos os seus pecados, e procurar fazer, a medida do possível, todo o bem que puder. Pare com esse mau humor. Sua vida não acabou. Apenas chegou o fim da primeira fase, a fase terrena.
Caríssimos. Ama e você será feliz. O verdadeiro amor é contagioso. O amor de Deus para conosco é ilimitado e sem restrições. Ele quer a salvação de todos. Ricos, bandidos, pobre, brasileiros, franceses, italianos... Ele veio a esse mundo para salvar a todos.
Ama e serás feliz. Porque o verdadeiro amor é dar a vida por aqueles que amamos.  AMOR NÃO É TIRAR A VIDA DAQUELE OU DAQUELA QUE DIZEMOS AMAR.  Nos noticiários do fim do dia vemos notícias sangrentas de homens que não aceitando O FIM DO RELACIONAMENTO, matam a mulher amada.  Você viu? Não é o fim do casamento abençoado por Deus. Mas sim, O FIM DO RELACIONAMENTO.  Se fosse amor de verdade, em vez de atração física puramente, se fosse uma união abençoada por um sacerdote, dificilmente acabaria em tragédia. Mas, não. Foi apenas   UM RELACIONAMENTO!  Isso é mais uma das coisas lamentáveis dos nossos dias atuais.
O amor verdadeiro que dificilmente acaba em desastre conjugal, é parecido com o amor de Deus.  Ama e serás feliz! Porque amor é dar a vida por aqueles que amamos. O amor verdadeiro é gratuito, é simples, não é possessivo, do tipo: SE VOCÊ NÃO FOR MINHA SÃO SERÁ MAIS DE NINGUÉSM.
Quem ama não mata! Só mata aquele que se uniu a alguém visando apenas e tão somente, a satisfação dos seus instintos cegos e nada mais. Esse “amor” é somente um forte apego egoísta que visa apenas a satisfação do seu prazer, fazendo da outra pessoa um simples objeto.
Quem ama de verdade, se preocupa com a outra pessoa. Cuida dela, ao ponto de dar a sua vida por ela, e não em TIRAR-LHE A VIDA. Quem ama de verdade, acode a pessoa amada em seus momentos de desespero e de perigo.
Quem ama de verdade se importa com a segurança e com a saúde do outro, da outra, sendo capaz de passar a noite acordado para zelar, medicar, acompanhar, cuidar... como fez o Bom Samaritano que passou a noite toda do lado do homem que fora assaltado e machucado.  
Quem ama de verdade, não fica contabilizando o quanto gastou com o irmão que precisou dele, (a), é se dedicar ao irmão, ou irmã que sofre sem se dar conta do que está a fazer. É largar tudo para socorrer a pessoa amada.
Quem ama de verdade, pratica um amor parecido com o amor de Deus. E esse amor-doação voltado para o irmão e não para si mesmo, esvazia-nos de nós mesmo, para ESPERAR TUDO DE DEUS.  E Deus que vê tudo, nos recompensará. Pois “Quem dá um na Terra receberá cem nos céus”.
Vá e faça o mesmo. Bom domingo, 


José Salviano.

Um comentário:

Unknown disse...

Amei a reflexão, pois me trouxe muitas coisas que estava no meu coração e que eu tenho que transformar em mim.

Postar um comentário