.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 25 de junho de 2017

“NÃO DEIS AOS CÃES AS COISAS SANTAS...” - Olivia Coutinho

 

Dia  27 de Junho de 2-017

 

Evangelho de Mt 7,6.12-14 

 

No nossa caminhada missionária, é muito comum depararmos com situações que muito nos entristece, como encontrar irmãos que ainda não conhecem a palavra de Deus. Alguns, porque não tiveram a oportunidade de conhecê-la, outros, porque já fizeram opções por outros deuses como o deus dinheiro, o deus fama o deus poder...

Quando   fazemos  a experiência de Jesus em nossa vida, temos pressa de  leva-Lo ao outro, no desejo de que ele possa também, beber da fonte que bebemos, da água viva que é Jesus! Movido por este desejo, às vezes nos precipitamos lançando a palavra de Deus em terras áridas onde ela não será acolhida. E assim, acabamos nos machucando, pois é triste para um missionário, ver a palavra de Deus sendo desprezada! 

No evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, Jesus exorta os discípulos, no sentido de alertá-los quanto a cautela que eles deveriam ter na caminhada missionária. Eles estavam muitos empolgados com a evangelização, com o poder que Jesus lhes  havia outorgado, o que poderia leva-los a cair na ingenuidade de saírem anunciando o evangelho sem critério.

Conhecedor do coração humano, Jesus sabia que nem todas as pessoas estavam abertas para acolher o anuncio do Reino e que muitos, além de desprezar a palavra de Deus, iriam zombar dos discípulos machucar o coração deles! Então, Jesus disse-lhes: “Não deis aos cães as coisas santas, nem atireis vossas pérolas aos porcos.” Jesus, queria poupar os discípulos dos dissabores, conscientizá-los sobre o zelo que eles deveriam ter para com o que é santo!

A palavra de Deus é Sagrada, ela não deve ser lançada em qualquer ambiente, se insistirmos em lança-la sem critério, onde ela não será acolhida, além de nos machucar, estaremos perdendo  tempo, deixando de semeá-la em terras férteis onde ela certamente será bem acolhida!

É inútil querer levar alguém a conversão, se esse alguém não quer abrir-se para acolher a  palavra de Deus, pois é a palavra de Deus que faz brotar no coração de uma pessoa, o desejo de mudança. 

A palavra de Deus não pode ser imposta, ela é uma proposta, querer forçar alguém a acolhê-la, seria fazer mal uso desta palavra, o que não significa virar as costas para quem não a acolhe, pois  quem sabe um dia, por causa do nosso testemunho, essas  pessoas  venham  a acolhê-la?

Quem faz a opção pela porta estreita, vai encontrar muitos obstáculos pelo caminho, muitos adversários do projeto de Deus, tentando desestimulá-lo da missão, o que será em vão, pois ninguém consegue interromper o caminho de quem fez opção por anunciar o Reino de Deus!

 A porta larga nos oferece inúmeras opções: o ter o poder o prazer, mas não nos levará a felicidade plena, esta felicidade, só alcançamos, passando pela porta estreita que é Jesus! 

As coisas santas têm destinatários certos, que são os corações daqueles que se abrem para acolhê-las com o zelo que elas merecem.

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho

Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

Um comentário:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário