.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

A experiência com Deus supera toda a inteligência!-Helena Serpa


03/07/2017 - 2ª. Feira - São Tomé, Apóstolo – Efésios 2, 19-22 – “ser santo há de ser o objetivo da nossa vida.
Uma prerrogativa dos que têm Jesus Cristo como Senhor e Salvador é fazer parte da família de Deus. A Igreja é um edifício espiritual que tem Jesus Cristo como pedra principal e os apóstolos como fundamento, isto é, alicerce. Ser da família de Deus, portanto, é estar inserido no mistério de Cristo e assim formar um templo santo no Senhor. Por isso, somos morada de Deus pelo Espírito. O Espírito Santo de Deus que está em nós faz esta obra de inserção, nos edificando para ser morada espiritual de Deus.  Todo o nosso ser está envolvido nesta obra espiritual. Unidos aos santos, em Cristo, formando uma família, nós podemos viver uma unidade espiritual: o que Deus pensa, os santos pensam e nós também podemos refletir. Mesmo ainda vivendo aqui na terra nós já podemos nos sentir participantes do reino dos céus e concidadãos dos santos. Santidade é a nossa vocação espiritual e ser santo há de ser o objetivo da nossa vida. Formamos um templo santo no Senhor, uma morada de Deus pelo Espírito Santo, somos filhos e filhas do Pai, adotados (as) por Jesus Cristo e quando se vive como filho nascido de Deus, desenvolve-se o amor recebido do Pai, pois a vida divina é amor. Permanecer nesse amor que é a origem de todos os amores, nele permanecer cada vez mais solidamente e mais profundamente é o ideal da vida cristã. - Você se sente parte da família de Deus? - Você acha que já participa da pátria dos santos?- Você acha que já aqui na terra alguém pode ser chamado de santo? Como é o seu relacionamento com os santos aqui da terra?
Salmo 116 – “Ide por todo o mundo, a todos pregai o evangelho!”
O mandato do Senhor para todos nós que somos convocados à santidade é ir por todo o mundo dando testemunho do Evangelho.  Por onde nós andarmos e enquanto vivermos essa será a nossa missão. Quando anunciamos o Evangelho nós estamos publicando a Boa Nova da salvação para toda a humanidade, por isso, todos os povos podem já festejar e cantar louvores ao Senhor, pois o Seu amor é grandioso e abrangente, envolve todas as pessoas?

Evangelho - João 20, 24-29 – “a experiência com Deus supera toda a inteligência!”

Chama-nos a atenção o fato de que Jesus escolheu doze apóstolos, todos com características diferentes. Entre eles, Tomé, o qual precisava ver para crer e, por isso, apesar do testemunho dos seus amigos, até aquele dia ainda não acreditara na ressurreição de Jesus. Jesus, então, apresentou-se diante dele a fim de que se rendesse. Perante Jesus, vivo e ressuscitado, Tomé, porém, tirou do trono a sua incredulidade e rendeu-se à ordem do Senhor quando este lhe disse: “E não sejas incrédulo, mas fiel”, mandando-lhe tocar nas Suas feridas.  O ato de tocar nas feridas do Senhor, colocar a mão no seu lado, fez com que Tomé tivesse uma experiência com a dor de Jesus. Quando nós também passamos pela dor e nos colocamos em intimidade com Jesus nós podemos sem titubear, reconhecê-Lo: “Meu Senhor e meu Deus”!  Aí então, nunca mais seremos os mesmos. A nossa fidelidade a Deus é do tamanho da nossa fé. “Bem aventurados os que creram sem terem visto! ” Nós somos os “bem aventurados”, porque, não podendo tocar Jesus fisicamente, nem tampouco vê-Lo, como foi concedido aos discípulos, nós O experimentamos pelo dom da Fé que recebemos no nosso Batismo. O conhecimento de Deus supera toda a inteligência e racionalidade, portanto, deixemo-nos ser íntimos do Senhor.  Ele se oferece a nós como confidente de nossos pensamentos e interlocutor de nossas conversas secretas.
- Você se considera “incrédulo ou fiel”? - Você já teve uma experiência  íntima com Jesus Cristo? – O que mudou em você depois disso? - Você costuma abrir o seu coração a Deus, falar das suas dificuldades, enfim, conversar com Ele?



3 comentários:

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena !!!

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário