.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

A caridade nos purifica-Helena Serpa

11/10/2016 - 3ª. Feira XXVIII semana comum – Gálatas 5, 1-6 – “ livres para amar”.                                                        
A liberdade é o maior dom que Deus concedeu ao homem e em consequencia disso, nenhum de nós está obrigado a agir contra a sua vontade. O cumprimento da lei por imposição é um cerceamento da nossa plena liberdade. Por isso, nesta carta São Paulo conscientiza os judeus de que a Fé em Jesus Cristo substituí a circuncisão (operação cirúrgica para remover o prepúcio - a pele do pénis - que cobre a glande), ato obrigatório a todo homem, pelo Judaísmo.   Jesus Cristo veio nos libertar de tudo o que nos escraviza e aprisiona, portanto somos livres da lei e não estamos mais sujeitos a nenhum sinal aparente no nosso corpo. Temos a nossa alma marcada com o Sinal da Cruz e fomos selados (as) pelo Espírito Santo que é Aquele que nos conduz à santidade. A Fé em Jesus Cristo é a nossa justificação diante de Deus. Ela nos leva a vivermos a caridade que é o cumprimento de toda a Lei de Deus para o homem. Na prática, podemos entender que não será de nenhum proveito para nós o cumprimento de regras estabelecidas pelos homens se não tivermos a Fé em Jesus Cristo como pilar para todas as nossas ações.  – A sua fé  o (a )tem  levado (a) a viver o amor ao próximo? – Com que  objetivo você costuma cumprir  os preceitos que a Igreja manda: para ficar com a consciência tranquila, porque crê na força de Jesus através dos Sacramentos, ou porque você acha importante para a sua vida ter uma religião? 


Salmo 118 – “ Senhor, que desça sobre mim a vossa graça!”
Precisamos da graça de Deus para viver a Lei do Amor. Fomos salvos por amor e buscamos fazer a vontade de Deus por amor. O salmo nos ensina a cultivar sempre o desejo de viver o amor como cumprimento dos mandamentos de Deus. Ele nos desperta o coração para amarmos mais e mais a Lei do Senhor!

Evangelho -  Lucas 11, 37-41 – “a caridade nos purifica“ 

Diante da admiração dos fariseus que o censuravam por não ter lavado as mãos antes da refeição, Jesus os admoesta com palavras duras, a fim de que entendessem qual a verdadeira purificação de que todos nós precisamos. “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. Insensatos! Aquele que fez o exterior é o mesmo que fez o interior“?   O Senhor nos sonda e nos conhece profundamente por inteiro, sabe bem das nossas intenções, por isso, precisamos ter coerência nas nossas atitudes para agir conforme o interior do nosso coração e não somente de fachada. Tudo o que fizermos - mesmo as nossas boas ações - com o intuito de simplesmente aparecer para impressionar às outras pessoas, se torna uma ação hipócrita ou falsa.  Fazer somente para agradar, para cumprir as regras, é insensatez. Da mesma forma, os nossos gestos exteriores, às vezes, até o ato de nos ajoelhar ou nos prostrarmos diante de Deus ou mesmo o abraço ou o aperto de mão que damos no irmão, não terão sentido se o nosso coração estiver cheio de rancor, de despeito ou de inveja. Mais do que cumprir as regras valerá a esmola que, por amor a Deus, nós oferecemos ao nosso próximo. A caridade purifica o nosso coração e o nosso fazer por amor tem um valor imenso diante de Deus. Por isso, o próprio Jesus afirma neste Evangelho: “daí esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós!”  Precisamos, pois, refletir mais sobre esse assunto e avaliar como é que estamos vivendo o nosso dia a dia em palavras, gestos e ações.  – Você costuma fazer alguma coisa para chamar a atenção? – O que você faz é o que o seu coração aponta? – Você costuma observar as ações dos outros para depois fazer  julgamentos e comentários?  - Como é a sua atitude diante de alguém que estende a mão e lhe pede alguma coisa? – Qual é o sentido da esmola na sua vida? 

2 comentários:

Anônimo disse...

SENHOR A COISA E SERIA,PERDAO NOSSO DEUS E NOSSO PAI POIS SOMOS FRACOS E NEM TODOS ESTAMOS FASENDO O QUE DEVERIAMOS FASER,MISERICORDIA DE CADA UM DE NOS ,UM DIA TEREMOS QUE NOS DECIDIR POIS QUE SEJAMOS RAPIDOS POIS NAO SABEMOS A HORA QUE DEVEMOS PARTIR.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário