.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Jesus não veio nos reformar, mas nos transformar-Helena Serpa

08/07/2017 - Sábado XIII Semana comum - Gênesis 27, 1-5.15-29 - " O desígnio de Deus estava posto em Jacó "
Isaac e Rebeca tiveram dois filhos: Esaú e Jacó. Esaú teria direito à benção do seu pai por ser o primogênito, porém, antes, ele desprezara o direito de primogenitura, quando a vendeu a Jacó, por um prato de lentilhas, (ver Gen. 25-29-34). Por isso, Rebeca, sua mãe, armou uma farsa para que Jacó recebesse a bênção de Isaac, no lugar de Esaú. Preparou para Jacó uma roupa peluda, assim como a caça cozida, como fora pedido por Isaac e Jacó se apresentou diante do pai para receber a bênção da primogenitura. O desígnio de Deus estava posto em Jacó, assim, foi que Jacó recebeu a benção ao invés de Esaú. Para que os Seus projetos se realizem Deus nos usa do jeito que somos, com as nossas inclinações e até mesmo com a nossa fraqueza levando em conta a nossa própria humanidade. Assim sendo, o Senhor se serve das mais incompreensíveis situações para realizar os Seus intentos. Da mesma forma acontece conosco: mesmo que as leis humanas e sociais nos obriguem a cumprir algumas convenções, a vontade do Senhor para nós é soberana.  Assim sendo, foi que, mesmo desconfiado Isaac abençoou a Jacó com palavras de vida eterna: "Que Deus te conceda o orvalho do céu e a fertilidade da terra." Que possamos também nos apossar da bênção de Deus pedindo para nós o orvalho do céu, isto é, a inspiração para as coisas santas e a sabedoria que vem do alto a fim de que aqui na terra possamos também produzir frutos de santidade. - O que você achou da atitude de Rebeca e de Jacó? - Você acha que Esaú teria direito à bênção? - Como você age em relação às leis dos homens diante da vontade de Deus? - O que significa para você uma bênção?
Salmo 134 - "Louvai o Senhor, porque é bom!"
O salmista canta louvores ao Senhor porque escolheu Jacó para si e o preferiu por sua herança. Tudo o que Deus faz é bom e merece a nossa admiração. Muitas coisas nós não entendemos, mas tudo quanto agrada ao Senhor no céu e na terra é para nós motivo de regozijo. Todas as coisas que acontecem, segundo a vontade de Deus, têm uma razão de ser, por isso a nós, só nos cabe louvar o Senhor, porque Ele é bom! Viver sob as moções do Senhor é ser surpreendido (a), sempre.


Evangelho - Mateus 9, 14-17 – “Jesus não veio nos reformar, mas nos transformar "



Os gestos e as atitudes de Jesus provam e nos dão a certeza de que o amor de Deus vem salvar-nos concretamente e não apenas para manter as estruturas e as tradições. Neste Evangelho Ele nos ensina a praticar os atos religiosos de coração, e não por obrigação. O jejum é um exercício que devemos praticar com alegria, pela oferta que fazemos a Deus. Assim sendo, há momentos na nossa vida que não nos cabe jejuar nem fazer sacrifícios, mas sim aproveitar a ocasião que nos é oferecida. Os discípulos de Jesus partilhavam com Ele de todos os eventos com alegria e submissão à Sua vontade e aos Seus ensinamentos. Nós já estamos vivendo na hora da festa de casamento, isto é, da nova e alegre relação entre Deus e o homem. Estar perto de Jesus faz com que aprendamos com Ele sobre as coisas do alto e as revelações do Pai. A novidade de Jesus rompe com as estruturas antigas que são simbolizadas pela roupa e barril velhos. Jesus não veio nos reformar, mas mudar radicalmente o nosso modo de pensar e de ver as coisas.  O remendo novo em pano velho, assim como o vinho novo em odres velho, significa a mentalidade com que apreendemos os ensinamentos de Jesus. Jesus veio nos trazer o novo mandamento do amor que só é acolhido por um coração renovado e transformado que tenha experimentado de uma forma diferente o amor misericordioso do Pai. As pessoas que têm Deus na conta de um juiz castigador e exigente nunca poderão entender o Seu Amor Eterno, que ama sem explicações e sem motivos. O Espírito Santo é quem renova os nossos corações, Ele traz o vinho novo do qual nós precisamos, o vinho do Amor de Deus. - Qual é a sua intenção quando pratica o jejum ou faz algum sacrifício? - O seu coração se alegra ou se entristece? - Você já tem um coração renovado capaz de compreender as consequências do amor? - Você é uma pessoa que sabe curtir o momento presente como um presente de Deus?

2 comentários:

joao lessa disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PERDAO POR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO,OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODOS AMEM

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário