.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Não desanimemos diante das “surpresas"-Helena Serpa

30/07/2017 - XVII Domingo do tempo comum  – 1ª. Leitura – 1 Reis 3, 5.7-12 – “  a Sabedoria de Deus é a fonte de todo bem ”
A oração de Salomão é a oração que agrada a Deus. Porque pediu a Deus “um coração compreensivo, capaz de governar o povo e de discernir entre o bem e o mal” o Senhor não limitou o seu desejo e deu-lhe  um coração sábio e inteligente como nunca houve igual. Pedindo sabedoria, Salomão pediu a Deus tudo de que precisava e, assim também recebeu tudo por acréscimo.  Por isso, ainda hoje é conhecido como um homem “sábio e inteligente como nunca houve outro igual” Humildemente, Salomão reconheceu a sua incapacidade para governar o povo de Deus e pediu-lhe ajuda para bem realizar a sua missão. Ele poderia ter pedido coisas materiais, ou mesmo muito poder, sucesso e fama, porém, se limitou a pedir o ilimitável.  Assim também para nós, esta será a “oração mais inteligente” que podemos elevar a Deus. A sabedoria é o dom que nos leva a saborear o amor de Deus e a Ele nos entregar para que seja feita a Sua vontade soberana na nossa vida e nas nossas ações. É o dom que nos faz agir conforme a vontade de Deus e confiar em que Ele sempre estará nos orientando, ensinando e nos levando para as boas ações.  – O que você tem pedido a Deus nas suas orações? – Você tem dado dicas para que o Senhor aja na sua vida? – A sua oração tem agradado a Deus? – Você já experimentou pedir a Deus um coração sábio?



Salmo 118 – “Como eu amo, Senhor, a vossa lei, vossa palavra!”

O amor de Deus é para nós vida e conforto e se expressa, em primeiro lugar, por meio da sua Palavra e dos seus ensinamentos para nós. Ao nos revelar a Sua vontade, através da Sua Palavra,  o Senhor nos ilumina com sua Luz e nos dá sabedoria e entendimento para a nossa caminhada. Por isso, o salmista canta que a melhor parte da sua herança é observar as palavras do Senhor.  Seguir direito as leis de Deus nos faz detestar todos os caminhos da mentira e a amar a verdade.

2ª. Leitura Romanos 8, 28-30 – “ não desanimemos diante das “surpresas”
Esta leitura nos conduz a refletir sobre a eficácia do amor de Deus na nossa vida. Assim, São Paulo nos revela que todos aqueles (as) que experimentam o amor de Deus encontram sentido para os acontecimentos da sua existência, até mesmo naqueles que não estavam nos seus planos e lhes são desfavoráveis. Tudo contribui para o bem dos que são chamados para a salvação de acordo com o projeto de Deus. O projeto de Deus se consumou em Jesus Cristo e se constituiu na salvação do homem e na conquista da vida eterna para este mesmo homem. Assumir o amor de Deus é acolher a Jesus como Senhor e Salvador e, deste modo, ser predestinado a ser conforme a imagem do Seu Filho, isto é, ser conformado ao modelo  de Cristo. Todos os predestinados também são chamados a serem justos e, depois, glorificados pelo poder do Espírito Santo. Portanto, não desanimemos diante das “surpresas” que nos tiram do sério. Nenhum fato ou acontecimento passa despercebido por Deus e para tudo na vida há uma razão de ser.  Esperemos confiantes na ação de Deus, porque Ele transforma toda a dor em amor e, a vitória, só é conquistada depois de terminada a luta. – Como você tem encarado as “surpresas desagradáveis” da sua vida? – Você confia em que algo de ruim possa redundar em uma coisa boa? – Você já teve alguma experiência com a dor que depois se transformou em amor?

Evangelho – Mateus 13, 44-52 –  “dentro de nós há a riqueza do reino de Deus”
Jesus nos conta parábolas que nos levam a descobrir que dentro de nós há a riqueza do reino de Deus, do amor do céu. A ação do reino dos céus acontece dentro do nosso coração na medida em que experimentamos o poder do Espírito Santo e nos entregamos a Ele para uma radical transformação. Por esta razão é que Jesus insiste tanto em nos falar sobre o reino dos céus para que a gente perceba que ele acontece em nós e se manifesta na nossa vida. Com efeito, percebemos que, aos poucos, com o passar da nossa caminhada, as coisas que estavam enraizadas em nós e nos amarravam a vida, vão cedendo lugar à riqueza espiritual, que gera amor, paz, alegria, consolo, fortaleza, mansidão, compreensão, esperança, vitória, felicidade, mesmo no meio das dificuldades.  A mentalidade do céu vai aos poucos nos impregnando.  No entanto, as coisas acontecem devagar, pois a nossa conversão requer um exercício de vida. E no decorrer da nossa existência este tesouro que está dentro de nós será distribuído entre aqueles que estão perto de nós e que precisam conhecer também tudo o que já conhecemos.  - Faça a sua reflexão: O tesouro e a pérola são o AMOR DE DEUS manifestado em Jesus Cristo. Você já o encontrou? E o que está faltando para você se apossar desse tesouro? Você já pensou no que você terá que se desfazer para que este tesouro seja seu?  - Se você já o encontrou, o que você tem feito com esse tesouro?   A que você ainda está se apegando que não consegue sentir este Amor totalmente na sua vida?


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário