.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 25 de julho de 2017

-Ouvindo eles não escutam...-José Salviano.

27 de Julho de 2017
Cor: Verde
Evangelho - Mt 13,10-17

Naquele tempo:
10Os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus:
'Por que tu falas ao povo em parábolas?'
11Jesus respondeu:
'Porque a vós foi dado o conhecimento
dos mistérios do Reino dos Céus,
mas a eles não é dado.
12Pois à pessoa que tem,
será dado ainda mais, e terá em abundância;
mas à pessoa que não tem,
será tirado até o pouco que tem.
13É por isso que eu lhes falo em parábolas:
porque olhando, eles não vêem,
e ouvindo, eles não escutam, nem compreendem.
14Deste modo se cumpre neles a profecia de Isaías:
'Havereis de ouvir, sem nada entender.
Havereis de olhar, sem nada ver.
15Porque o coração deste povo se tornou insensível.
Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos,
para não ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos,
nem compreender com o coração,
de modo que se convertam e eu os cure'.
16Felizes sois vós, porque vossos olhos vêem
e vossos ouvidos ouvem.
17Em verdade vos digo, muitos profetas e justos
desejaram ver o que vedes, e não viram,
desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram.
Palavra da Salvação.(CNBB).

Jesus, a primeira vista, parece não querer que todos entendam a sua mensagem. Mas, analisando bem a fundo, Ele está se referindo àqueles que não se importam, não se interessam, em ouvir a sua palavra.
“...este povo se tornou insensível.  Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos, nem compreender...”
A esses, não devemos perder muito tempo tentando convencê-los de que precisamos estar com Deus por Jesus, pois eles não querem nos ouvir.
Permitam-me dar um testemunho. Ontem, estando parado no ponto do ônibus, e passando muito mal com a insuficiência cardíaca, uma senhora veio perto de mim e me contou que o dono do bar em frente àquele ponto de ônibus, havia acabado de chutar o mendigo que estava ali na calçada. Fiquei indignado, e falei para aquele arrogante homem:
Você não chutou o mendigo. Sabe quem você chutou? Foi a Jesus. E no dia do juízo, Ele vai te dizer: tive fome e não me deste de comer, estive pobre e você me chutou...
Ele me disse com uma cara de muito desprezo.
Leva ele com você... ele me incomoda o dia inteiro aqui... e em seguida ficou falando mal de mim para um freguês, tentando conquistar a sua confiança e o seu apoio.
Depois de uns segundos, voltei lá e lhe disse:
Sabe o que é pior? É que você está achando que eu sou um idiota, que eu estou errado e você é quem está certo!
Naquele momento o mendigo voltou para me agradecer, mas eu resolvi sair dali, e pegar um táxi, pois todos me olhavam e muitos com um ar de quem me apoiavam. Mais o meu estado de saúde era bem precário.  Foi Deus quem me deu energia naquele momento para descarregar a minha ira, minha indignação, para dizer àquele incrédulo nada caridoso, o que ele precisava ouvir.
Existem pessoas que simplesmente não aceitam a pessoa de Jesus, se recusam  a ouvir suas palavras, pois olhando eles não vêm, ouvindo eles não escutam, são totalmente indiferentes às coisas de Deus.
Pobres coitados! Acham que estão certos e que nós, que seguimos a Jesus, é que estamos errados.   Esses criticam a nós por fazermos caridade, e nos dizem: Não faça isso! Ele vai se acostumar. Ou, ele é vagabundo! Ele é um drogado, preguiçoso! Não quer saber de trabalhar, é um grande malandro.
Sim, pode até ser verdade grande parte do que dizem. Muitos que estão nas calçadas, são inteligentes, mais são PREGUIÇOSOS. Porém, estão passando fome, e são nossos irmãos, são filhos de Deus como nós.
”Felizes sois vós, porque vossos olhos vêem e vossos ouvidos ouvem.”
Somos felizes por que vemos Jesus na pessoa do mendigo, os nossos olhos enxergam aquilo que foi dito pela boca do Filho de Deus: ”Todas as vezes que deste uma esmola a um mendigo, foi a mim que o fizestes!”.
E assim, somos felizes por fazer a vontade do Pai, por fazer o que é do seu agrado, por tentar viver na sua presença.

Tenha um bom dia. José Salviano.

4 comentários:

Edmar Morais de Sousa Morais disse...

Querido irmão José Salviano fiquei imensamente feliz com a atitude que você tomou indo em defesa do mendigo e ao mesmo tempo evangelizando. Saiba meu irmão que Jesus sorriu de felicidades, tanto aquele que estava diante de ti quanto o mesmo na outra dimensão espiritual que está sentado à direito de Deus. Estou orando a Jesus para que te conceda a saúde, você merece, não podemos prescindir de você. Um forte abraço, Deus te abençoe.

José Carlos disse...

meus queridos irmãos e irmãs JESUS nos fala da indiferença que torna o nosso coração duro os ouvidos se fecham diante da palavra e a presença de DEUS,ao ponto de não ver JESUS no irmão que sofre a poucos dias atrás no centro de são paulo vimos no noticiário que em frente a um restaurante houve uma confusão com um irmão morador de rua chamaram a polícia e sem explicação a polícia assassinou o morador de rua, se não basta-se nem querer ouvir o que ele tinha a falar e se importar com a sua vida sofrida, não se da valor ao dom da vida que recebemos de DEUS, peçamos perdão a DEUS e a graça da conversão e que tenhamos o olhar de JESUS.a todos um dia abençoado,amém.

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Salviano disse...

OBRIGADO, EDMAR. OBRIGADO A TODOS VOCÊS.

Postar um comentário