.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Negamos Jesus diante dos homens com as nossas contradições de vida-Helena Serpa

15/07/2017  – Sábado XIV semana comum – Gênesis 49, 29-32; 50,15-26 – “ O Senhor aproveita até os nossos erros” 
Quando refletimos sobre os fatos e os acontecimentos daquela época nós encontramos similaridade com o que se passa hoje, nos nossos dias.   A história do povo de Deus nos ajuda a entender melhor a nossa própria história.   Na Bíblia nós percebemos os erros e os acertos dos homens e mulheres que foram escolhidos pelo Senhor para escreverem a história da salvação humana. Em cada narrativa nós podemos apreender lições muito importantes para as nossas contradições. O Senhor aproveitou o erro dos filhos de Jacó a fim de conduzir José ao Egito e assim atrair o povo de Israel para um tempo de escravidão, de aprendizado, de sacrifícios. Tudo isso, com o intuito de exercitá-los para que pudessem tomar posse em definitivo da terra que Ele prometera a Abraão.   Abraão, Isaac e agora, Jacó, não puseram os pés na “terra em que correria leite e mel” conforme anunciara  o Senhor, mas nem por isso deixaram de acreditar que a sua descendência iria alcançar a promessa de Deus. O Senhor também nos promete uma terra, lugar de felicidade e de paz, intimidade com ele. No entanto, a terra que nós esperamos receber, muitas vezes é a conquista dos nossos desejos materiais e humanos. Queremos que as promessas de Deus se cumpram imediatamente, da maneira como ambicionamos. Com efeito, se não virmos logo com os nossos olhos, todos os nossos desejos concretizados, nos desesperamos e entendemos que já não há mais tempo nem condições para que aconteça aquilo que Deus nos prometeu. O Senhor nos promete uma terra para nós e a nossa descendência.   A promessa do Senhor é para nós e para nossos filhos. No entanto, ela acontecerá na hora em que Ele desejar.  Jacó e José fecharam os olhos, mas não perderam as esperanças.  “Eu vou morrer, Deus vos visitará e vos fará subir deste país para a terra que ele jurou dar a Abraão, Isaac e Jacó”, disse José antes de fechar os olhos.  O que Deus prometeu a eles promete também a nós e a nossa descendência.   A terra prometida onde corre leite e mel é o reino dos céus vivido aqui na terra, é a eternidade que já começa agora e, depois da nossa morte, a visão beatífica de Deus. Mas, para isso, nós também estamos sendo exercitados no Egito, isto é, no mundo em que vivemos enquanto enfrentamos os desafios e as barreiras próprias da nossa existência humana.  - Você compreende que as provações que você passa  (a) exercitam para uma vida melhor? - Você tem consciência de que Deus o (a) atrai para renovar a sua vida? -Você confia nas promessas do Senhor e ainda espera que tudo aconteça como a Palavra afirma?  - Você já pensou que a sua descendência será todos aqueles que virão depois de você e que de alguma forma você contribui hoje com o seu testemunho para que ela encontre também a terra prometida?  
Salmo 104 – “Humildes procurai o Senhor Deus, e o vosso coração reviverá”!
Os descendentes de Abraão e de Jacó são os que buscam o Senhor Deus de coração e se rendem humildemente  ao Seu chamado. Os patriarcas da fé foram fiéis na sua missão. Esperaram no Senhor e não se decepcionaram. Nós, seus descendentes, temos o seu exemplo e, por isso, na nossa vida deve vigorar  a lei do Senhor a fim de que possamos glorificar o Seu nome em toda a terra. Temos a oportunidade de fazer isso enquanto vivemos, depois,  já não será mais necessário,  porque já estaremos vivendo a própria glória dos céus.
Evangelho – Mateus 10, 24-33 – “negamos Jesus diante dos homens com as nossas contradições de vida”
Jesus se declarou vencedor mesmo quando ainda estava sendo perseguido, pois confiava no Pai. Assim sendo, Ele é para nós o maior sinal de esperança e nos ensina a enfrentar os desafios da nossa caminhada e nos aconselha a que fiquemos atentos para que não queiramos ser mais privilegiados do que Ele mesmo o foi. Então Ele diz para nós: “Para o discípulo, basta ser como o mestre”. Tendo Jesus como nosso Mestre, nós aprendemos com Ele a exercitar a paciência, confiantes de que Deus conhece todas as coisas e nos revelará os Seus planos contra tudo o que pode nos afastar Dele mesmo. O nosso pecado, nosso medo, nossa iniquidade são todos conhecidos por Deus, por isso, é Dele que nós dependemos. Porque conhece o nosso interior, somente Ele pode nos julgar. Por isso é que Jesus fala que até os cabelos da nossa cabeça estão todos contados. Não podemos fugir de Deus por mais que tentemos. Ao contrário, confiando na Sua misericórdia devemos cada vez mais nos expor a Ele, nos abrir, nos revelar e dar testemunho Dele diante dos homens.   Jesus também nos leva a refletir a nossa sinceridade em relação ao testemunho que damos no mundo da Sua presença na nossa vida. Muitas vezes nós negamos Jesus diante dos homens com as nossas contradições de vida e com o nosso contratestemunho que escandaliza o próximo. Precisamos, pois, perceber que, se assim for, ai de nós, seremos também negados diante do Pai que está nos céus. - O seu testemunho é coerente com o que Jesus prega no Evangelho? - Você tem consciência de que Deus vê tudo o que faz, conhece o que você pensa e escuta o que você fala? - Diante dos homens você tem negado Jesus ou tem  se declarado a seu favor? - Na hora da tribulação você se revolta achando que não merece aquela provação? 



5 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Jeickson Filho disse...

Deus te abençoe! Obrigado por estar a serviço dEle com essa reflexão e com tudo!����

Jeickson Filho disse...

Essas interrogações são emojis que n reconhece

Jeickson Filho disse...

Essas interrogações são emojis que n reconhece

joao lessa candido de morais disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PRDAO POR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO,OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODOS AMEM

Postar um comentário