.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

“... PODES VOLTAR PARA CASA." – Olivia Coutinho.

 
Dia 03 de Agosto de 2016
 
Evangelho de Mt15,21-28
 
que Deus mais quer, é estar conosco, principalmente nos nossos momentos de  dificuldades. Só não recebe o auxílio de Deus, quem não recorre a Ele!
Em Jesus, Deus se fez homem, Jesus é a prova concreta da imensidão do amor de Deus, Ele veio nos tirar do cativeiro, nos libertar da pior de todas as escravidões: a escravidão do pecado!
O Evangelho que a liturgia de hoje, coloca diante de nós, nos desperta, para a essencialidade da fé!
A narrativa nos mostra, que não é pela religião que se dá testemunho de fé e sim, pela a confiança no poder de Deus, manifestado nas ações libertadores de Jesus!
A fé é a força que nos move, o pilar que nos sustenta, que nos mantém de pé nos vendavais da vida!
O texto nos diz, que Jesus retirou-se para a região de Tiro e Sidônia e lá, uma mulher estrangeira, que certamente já havia ouvido falar Dele, vence  todos os obstáculos para chegar até Jesus! Em Jesus, ela estava certa, de que encontraria  a cura para a sua filha que sofria de um mal terrível que tanto a atormentava!
Com grande humildade, aquela mãe, prostra-se diante de Jesus, e suplica insistentemente pela cura de sua filha!
Em resposta, Jesus disse a ela: “Não fica bem tirar o pão dos filhos para jogá-los aos cachorrinhos."  Estas palavras de Jesus, a princípio, podem soar, como duras demais, mas se aprofundarmos um pouco mais no texto, vamos descobrir a intensão de Jesus.  Ao  provocar aquela mulher, Ele arrancou dela, um testemunho de fé, testemunho,  que certamente mudaria  a mentalidade dos discípulos que insistiam na exclusão dos estrangeiros, daqueles que não faziam parte do grupo de Jesus. 
 "É verdade Senhor; mas os cachorrinhos também comem as migalhas que caem da mesa dos seus donos.” Este Belíssimo testemunho de féencantou Jesus e mostrou aos discípulos e hoje a nós, que a fé não tem fronteiras!
"Mulher, grande é a tua fé! Seja feito como tu queres! E desde aquele momento, sua filha ficou curada."
A estratégia usada por Jesus, em colocar um primeiro obstáculo mediante ao pedido daquela mulher estrangeira, serviu para conscientizar os discípulos de que a salvação trazida por Ele, não era  privilégio de um só povo, a misericórdia de Deus é para todos!
Deste episódio, fica para nós, um grande ensinamento: precisamos ter uma fé consistente e insistente" Façamos  como a mulher cananeia, não desistamos ao primeiro obstáculo, a promessa é de Jesus: "batei e a porta vos abrirá, buscai e achareis." 
Exercitemos, pois, a nossa fé, através da  oração, do aprofundamento da palavra de Deus, da vivencia em comunidade da participação do Banquete da vida, que é  a Eucaristia...
 
FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

Um comentário:

Mariano Silveira disse...

DEUS te ilumine e abençoe.

Postar um comentário