.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Jesus revela Sua glória divina-Helena Serpa

06/08/2016 – sábado –Transfiguração do Senhor -  Daniel 7, 9-10.13-14 – “a perspectiva feliz da eternidade”.
Na visão noturna de Daniel nós podemos perceber a glória e a majestade de Deus diante das nações. Sua descrição fala de veste branca, de lã pura, de fogo em brasa, de rio de fogo. Essa visão é interior e, pelo poder do Espírito Santo, também nós poderemos vivenciá-la. O Espírito Santo é quem nos dá a percepção das coisas espirituais. Jesus Cristo, o Filho de homem, aparece aqui como figura central da visualização que define para nós a realeza e a força de Cristo, Salvador e Senhor de todas as nações, o qual está glorificado nos céus ao lado de Deus Pai.  Refletir sobre este cenário é, de alguma forma, trazer o céu para a terra e já alegra-se com a perspectiva feliz da eternidade. O reino dos céus se manifesta dentro do nosso coração e pensar nas coisas de Deus nos leva a enxergar a grandeza, a realeza e o Amor, sentimento que “desce do céu” para nos contagiar e nos fazer também experimentar, já aqui, a realidade celeste. Contudo, só poderemos nos apossar desse clima, todo diferente e espiritual, se nos abandonarmos completamente às sugestões do Espírito Santo de Deus nos desprendendo de todo raciocínio lógico. Assim sendo, pela fé, nós nos apossamos das promessas do Pai de que um dia também estaremos com Ele no reino que nunca se dissolverá. Nos nossos momentos de oração é que o Senhor nos revela os Seus mistérios, portanto, não percamos a preciosa chance de parar para contemplar a Face de Deus no nosso coração. - No que você tem pensado, ultimamente? - Você tem parado para entrar em sintonia com Deus e contemplar a Sua Face? – Você tem feito a sua oração pessoal?

Salmo 96 – “Deus é rei, é o Altíssimo, muito acima do universo”
O salmista nos convida a exultar de alegria pela realeza do nosso Deus que tem poder sobre toda a terra. Ante a face do Senhor todos os povos se curvam e até as montanhas se derretem numa comprovação de que o Senhor, nosso Criador é o Rei Altíssimo. Ele se apoia na justiça e no direito, por isso todos os povos podem ver a sua glória. Deus não discrimina ninguém e todos nós somos capazes de, desde já, experimentar Sua Majestade e a Sua glória, manifestadas dentro do nosso coração.
Evangelho Lucas 9, 28-36 – “Jesus revela Sua glória divina”

Enquanto rezava, os discípulos que estavam perto de Jesus viram-no conversando com Moisés e Elias com o rosto transfigurado e a roupa branca e brilhante. Neste quadro da transfiguração de Jesus a aparição de Moisés e Elias representa a Lei e os Profetas que revelam o ministério de Cristo, escolhido do Pai para, pela Sua Morte e Ressurreição para salvar a humanidade inteira. No mistério da transfiguração percebemos também que a Trindade se manifesta plenamente: o Pai, na voz “Este é o meu Filho, o escolhido. Escutai o que ele diz!”  ; o Filho, no homem; o Espírito, na nuvem clara. Jesus revela Sua glória divina confirmando o que as Escrituras prenunciam.   Assim também acontece com cada um de nós que é convidado por Jesus a subir a montanha e, com Ele permanecer em oração. Mesmo que estejamos cansados (as) e sonolentos (as) quando nos abandonamos em oração meditando a Palavra, nós também podemos contemplar Jesus sob a luz do céu, ouvir a Voz do Pai e sentir a ação do Espírito Santo. Quando nos pomos a orar nós também conhecemos a glória de Deus por meio das moções e visualizações que nos são manifestadas pelo Espírito. Assim sendo, a intimidade com Jesus e o estar com Ele em oração vai nos transfigurando e nos conformando à Sua pessoa fazendo com que experimentemos cada dia mais a Sua ação Redentora.  Com efeito, à medida que Cristo vive em nós, começamos a demonstrar na nossa vida diária, o caráter e a natureza do Cristo que habita em nós. A Sua luz fulgurante dentro de nós faz também com que sejamos transfigurados e possamos dar testemunho de que Ele é o Filho de Deus, escolhido para dar vida ao mundo. Então, nós podemos descer da montanha para enfrentar embaixo, no campo, as feras que nos atacam e investem contra nós a fim de nos fazer desistir. A nossa perseverança na oração é a arma que empunhamos para não cair na tentação. – Você tem subido a montanha para orar com Jesus? – Como tem sido essa experiência: você tem ouvido a voz do Pai e acolhido as moções do Espírito? – A Luz de Jesus tem também lhe transfigurado? – Você tem notado alguma transformação em você? – O que mudou? Reflita sobre isso! 

5 comentários:

Anônimo disse...

JESUZ MANSO E HUMILDE DE CORAÇAO FAZEI O NOSSO CORAÇAO SEMELHANTE AO VOSSO.NAO PODEMOS NOS DESANIMAR NEM JOGAR TUDO PARA O ALTO,POR NAO VERMOS OS HOMENS AINDA AQUI NA TERRA FASENDO A VONTADE DO NOSSO PAI ,ENTREGAMO,NOS A ORAÇAO E ESSA HORA CHEGARA.

Anônimo disse...

Que bela reflexão, aprendi muito




José Maria Nascimento disse...

Obrigado por compartilhar esta bela reflexão!!!

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e ilumine.

Postar um comentário