.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 7 de agosto de 2016

-Quem é o maior?-José Salviano

9 de Agosto de 2016- Ano C

Evangelho - Mt 18,1-5.10.12-14

-Quem é o maior?-José Salviano

Constantemente somos tentados a nos comparar com os demais irmãos e irmãs, no sentido de constatarmos quem é o maior quem é a melhor, em alguma área da nossa personalidade. Na sociedade industrial de consumo, vemos isso a todo instante. É aquele que passa de carro importado, é aquela que está vestida com roupas caras, é o jovem que demonstra ser o mais inteligente, o mais importante, é o professor que não deixa por menos o seu ar de quem sabe tudo, é o piloto, o jogador que fingindo humildade demonstra na entrevista que ele é ele e não tem pra ninguém.
Até aqui, tudo bem. É a sociedade, com suas mazelas humanas!  Porém, a coisa muda muito de figura, fica muito desfigurada, quando se trata de uma comunidade cristã. Uma comunidade que segue, que copia, que imita a Cristo. Ou seja, em uma comunidade paroquial, isso seria um absurdo!  Como pode alguém que se diz cristã, ou cristão, agir de forma competitiva com seu irmão em Cristo?
O ser humano em sua ânsia, em sua fome de ser importante, faz de tudo para atingir o poder, para se tornar importante diante da sociedade, isso para satisfazer a sua necessidade psicológica de atingir os degraus da escalada do sucesso.
No consumismo industrial-social todos querem ser notados, reconhecidos como pessoas, como cidadãos, como gente importante.
E na busca dessa satisfação emocional, na busca de saciar a fome de afeto, uns usam métodos honestos, enquanto outros, desesperados, apelam para métodos desleais, ou mesmo criminosos.
Poderíamos classificar 3 grupos:
1 – Aqueles que enganam os demais, fingindo honestidade e tentando aparentar um certo altruísmo, buscam atingir o poder, ou permanecer nele. Porém, logo todos percebem, todos descobrem que não passa de mais um falso moralista, um falso cristão, ou um falso homem do povo, um oportunista que pretende ficar rico usando a esperteza.  
2- Outros, sem o menor escrúpulo, sem o menor senso de caridade, lançam mãos dos métodos desonestos, imorais, desumanos, violentos, para assim atingir o topo da escada e chegar ao primeiro degrau da escala de importância, só que num sentido negativo por assim dizendo.
3- Felizmente, há aqueles que, buscam ser importantes diante de Deus, seguindo os passos de Jesus. Sejamos um desses!
E para ser importantes diante de Deus, precisamos ser simples como uma pomba e prudentes como uma serpente.  Precisamos ser inocentes como uma criança. Precisamos servir em vez de pretender ser servido. Precisamos ser humildes e mansos de espírito, precisamos compartilhar, ajudar, perdoar, ensinar, colaborar, acolher, sorrir sinceramente, precisamos dar oportunidades para os estão começando suas vidas, rezar, confessar, comungar, e acima de tudo evangelizar, seja pelo exemplo, seja diretamente pela palavra.

Seja você um desses, e será o maior no reino dos céus.


Tenha um bom dia. José Salviano 











3 comentários:

Agostinho Augusto disse...

Simples mas profunda esta reflexao.

Agostinho Augusto disse...

Simples mas profunda esta reflexao.

Anônimo disse...

SENHOR PRECISO DE TI PRECISO DE TEU AMOR EU TE AMO E TE LOUVO,ENTRAI EM MEU CORAÇAO E NO CORAÇAO DE TODOS OS MEUS IRMAOS,QUE UM DIA CAIA A FICHA E CONVERTAMOS AO SENHOR.

Postar um comentário