.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Persista! Continue...-Alexandre Soledade

7 de Novembro- Segunda - Evangelho - Lc 17,1-6


Bom dia!
Uma semana depois e temos uma grata resposta (ou confirmação)… Estou me referindo a reflexão da semana passada (01) que se faz recordar:
“(…) Um santo é conhecido após dois milagres creditados a sua intercessão junto a Jesus, MAS PREFIRO ACREDITAR QUE SANTO É AQUELE QUE MESMO ERRANDO INSISTE EM CONTINUAR CAMINHANDO PARA FRENTE NA LONGA ESTRADA DA SANTIDADE. Conheço a história de santos que foram turrões como Pedro, Jerônimo; outros difíceis como Paulo, Agostinho, (…), MAS O QUE ELES TINHAM EM COMUM ERA O PROPÓSITO DE CONTINUAR A CAMINHADA” (Reflexão do dia 01/11 Evangelho de hoje).
Jesus no Evangelho de hoje trás algo que talvez passe despercebido aos olhos daqueles irmãos e irmãs que instigam o julgamento sobre as pessoas: “(…) Sempre vão acontecer coisas que fazem com que as pessoas caiam em pecado, mas ai do culpado”!
É claro que nem tudo que nos acontece é por culpa de alguém, pois bem sabemos que a maioria das nossas quedas poderia ser evitada e que boa parte delas inicia com um ato voluntário e não obrigado ou persuadido por alguém, mas o que fica dessa passagem é que ninguém esta livre ou desobrigado a se policiar, pois fatalmente, nessa caminhada chamada santidade, existem mais coisas no caminho que somente a estrada.
Não sei como é sua cidade, seu tamanho, população, densidade, mas algo que é comum nelas é a quantidade de outdoors promocionais espalhados por suas principais vias, prédios residenciais e comerciais. É difícil trafegar por qualquer grande avenida sem perceber ou ler o que eles dizem ou tentam nos passar. Imaginemos então o caminho que desejamos percorrer como a avenida que você esta e os outdoors como a infinidade de alternativas que são sugeridas aos nossos olhos todos os dias.
Em meio a tantas “sugestões ou alternativas” precisamos estar mais atentos aos gemidos que advêm do nosso ser nos alertando quanto às conseqüências possíveis da nossa decisão.
“(…) Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, MAS O ESPÍRITO MESMO INTERCEDE POR NÓS COM GEMIDOS INEFÁVEIS. E aquele que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, O QUAL INTERCEDE PELOS SANTOS, SEGUNDO DEUS”. (Romanos 8, 23-24)
Muita gente tem deixado de caminhar (ou trafegar) para ficarem admirando os outdoors. O encanto, as promessas de solução rápida, o prazer momentâneo, (…) tem tirado muita gente do caminho, mas como diz Jesus “(…) mas ai do culpado”.
Jesus, no entanto não pode interferir no NOSSO LIVRE ARBITRIO, sendo assim não pode por completo culpar alguém que convidou se parte de nós aceitarmos ou não o convite. Preocupados com essa situação, inerente a todo ser humano, que os apóstolos rogam a Jesus que lhes aumente a fé.
Permanecer no caminho é uma questão de fé, pois ninguém que sai de sua casa para ir ao centro tem a plena certeza que conseguirá chegar no seu destino final e tão pouco se encontrará a loja ainda aberta. É essa fé relutante que nos impede de se perder ou abandonar a esperança que todo esforço vale a pena.
Se posso ou não mover a figueira eu ainda não sei, mas continuar a andar, em meio a tantos outros “atrativos”, diz o quanto quero ser santo.
“(…) O meu grande desejo e a minha esperança são de nunca falhar no meu dever, para que, sempre e agora ainda mais, eu tenha muita coragem. E assim, em tudo o que eu disser e fizer, tanto na vida como na morte, eu poderei levar outros a reconhecerem a grandeza, POIS PARA MIM VIVER É CRISTO, E MORRER É LUCRO. , mas se eu continuar vivendo, poderei ainda fazer algum trabalho útil. Então não sei o que devo escolher. Estou cercado pelos dois lados, pois quero muito deixar esta vida e estar com Cristo, o que é bem melhor. PORÉM, POR CAUSA DE VOCÊS, É MUITO MAIS NECESSÁRIO QUE EU CONTINUE A VIVER. E, como estou certo disso, sei que continuarei vivendo e FICAREI COM TODOS VOCÊS PARA AJUDÁ-LOS A PROGREDIREM E A TEREM A ALEGRIA QUE VEM DA FÉ”. (Filipenses 1, 20-25)
Persista! Continue… e quem não ajuda, por favor, não atrapalhe!
Um imenso abraço fraterno.

 

Um comentário:

Anônimo disse...

MUITO OBRIGADO NOSSO DEUS E NOSSO PAI,EU VOZ ADORO ,QUE TODA A HUMANIDADE SEJA TOCADA,POR TANTO AMOR QUE O SENHOR TEM POR NOS AMEM

Postar um comentário