.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Assumir o nosso posto de guardiões da fé-Helena Serpa


24/11/2016 – 5ª. feira –  XXXIV semana comum  - Apocalipse 18, 1-2.21-23; 19,1-3.9 – “os convidados para o Banquete das núpcias do Cordeiro ”
“Caiu! Caiu a grande Babilônia. Esta linguagem é a maneira profética de mostrar que Deus tiraria do poder aqueles que dominavam e abusavam dos outros. No Antigo Testamento, há várias profecias sobre a queda da Babilônia. Estas profecias foram cumpridas na queda do domínio babilônico e até na destruição da cidade, mas não literalmente de uma forma imediata e desastrosa. A cidade “caiu” ao líder persa, Ciro o Grande, em 539 a.C., data que geralmente marca o fim do império babilônico, mas as batalhas desta conquista ocorreram em outros lugares, fora da cidade.” "Babilônia": este nome abrange a religião ímpia pagã e o sistema econômico centrado no homem, que tiveram suas origens na antiga Babel (confusão), apoiados por Satanás.”  Os comentários iniciais foram retirados da internet : http://www.estudosdabiblia.net/b09_29.htm
Hoje, porém, para nós, o mais importante é que confiemos nas promessas de Deus que se cumprem e se cumprirão no momento certo. Que o pecado e a morte já foram vencidos e, que, com Jesus, seremos mais que vencedores. Faremos parte desta multidão que no céu canta Aleluia ao Senhor. Sabemos que os julgamentos de Deus são verdadeiros e justos e, enquanto aqui estivermos lutaremos para não nos corromper e não nos prostituirmos negando o Nome de Jesus. Que suba ao céu, desde já, o aroma das nossas orações a fim de que possamos, um dia, também participar do banquete das núpcias do Cordeiro. No entanto, aqui na terra nós já temos a oportunidade de antecipar este banquete quando nos aproximamos da mesa da Eucaristia e nos unimos ao Aleluia cantado no céu pelos anjos e pelos santos e santas. – Você tem feito a sua parte para não cair na trama do inimigo de Deus? – Você tem lutado contra a “prostituição” espiritual que é a escravidão ao pecado? – Você já tem um vislumbre das Bodas do Cordeiro? – Qual o testemunho que você tem sobre o poder da Eucaristia na sua vida?

Salmo 99 – “São bem aventurados os que foram convidados para a ceia nupcial das bodas do Cordeiro!”
O convite é para todos, porém, nem todos o aceitam. Uns, porque não têm entendimento sobre a verdade de Deus, outros, às vezes por falta de vontade ou mesmo porque não têm tido incentivo. Nós precisamos entender que somos bem aventurados, isto é felizes, porque já fomos convidados e não podemos desperdiçar a oportunidade de nos aproximarmos do local da festa. A prova de que aceitamos o convite é dada quando nós servimos ao Senhor com alegria, quando nós cantamos jubilosos Seus louvores, quando nós acolhemos a sua bondade e a sua misericórdia e confiamos no Seu grande amor que é capaz de nos transformar.

Evangelho – Lucas 21,20-28   – “assumir o nosso posto de guardiões da fé”


Neste Evangelho Jesus nos dá ciência dos fenômenos que advirão no mundo e com as pessoas, antes da Sua vinda gloriosa. A maioria das pessoas se apavora quando ouve falar desses prognósticos, porém, os que têm a percepção dos ensinamentos evangélicos, compreendem que as palavras de Jesus vêm nos edificar e nos ajudam a manter a esperança na nossa libertação. Estamos vivendo o tempo que precede o Advento, tempo de espera e arrependimento, ocasião propicia para que estejamos conscientes das nossas ações e atentos (as) ao que podem significar as coisas que acontecem ao nosso redor. Se prestarmos bem atenção, iremos perceber que muitos sinais já se fazem notar hoje, no mundo.  O mundo à nossa volta, se angustia e sofre, muitas pessoas passam por dificuldades e se sentem perdidas, no entanto, isto é prenúncio de libertação. Jesus mesmo nos esclarece quando diz: “Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”.  Não podemos mudar os prognósticos de Jesus, pois todos esses fatos já estão acontecendo. Todavia, podemos nos apossar desta Palavra e acolher mais uma vez o Salvador que veio para nos dar uma vida nova. No Natal nós todos temos a oportunidade de reviver o mistério da encarnação de Jesus e assumir o nosso posto de guardiões da fé sem temor, na certeza de que o tempo da libertação se aproxima e deixando que a manifestação da vida de Jesus ocorra primeiramente no nosso coração. - Qual é a percepção que você tem das palavras de Jesus? -  Você se atemoriza quando ouve falar desses acontecimentos? - O que você vê acontecer no mundo, hoje, já confirma isto? - Jesus já veio para você?

3 comentários:

Anônimo disse...

SENHOR NOSSO DEUS E NOSSO PAI PEÇO TE PERDOA TODAS AS MINHAS FALTAS,MUITO OBRIGADO POR TAO GRANDE AMOR PARA COM TODA A HUMANIDADE,PERDAO TAMBEM PELO PECADO DO MUNDO INTEIRO.UM DIA ESTA HUMANIDADE ENCHERGARAO O QUANTO VOZ NOS AMA AMEM

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário