.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Vivendo sob o olhar do Senhor-Helena Serpa


22/11/2016 - 3ª. Feira  –  XXXIV semana comum  - Apocalipse 14, 14-19 – “Seremos julgados pelo Amor que vivenciarmos”
Por meio da sua visualização, São João nos revela o momento do exame final quando Jesus vier coroado de ouro, sobre as nuvens, para julgar as nações. A voz do anjo ressoará: “Lança tua foice e ceifa. Chegou a hora da colheita. A seara da terra está madura.” A comparação simbólica de São João nos leva a refletir sobre cada um de nós, como terra onde foi plantada a semente do amor de Deus. Já recebemos a semente, temos tido tempo e oportunidade para adubar e regar a nossa terra e, na hora certa Jesus virá para colher o fruto que produzirmos. Não podemos perder tempo pensando que essas coisas não são para agora, mas para o final do mundo. A qualquer dia da nossa vida necessitamos estar prevenidos e prontos para a colheita. Seremos julgados pelo Amor que vivenciamos. O Pai nos acompanha agora, hoje e sabe de tudo de que somos capazes ou incapazes de realizar. Portanto, precisamos apenas acolher a Palavra de Deus que nos manda amar e esperar tranquilamente o grande dia. Jesus, Rei do Universo virá em glória e, com o auxílio da Sua graça nós já estaremos maduros (as) para sermos ceifados (as). É fácil avaliarmos a nossa situação para percebermos se estamos produzindo frutos bons. Basta somente que façamos uma reflexão se as nossas ações denotam amor, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura, temperança, atitudes que se originam do fruto do Espírito Santo ou se pelo contrário estamos cultivando inimizades, malquerenças, incompreensão e discórdia.  – Como você tem vivido?  O amor ou o desamor? -  O que você poderá oferecer a Jesus quando Ele voltar?   – O que você está fazendo com o Amor de Deus recebido como semente na terra do seu coração?   

Salmo 95 – “O Senhor vem julgar nossa terra”.
Jesus virá como Rei soberano para julgar nossa terra. Saber isso é motivo para nós de alegria e de esperança. Desde já anunciamos que Jesus é Rei e proclamamos isto com o nosso viver, com as nossas ações. O reino de Jesus é um reino de amor e de justiça. Cantando esse salmo nós nos rejubilamos na presença do Senhor que vem para julgar a nossa terra, a nossa vida, a nossa história e nos recompensará com dias de glória.

Evangelho - Lucas 21, 5-11 -  “vivendo sob o olhar do Senhor”
Jesus prognostica para as pessoas que contemplavam o templo de Jerusalém, o que lhe iria acontecer em tempos futuros. Assim, Ele nos abre os olhos para que percebamos os sinais dos acontecimentos como prova de que tudo passará um dia e precisamos permanecer firmes confiando no plano de Deus.  
Também a nossa existência aqui na terra, apesar da beleza, dos dons e talentos e do sucesso que conseguimos, irá passar um dia.  Sabemos que ela é limitada e as coisas que apreciamos hoje em nós, beleza física, fortuna, dotes, fama, poder, etc., passarão. São coisas transitórias e que só estão disponíveis para nós, enquanto aqui vivemos. Jesus nos alerta sobre a brevidade da vida e das coisas temporais. Acontecerá também conosco como Ele disse: “não ficará pedra sobre pedra”, e todos esses adereços serão destruídos em nós. Esta é a realidade! No entanto, não precisamos nos apavorar nem tampouco acreditar em todas as histórias que nos contam e prognosticam. Não nos compete saber o tempo determinado em que tudo isto vai acontecer. O próprio Jesus nos adverte: “Cuidado para não serdes enganados...”  Os sinais são evidentes na nossa vida, os acontecimentos preanunciam as palavras de Jesus, porém, precisamos apenas estar firmes e seguros, porque só o Pai sabe o dia e a hora e é Nele que confiamos. O ser humano sempre passará por provações e dificuldades: guerras, fome, miséria, inimizades. Estes fatos estarão presentes na vida de cada um de nós. Não devemos nos angustiar por causa dessas manifestações, porém, precisamos estar sempre vigilantes e conscientes de que aqui, é só um tempo em que precisamos viver sob o olhar do Senhor. O tempo em você está vivendo é um tempo de esperança ou de desânimo? - Você tem encarado as coisas boas e as dificuldades da sua vida com o mesmo espírito? - As dificuldades que você precisa enfrentar dia a dia, levam-no (a) a querer sempre mais vencê-las, superá-las, ou fazem com que você sinta-se vencido, (a) superado (a)? – Você tem orado pelos povos, pela humanidade, pelas nações?

      

3 comentários:

Anônimo disse...

SENHOR NOSSO DEUS E NOSSO PAI,PERDAO POR MINHAS FALTAS,PERDAO TAMBEM PELOS PECADOS DO MUNDO INTEIRO,MISERICORDIA DESTA HUMANIDADE QUE AOS NOSSOS OLHOS PARECE NAO HAVER SOLUÇAO,POR TANTAS INJUSTIÇAS PRATICADAS E TANTAS DESONESTIDADE,SENHOR SO VOZ PODERA SALVAR,NOS AMEM

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário