.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Do oriente ou do ocidente, todos temos direito-Helena Serpa


28/11/2016 - 2ª. Feira – I Semana do Advento – Isaias 4, 2-6 – também teremos um lugar seguro para morar”
O esplendor e a glória futura estão reservados a todos os que, confiando nas promessas do Senhor por meio dos profetas, cultivarem a fé e mantiverem firme a esperança, mesmo no meio das dificuldades. A expectativa de um tempo de glória e esplendor é também a certeza de que antes que isso aconteça há também um período de purificação e de aprimoramento.  As tribulações e dificuldades são para nós uma prova da justiça de Deus.   Por isso, é preciso que tenhamos um coração aberto e acessível a toda obra que o Senhor deseja fazer em nós. Ele também, por justiça,  quer lavar a “imundície” e limpar as “manchas de sangue” que o pecado deixou marcado em nós. O futuro tornar-se-á presente, hoje mesmo, se nos deixarmos entregues ao Senhor para que Ele realize em nós essa varredura nos deixando livres de tudo o que nos impede de sentir o amor que o Pai tem por cada um de nós. Seremos assim, os sobreviventes de Jerusalém e também chamados santos. Diante desse fato nós estamos certos de que, também teremos um lugar seguro para morar e faremos parte da assembleia daqueles que são guiados, de dia, por uma nuvem e, de noite, pelo clarão das chamas. Teremos em Deus, uma tenda que nos dará sombra contra o calor do dia e abrigo e refúgio contra as tempestades da nossa vida.  - Você está disposto (a) a também entregar-se ao Senhor para que Ele o (a) purifique?- Você está preparado (a) para viver esse tempo novo de glória e esplendor?- Você espera que tudo isso só aconteça depois da sua morte? - O que você poderá fazer para que isso aconteça desde já?

Salmo 121 – Que alegria quando me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”
A Jerusalém celeste é a pátria que nós esperamos e para lá caminhamos. Jerusalém é a morada de Deus com os homens e enquanto aqui estamos ela está edificada dentro do nosso coração. Portanto, ir à casa do Senhor, significa, hoje, o ato de nos interiorizarmos para encontrar com Deus. Isto nos faz alegres e esperançosos.

Evangelho – Mateus 8, 5-11 – “do oriente ou do ocidente, todos temos direito”

Jesus tem autoridade para realizar qualquer coisa de que estejamos precisando e, assim como atendeu ao oficial romano, Ele quer atender também ao nosso pedido. Vindos do oriente ou do ocidente, nós também seremos perdoados (as) e acolhidos (as) por Aquele que veio com a missão de Redentor da humanidade. A fé em Jesus Cristo e a certeza de que Ele nos salva é quem nos garante a vida eterna. Jesus nos acolhe e nos salva, independentemente de quem somos, do que fazemos ou de onde viemos. O reconhecimento da nossa incapacidade, da nossa limitação e a confiança no poder de Jesus nos tira da paralisia que o sofrimento nos impõe, pela doença, pela morte, ou por qualquer outro motivo.  A fé do oficial romano e a sua consciência de ser indigno e pecador chamaram a atenção de Jesus. Mesmo não sendo judeu e não sendo reconhecido àquela época como parte do  povo de Deus, o oficial humilhou-se diante de Jesus e expôs, em presença de todos a sua confiança na Sua autoridade de Filho de Deus. “Senhor eu não sou digno (a), mas dize uma palavra…e tudo acontecerá conforme a Tua vontade!”  Isto também, é o que nós, todos os dias da nossa vida, deveríamos fazer diante do Senhor: reconhecer a nossa indignidade como também a autoridade da Sua Palavra que nos promete perdão, vida e libertação. Jesus se admirou da fé do soldado romano porque ele reconheceu que a Sua autoridade era maior que a dele mesmo. Muitos, porém, se acham muito importantes e não têm necessidade de procurar Jesus, mas, nós estamos no caminho certo. Jesus quer nos salvar, libertar e curar as nossas paralisias. Comece logo a pedir e Ele o (a) atenderá.  – Você se acha digno (a) de receber o perdão e a salvação de Jesus? – Você confia que mesmo sendo indigno (a) Ele está esperando que você suplique a sua cura e libertação?  – De qual paralisia  você precisa se libertar, hoje?– Peça a Jesus,  pois Ele quer curá-lo (a)! 




3 comentários:

Anônimo disse...

SENHORVOZ SOIS O CAMINHO A VERDADE E A VIDA,PERDAO POR MINHAS FALTAS,PERDAO TAMBEM PELOS PECADOS DO MUNDO INTEIRO.PEÇO AO SENHOR QUE NOS DE FORÇAS PARA QUE NAO NOS APEGUEMO AS COISAS DESTE MUNDO TAO INGRATO ,ONDE LEVAR VANTAGENS E O FORTE

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário