.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

-NO DESERTO, NA SOLIDÃO, ENCONTRAMOS DEUS-José Salviano

2º DOMINGO – ADVENTO

Ano A


4 de Dezembro de 2016-Ano A

1ª Leitura - Is 11,1-10

Salmo - Sl 71


2ª Leitura - Rm 15, 4-9



Evangelho - Mt 3, 1-12

 



A mensagem da liturgia deste domingo, toda ela é um anúncio da chegada próxima do Salvador. 

PRIMEIRA LEITURA

Todo o texto é uma mostra, um retrato daquele que virá, para nos justificar, para nos livrar do pecado.
Sua sabedoria, a força de Deus que está com Ele, a força da sua palavra que denunciará os injustos, sua dedicação aos humildes, enfim, é o como será o bendito que bem em nome do Senhor!
O lobo e o cordeiro viverão juntos... todos os animais poderão estar do lado dos predadores, vivendo em paz. Na sociedade existem pessoas boas e pessoas que vivem sugando o sangue delas. Tais sanguessugas são os predadores.
Porém, para quem vive com Deus, estará protegido daqueles que querem tirar o seu sustento.

SALMO
Nos seus dias a justiça florirá.

Jesus, descendente da realiza divina, nos trará a justiça que precisamos, para ter uma vida digna. Pois Ele julgará com igualdade os nossos pobres.
O seu poder se estenderá pelos 7 mares, por toda a Terra. Ele libertará o indigente que sofre e suplica.
Bendito seja o seu santo nome, e todos aqueles mortais que ouvirão a sua voz, serão salvos.

SEGNDA LEITURA


EVANGELHO

E então apareceu João Batista, o último dos profetas, aquele que pregava no deserto. Nas bordas do deserto, para todos os que queriam ouvi-lo, para todos que se sentiam atraídos pela sua eloquência, pelas verdades inspiradas que dizia.
A missão de João era de preparar a vinda do Senhor, a vinda do Messias. Ele dizia: “Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo”.
 “Esta é a voz daquele que grita no deserto”.  Atualmente muitos vivem num deserto, mesmo estando em plena multidão. Mesmo estando caminhando na Rua Direita na cidade de São Paulo, tais pessoas se sentem caminhando nas areias do Sahara, pois estão na solidão! Quantos nos dias de hoje vivem só! Sem ninguém para conversar, para trocar ideias,  sem ninguém para brigar...
Há muitos tipos de solidão. Porém, a mais conhecida de todos e a solidão causada pela bebida que inchou o fígado pela gordura acumulada, e causou a impotência, que por sua vez causou a separação do casal. Agora, longe da mulher amada, longe dos filhos, e o pior, longe de Deus, a vida foi transformada em um deserto cheio de desilusões, e só coisas ruins lhe passam pela mente: Desde entregar-se às drogas, até o suicídio.  Porém, antes disso, a pessoa pode decidir por destruir outras vidas, e a frase mais conhecida é essa: Se você não for minha não será de ninguém...
Solidão daqueles que se recusam a partilhar uma vida com outros e outras, solidão daqueles e daquelas que não controlam o seu temperamento com a vivência da palavra de Deus, com uma boa prática da fé, e não conseguem conviver com mais ninguém. A menos que lhes deixem ser comandados, que lhes deixem impor os seus gostos, como suas músicas, seus filmes, em fim, todos os seus hábitos e manias.
  Solidão que naturalmente acontece, como daquela viúva que tendo perdido o marido, teve todos os seus filhos crescidos e fora de casa, pois afinal cada um seguiu o seu destino. Querida. Você não está só. Jesus está bem aí do seu lado! Fale com Ele, entrega a sua vida a Ele, e verá que tudo vai passar, e você vai sorrir outra vez. Pense em Deus, pense só no bem, que assim a felicidade um dia vem!  

         Deserto, símbolo maior de solidão, lugar de encontro com Deus, lugar de purificação pela sede, pela carência de companhia, mas mesmo assim, João Batista tinha os seus seguidores, admiradores que junto com ele clamavam no deserto.
O deserto é lugar de encontro com Deus, porque é no vazio, na ausência de amigos e parentes, no escuro, no vago, é aí que está Deus. Aquele que nunca nos abandona, mesmo com toda a nossa ingratidão.
No simbolismo bíblico, o deserto sempre foi lugar de purificação e aproximação com Deus. O deserto é o lugar sem abrigo, sem alimento, sem água, sem a presença de outras pessoas, é o lugar onde não temos para onde correr, a não ser nos entregar nos braços de Deus. É o lugar onde ouvimos Deus falar, nos tocar, nos envolver...
Além da necessidade de rezar na missa, de mãos dadas com a comunidade, cada um de nós precisa de um momento de deserto diariamente, para falar com Deus, e sentir o seu toque. Isso também acontece após a comunhão. Mas cada um de nós tem o nosso momento de deserto a cada dia que é muito importante para nos aproximar de Deus de forma especial, de forma mais forte, de forma que recebamos a inspiração que precisamos para evangelizar, a força que precisamos para vencer as tentações que iremos enfrentar durante o dia. É um momento mágico, no qual podemos sentir a presença do Pai, nos mostrando o caminho e os passos que devemos seguir. É um momento que não pode ser substituído por nada nesta vida. O momento com Deus. O momento com o Criador que nos abastece de sua graça infinita, nos clareia a mente, nos acalma, nos conforta e o melhor, nos fortalece contra o pecado.
Aquela mulher estava com tudo preparado para o suicídio. O desespero tomou conta da sua mente. Havia engordado e foi abandonada pelo seu jovem esposo. Foi procurar o padre naquela tarde de domingo, e disse que queria purificar-se para a partida. O padre até acolheu sua decisão, porém, achou fora do normal, o seu desespero. Com muito jeito procurou saber se algo de errado estava acontecendo. Foi então que com muitas lágrimas aquela jovem desabafou tudo. Deus iluminou aquele sacerdote que em poucos minutos mostrou-lhe o quanto ela era bela, o quanto Deus a amava, e o quanto de errado seria a sua decisão. Um desperdício!
 Indicou-lhe um nutricionista para que se livrasse das gorduras localizadas do seu corpo...
Final feliz. Seis meses depois de emagrecer, o jovem esposo voltou para ela, e a vida dos dois é uma vida nova, principalmente na companhia de Cristo Jesus em SEUS MOMENTOS DE MEDITAÇÃO A DOIS NA PRESENÇA DE JESUS.
        A nossa vida é uma caminhada rumo à casa do Pai. Assim, temos de preparar os caminhos para que possamos chegar e chegar bem. Preparar o caminho significa endireitar o nosso viver de forma que não caiamos nas armadilhas do demônio e trilhemos um caminho reto que nos leva para o Pai.



Bom domingo, José Salviano.   

Um comentário:

Anônimo disse...

eta marido que gosta somente da beleza exterior Nota zero abaixo de zero e se possivel zero menos

Postar um comentário