.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

“... NA HORA EM QUE MENOS PENSAIS, O FILHO DO HOMEM VIRÁ.”- Olivia Coutinho

 

1º DOMINGO DO ADVENTO

DIA 27 de Novembro de 2016

 

Evangelho de Lc21,37-44

 

Iniciamos hoje o tempo do advento! Um tempo de profunda espiritualidade que deve ser marcado pelo o nosso desejo de conversão, algo fundamental para quem deseja fazer do seu coração uma manjedoura para acolher Jesus! 

Sem um retorno de todo o nosso ser a Jesus, não tem como vivermos o verdadeiro sentido do  Natal!

O tempo do advento, não se limita na preparação para o Natal, pois enquanto nos preparamos para esta grande festa, estamos nos preparando também, para a segunda vinda de Jesus que pode acontecer a qualquer momento. 

A liturgia deste tempo, nos insere em toda a história da salvação, levando-nos a reviver a mesma esperança da vinda do Messias, vivida pelo povo de Deus no início da história, com uma só diferença: o Messias tão esperado por aquele povo, já veio, já está entre nós! 

O advento é um tempo propício para nos reconciliarmos com Deus, o que fazemos, quando  reconciliamos com o nosso irmão!

 Neste tempo de espera, de nascimento e de renascimento, o nosso coração se rejubila torna maleável aberto para acolher Jesus que  vem reacender em nossos corações, a chama da esperança, uma esperança, que transcende às coisas materiais, porque  inclui uma visão de mundo, onde ainda é possível haver justiça, paz e amor, valores que mantém o equilíbrio da vida.

O evangelho que a liturgia deste Domingo nos apresenta, nos  convida a refletir quanto à consciência que devemos ter do nosso tempo de vida terrena,  é importante conscientizarmos de que este  nosso tempo presente deve ser um tempo bem vivido, pois ele é o único  espaço sagrado que Deus  nos concede para  buscarmos em Jesus, o nosso encontro definitivo com Ele.
O texto vem nos acordar para uma realidade que ninguém pode fugir: a certeza da nossa morte. Quanto ao dia e hora da nossa passagem, Deus preferiu  ocultar de nós, Jesus  só nos deu uma pista:  se trata de algo  inesperado, o que pode nos deixar apreensivos, no entanto, para  quem vive de acordo com a vontade de Deus, o dia e a hora não importa, o importante é estar o tempo todo em sintonia com Deus, ciente  de  que há uma  vida melhor  por vir, uma vida em plenitude que é a vida eterna!  
No  texto  escolhido para marcar o início deste Advento, Jesus   exorta os discípulos,  sobre a importância de uma constante vigilância, fazendo menção  ao tempo de Noé, no sentido de  recomendá-los  para que eles não se distraíssem com as coisas do mundo, como fizeram as pessoas antes do dilúvio, e esquecerem  do principal,  que é a busca pela santidade!
 As palavras de Jesus, respondem  as indagações  de muitos que ainda hoje perdem  tempo buscando explicações sobre o fim dos tempos, ao invés de aproveitarem bem, este precioso tempo na preparação para a vida futura!
A mensagem de Jesus, que chega até a nós no dia de hoje,  não é ameaçadora, pelo contrário, é uma mensagem encorajadora, pois o nosso futuro, depende do nosso comportamento de hoje, de  não desperdiçarmos a graça de Deus.
“Dois homens estarão trabalhando no campo: um será levado e o outro será deixado.” Como será  o critério desta seleção de pessoas?  A resposta está na diferença de suas atitudes, duas pessoas, podem até estarem juntas fisicamente, mas buscando diferentes  horizontes, há os que  se preparam para a vida futura vivendo de acordo com a vontade de Deus, como  há também, os que estão alheios a sua vontade. Os que não estiverem  preparados no momento da vinda do Senhor, perecerão, enquanto que, os que estiverem preparados serão levados para junto do Pai.
 Jesus nos  alerta sobre a importância de estarmos atentos, vigilantes o tempo todo,  o que não significa ficarmos apáticos,  parados, pelo contrário, devemos esperar por  sua  segunda vinda, no exercício da nossa missão, no lugar onde fomos plantados por Deus,  para produzir frutos!
Que neste tempo de preparação para o Santo Natal,  o nosso coração seja inundado por um amor que liberta, que nos torna flexíveis, dóceis a ponto de nos transformar em sinal vivo de Jesus no meio em que vivemos.
Deixemo-nos tocar e nos envolver pelo advento do Senhor Jesus, redescobrindo a alegria, o sentido da fé e do viver segundo a vontade de Deus.

 

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho

Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook

2 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Severino Fernandes disse...

Amém,saibais palavras, vc mim enrique com esta reflexão, que aluz do Natal Divino te ilumine sempre.Bom domingo.

Postar um comentário