.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

O reino de Deus está na paz-Alexandre Soledade

10 de Novembro- Quinta -Evangelho - Lc 17,20-25


Bom dia!
O reino de Deus estava no meio deles, mas com bem disse o Senhor: “(…) Quando o Reino de Deus chegar, não será uma coisa que se possa ver”.
Recorde quando divagávamos nessa semana sobre a dificuldade de estarmos sensíveis a presença de Deus em nossa vida. Esse evangelho de hoje atesta tudo aquilo que falávamos sobre isso e vem de encontro com uma situação bem comum no dia-a-dia. Vou explicar…
Qual é a postura ou conduta que temos ao perder algo e precisar dele?
Reviramos a casa, tiramos o que é possível do lugar, varremos, “apelamos” para são longuinho, prometemos tantos e tantos pulinhos (risos), mas como é frustrante encontrar o objeto perdido num lugar óbvio ou como chamamos “debaixo do nosso nariz”.
Talvez o reino de Deus também esteja nesse lugar óbvio, mas como no dia-a-dia, não conseguimos encontrar ou não procuramos. “(…) Ninguém vai dizer: ‘Vejam! Está aqui’ ou ‘Está ali’. PORQUE O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VOCÊS”.
O reino de Deus talvez esteja no óbvio da vida, e se lá esta, esse óbvio chama-se simplicidade.
“(…) Então abriu a boca e lhes ensinava, dizendo: Bem-aventurados os que têm um coração de pobre, porque deles é o Reino dos céus! Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados! Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra”! (Mateus 5, 2-5)
O reino de Deus esta na paz, mas por que o procuramos nas guerras, nas brigas? Ele esta no sorriso, mas por que investimos no ressentimento, no rancor, na raiva? Ele esta no gesto caridoso, mas por que investimos tanto no egoísmo, no individualismo?
Reparemos onde estamos procurando o reino de Deus.
O próprio santo “das COISAS perdidas” (são Longuinho) apenas encontrou o reino Deus, conforme alguns relatos truncados, depois de perfurar o coração de Jesus com uma lança e como não trazer esse exemplo a nossa vida: Quantos de nós só encontramos Jesus após perfurar seu coração em virtude do pecado que vivíamos? Quantas pessoas precisaram ir ao fim do posso para encontrar a Deus que sempre esteve ao seu lado, mas não era visto?
Se preciso de algo em minha vida e não sei por onde começar, creio eu que deveria buscar primeiramente pela sensibilidade a presença de Deus, pois todo aquele que sabe e reconhece os sinais do Deus de amor em sua vida, cai menos, sofre menos, ergue-se mais rapidamente, supera os obstáculos sem medo, (…), visto que “(…) O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VOCÊS”
Agora não é tão difícil de aceitar o porquê tanta gente só encontra Deus na dor
Não é preciso ir ao fundo do poço para achá-lo, mas muitas vezes o fazemos; não é preciso ir longe, pois Ele esta tão perto; não é esse ou aquele padre que faz a diferença e sim a vontade de querer encontrá-LO.
Deus nos vê na simples oração matinal; no terço apressado dentro do ônibus; nas lágrimas derramadas em silêncio, mas só damos conta da presença deles quando nosso ser cansa de lutar e se entrega. Quantas pessoas atravessaram o Brasil para ouvir um mesmo evangelho, no entanto num outro lugar (Canção Nova, Aparecida do Norte,…) e de coração aberto conseguiu ser curado por Deus?
Às vezes é preciso que cansemos para abaixar a guarda e vermos que Deus estava ali há muito tempo.
Deus habita em seu coração… Deixe-o bater!


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário