.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 8 de maio de 2016

“GLORIFIQUE O TEU FILHO PARA QUE O TEU FILHO TE GLORIFIQUE A TI...” – Olivia Coutinho


Dia 10 de Maio de 2016 

Evangelho de  Jo17,1-11
 
Nesta semana, que antecede a solenidade de Pentecostes, a Igreja nos convida a vivermos a semana da unidade dos cristãos. Participar deste mutirão em favor da unidade, é apostar na diversidade e não na adversidade, é tornar possível, viver a unidade na diversidade! 
Mesmo na diversidade, todos nós pertencemos ao corpo de Jesus, a uma só família: a família de Deus: PAI, FILHO, ESPÍRITO SANTO.
 No evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, Jesus se dirige ao Pai dizendo: “Pai, chegou a hora.” “Glorifica o teu filho, para que o teu  Filho te glorifique a ti, pois lhe deste poder sobre todos os homens, para que ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe deste”. Essa belíssima oração  de Jesus dirigida ao Pai, é conhecida como: “oração sacerdotal.” Nesta oração, Jesus reza por si mesmo, por aqueles que iriam dar continuidade ao anuncio do Reino, isto é, os discípulos e por todos aqueles que iriam acreditar Nele, por causa deste anuncio. 
A Gloria do Pai e de Jesus, consiste na comunicação da filiação divina com o dom da vida eterna a todos àqueles que estão unidos a Jesus! Nesta oração, Jesus roga ao  Pai por nós. No seu contato filial, Ele pede ao Pai que o Glorifique, dando como encerrada com êxito, a sua missão terrena! 
Jesus iria se ausentar fisicamente do mundo, mas seus discípulos permaneceriam, dando continuidade a obra do Pai!
Glorificado pelo Pai, Jesus passou a atuar no mundo, através do coração de seus seguidores, de geração a geração.
Enquanto caminhou por este chão, a presença física de Jesus se restringiu somente a um povo, ao povo Judeu, já, Glorificado, a sua presença mística, chegou a todos os povos, a todos os confins da terra!
Assim como os primeiros discípulos, que não ficaram imunes das tribulações do mundo, e nem tiveram um lugar geograficamente especial, preparado por Jesus, livres das tentações, nós também, discípulos de hoje, não estamos imunes das tribulações.
Como discípulos de Jesus,  temos que enfrentar os desafios, dar testemunho de Jesus em qualquer circunstancia.
Vivemos num mundo onde o bem e o mal se  misturam, é o Espírito Santo que nos faz discernir o que é de Deus em meio ao mal disfarçado do bem!
É misturados com os adversários do Reino, que provamos a nossa adesão à Jesus, que damos testemunho da solidez da nossa fé!
Todo o ministério de Jesus foi marcado pelo amor e pela dedicação carinhosa a todos que o Pai lhe confiara! Todo cuidado e carinho, que Jesus  teve para com os discípulos de ontem, Ele tem para  com cada um de nós, que somos  os discípulos de hoje! Pena, que muitos de nós, somos ingratos, atendemos  as  exigências do mundo  e não damos ouvidos aos apelos de Jesus!
Que a súplica de Jesus ao Pai, toque fundo no nosso coração e nos faça reconhecer a grandiosidade do amor do Pai que não contentou em somente nos dar a vida, como quis também nos cercar de cuidados!  

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho

Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

4 comentários:

Anônimo disse...

Bela reflexão: Que Deus continue te iluminando!
Vivemos num mundo onde o mal e o bem se mistura é
verdade; Mas venceremos. Amém.

Anônimo disse...

PARABÉNS PELA REFLEXÃO!

Carlos José da Fonseca Fonseca disse...

Deus se faz presença na diferença e na dualidades de cada um de nós.
Parabéns.

Anônimo disse...

Suas reflexões ajudam muito o meu Ministério. Que o Espírito Santo continue iluminando sua vida!

Postar um comentário