.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Regras de vida-Helena Serpa

1ª. Leitura – Apocalipse 7, 2-4.9-14- “os marcados com o sinal da fé”

Ao mesmo tempo em que São João relata para nós a visão beatífica do céu, ambiente de beleza, de pureza e de unidade, ele nos conscientiza também de que esse lugar é destinado àqueles que aqui na terra foram marcados com o sinal da fé pelo Batismo, que tiveram suas vestes lavadas com o Sangue do Cordeiro, isto é que aderiram ao projeto salvífico do Pai, passando por tribulações para alcançar o reino e colocando a sua esperança de salvação em Jesus Cristo Filho de Deus. Nós todos que participamos do Corpo de Cristo, que é a Sua Igreja, podemos também nos imaginar nesse cenário, fazendo parte dos cento e quarenta e quatro mil (que é um número infinito) que louvam e adoram o Senhor dia e noite dizendo: “a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus para sempre. Amém.” Enquanto aqui vivemos nós alimentamos em nós a feliz esperança de um dia também estar de pé diante do trono e do Cordeiro, trajando vestes brancas e trazendo na mão a palma da vitória conquistada para nós por Jesus. Essa perspectiva nos faz enfrentar com firmeza tudo o que poderá ainda acontecer conosco enquanto estivermos sujeitos à grande tribulação. – Como você se sente refletindo sobre isso? - Você se sente parte deste contexto descrito por São João? – Para você o que seria aderir ao projeto salvífico do Pai? – Você percebe a grandeza de ter sido batizado (a) na morte e na ressurreição de Cristo? – Você crê nisto?

Salmo 23 – “É assim a geração dos que procuram o Senhor!”

O salmo faz um questionamento sobre quem subirá ao monte do Senhor e quem ficará em sua santa habitação. Ele mesmo nos dá a resposta: “ quem tem mãos puras e inocente coração!” Significa dizer aqueles (as) que agem com retidão de intenção, quem não usa a sua mente para o mal, isto é, quem pratica a Palavra do Senhor, os que buscam a Sua face e que vivem aqui na terra sabendo que Deus é o Criador de todas as coisas. Sobre estes (as), diz o salmo, desce a bênção do Senhor e a recompensa do Deus Salvador.

2ª. Leitura – 1 João 3, 1-3 – “desde já somos filhos de Deus”

Todos nós sabemos que ser filho (a) é ser herdeiro (a ) e ter direito sobre tudo o que o pai e a mãe possuem. Portanto, para nós, é um privilégio e um grande presente de amor de Deus, o fato de podermos ser chamados (as) de seus filhos, suas filhas. O saber que somos filhos e filhas do Deus Pai Criador de todas as coisas faz diferença na qualidade da nossa vida aqui na terra, imagine quando realmente se manifestar o que seremos quando O contemplarmos face a face. Aí, então, O veremos tal qual Ele é, e mais ainda, poderemos nos assemelhar a Ele. São João nos garante que todo aquele que espera e crê em Jesus, purifica-se a si mesmo, pois recebe a Sua misericórdia. Na medida em que seguimos os passos de Jesus nós também nos vamos assemelhando a Ele e seremos reconhecidos pelo Pai. -Você sabia que como filho e filha de Deus é chamado (a) a ser igual a Ele? – Você acha que a cada dia que passa você se sente mais purificado (a)? – Você tem consciência de que Deus está trabalhando em você?

Evangelho – Mateus 5, 1-12 – “regras de vida”

Jesus percebia que o mundo havia desviado os homens do objetivo maior para o qual eles haviam sido criados, por isso, Ele “via as multidões” e as ensinava. Se pararmos para refletir nós também hoje, iremos entender que tudo quanto Jesus ensinava àquele povo, naquele tempo é completamente o inverso do que o mundo tem nos ensinado. Por isso é que Ele, hoje, continua olhando para nós e quer nos dar ciência de que a herança do Pai para nós não consiste numa porção material, mas num ensinamento para uma vida em abundância. Assim, Ele nos mostra que é bem aventurado, isto é, feliz, quem segue a Sua doutrina. Para nós parece impossível que assim seja, porém se atentarmos para o fato de que o Pai sabe de que o filho necessita, então não podemos duvidar, mas colocar em prática tudo o que Ele nos aconselha. As Bem-aventuranças são como mapa que traça para nós o caminho da santidade, portanto, da justiça. Ser bem-aventurado (a) é ser feliz, agraciado (a), abençoado (a). Cada Bem-aventurança é um desafio do nosso espírito para suplantar a nossa carne. Se, exercitarmos e perseguirmos a vivência de pelo menos uma dessas regras de vida, com certeza, aos pouco nós iremos crescendo em graça e em sabedoria nas demais bem-aventuranças e diante de Deus, nosso Pai, seremos tais qual o Nosso Senhor Jesus Cristo. A cada bem-aventurança corresponde uma recompensa, ou melhor, dizendo, uma consequência natural. O pobre em espírito, isto é, humilde, dependente, desapegado, vive desde já o reino dos céus. Os aflitos, os que sofrem, choram, se arrependem, terão o consolo do Pai; os mansos conquistarão, pelo amor, o coração das pessoas; os que têm fome de santidade serão santificados; os que têm misericórdia e compaixão dos irmãos receberão o perdão e a misericórdia de Deus; os puros de coração, porque não têm maldade no coração, conseguirão enxergar além das aparências e terão percepção do céu, desde já; os que promovem a paz são verdadeiramente filhos de Deus, que é Paz. Finalmente, os perseguidos, pela causa de Jesus Cristo, tomarão assento no reino dos céus e viverão a alegria dos servos eleitos. – Como você tem vivido as bem aventuranças? - Qual a mais difícil para você vivenciar? - Qual é a bem-aventurança que naturalmente você mais se identifica?- Você alguma vez foi perseguido (a) por causa da justiça?- Você se alegrou por isso ou não compreendeu a mensagem? - Qual é a bem-aventurança que você mais desejaria viver?

Helena Serpa, 
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

Um comentário:

JOANA MARIA CONCEIÇÃO disse...

Disse Jesus:Fiquem unidos a mim e eu ficarei unidos a vocês. O ramo que não fica unido à videira não pode dar fruto. Vocês também não poderão dar fruto se não ficarem unidos a mim.

Postar um comentário