.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 12 de junho de 2018

A NOVA LEI COMPARADA À ANTIGA- Adélio Francisco


REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA 13/06/2018
-Mateus 5,17-19


Olhando para o texto do Evangelho que a liturgia nos convida a refletir no dia de hoje, vai nos ajudar muito na nossa reflexão: "vemos que Jesus veio para respeitar e cumprir a lei e os profetas: "Jesus não veio abolir a lei e os profetas, mas veio dar-lhes pleno cumprimento, levá-los á plenitude". Não porém a lei deformada e corrompida que predominava naquela época, mas a lei autêntica, a verdadeira intenção do Deus de Abraão, do Êxodo e das promessas. Essa plenitude é conseguida superando-se do legalismo e do formalismo da lei antiga e que era imposta pelos doutores da lei e pelos escribas.

Os ensinamentos da lei e dos profetas não devem estar contidos numa longa série de preceitos, mas assumidos a partir de dentro, como expressão da vontade de Deus. Não se trata, como mostra Jesus, de viver a lei minuciosamente no seu aspecto quantitativo. Essa mudança é percebida pelas antíteses que versam sobre o homicídio e a reconciliação, sobre o adultério, sobre o divórcio e sobre o juramento. 
A lei nova discernirá o mal em sua raiz ou fonte, no coração e não apenas quando se manifesta nas reações ou atitudes externas. 

Sabemos que, para buscar as melhores formas de vivenciar as leis de Deus, é preciso viver a prática do "amor ".
O amor não tem limites, como não tem limites a perfeição á qual o crente tem de aspirar: "sede perfeitos, assim como vosso pai celeste é perfeito". Imitando Deus desta maneira poderemos criar uma sociedade justa, radicalmente nova.

Talvez tenhamos de confessar tristemente que nosso mundo não está ainda preparado para que lei evangélica do amor substitua a lei do talião; mas, precisamente, porque temos tocado fundo nos horrores da violência e porque a violência institucionalizada está enquistada, Jesus convida urgentemente seus seguidores a colocarem em prática a utopia do amor evangélico como humilde fermento que produzirá a transformação.

PERMANECEMOS NA SANTA PAZ DE DEUS -Adélio Francisco

Venha fazer parte do meu grupo de reflexão do facebook:


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu, Jair Ferreira da cidade de Cruz das Almas - Ba todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo.

Postar um comentário