.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 29 de maio de 2018

-A LEI DO SÁBADO-José Salviano



03   de Junho – Ano B

Evangelho Mc 2,23-3,6

-A LEI DO SÁBADO-José Salviano

Este Evangelho relata dois episódios nos quais Jesus enfrenta os judeus.  Jesus fazia coisas que segundo os judeus não se deveria fazer, eram coisas inadmissíveis.
Para os judeus, a observância do sábado, era uma prática inegociável. Pois segundo eles era o dia de descanso e de oração. A lei não permitia fazer quase nada no dia de sábado. Porém, Jesus não aceitava aquilo e descumpria esse preceito de propósito. E isso para os líderes judaicos era uma profanação e um desrespeito muito grave a Lei.
Jesus não veio para abolir a Lei, mas sim, para levá-la ao seu pleno cumprimento. Desse modo, Jesus combatia os acréscimos feitos pelos judeus à Lei de Moisés, com o objetivo de explorar o povo.
Jesus colocou a vida acima do sábado. Portanto, a pessoa humana, assim como o perigo de morte, os cuidados com a saúde, devem estar  acima da Lei.
E Jesus já havia percebido que os judeus faziam isso. Eles cuidavam dos animais, eles quebravam a lei do sábado sempre quando havia interesses pessoais em jogo.
Os judeus levavam tão a sério a observância do descanso sabático, que até puniam com pena de morte em certos casos considerados gravíssimos por eles, com respeito a não observância dessa Lei.
Eles eram tão severos com observância da Lei do descanso sabático, e, no entanto, eram frouxos na observância da CARIDADE.  Desprezavam as mulheres especialmente as viúvas, as crianças, os estrangeiros e escravos. Esses eram considerados “pesos mortos” naquela sociedade, e jogados ao último lugar na escala social. Caridade para com eles, era uma prática sem importância, e nem se pensava nisso.

Hoje também acontecem coisas desse tipo.
Por exemplo: como é o salário da mulher em relação ao salário dos homens?  Como é o respeito às colegas de trabalho? Como é o respeito para com as empregadas?

A observância da Lei do sábado era para os judeus motivo para se ganhar mais dinheiro. Pois a qualquer falta com relação a esse absurdo cumprimento, as pessoas eram punidas com multas.

Jesus veio mostrar que o amor e a caridade, são muito mais que a observância da Lei, ainda mais se tratando de uma observância ridícula como aquela.
Jesus veio mostrar a eles e a nós hoje, que nenhuma lei pode ser feita em benefício de uns e em prejuízo de outros. Para prejudicar os fracos em benefício dos ricos. Toda lei elaborada nesse sentido, é, portanto, uma lei injusta!
Uma lei que tira os direitos dos trabalhadores e beneficia os patrões, com a desculpa de que isso vai melhorar a vida do trabalhador, é uma grande mentira, uma grande enganação, é mais uma farsa, é mais uma hipocrisia!
É por isso que a Igreja está sendo vilipendiada, tendo os seus símbolos sagrados ridicularizados. Estão fazendo isso com a comunidade católica, por que o cristão não se cala diante de tanta injustiça, diante tanta crueldade dos poderosos.

Fazem leis injustas e ainda dizem em discursos que estão beneficiando os trabalhadores.  Pura mentira, isso não gera emprego como o dizem, e não é nenhum gesto de caridade para com os pobres.
Uma nova lei deve ser feita para regulamentar a vida pública sem visar privilégios, e sem promover mais miséria!
Uma nova Lei deve ser boa para todos. Ricos e pobres, a medida do possível.
Uma nova Lei deve visar o progresso, e não o retrocesso da sociedade como um todo.
Uma nova Lei deve estar baseada na Lei magna, na Lei maior, que é a Lei de Deus. Caso contrário, essa tal de nova Lei, estará fadada ao fracasso, POIS ELA VAI GERAR MAIS VIOLÊNCIA! Só eles, não estão vendo isso. Estão criando cobras que futuramente vão lhes morder!

Irmãos, e irmãs. Vamos ter gestos concretos, reais de verdadeira caridade para com os fracos e necessitados! Pois Deus que está vendo tudo de mal e de bom que fazemos, irá nos recompensar, ou nos cobrar! Muito cuidado! Deus é bom, mas Deus é justo!
Desejamos a você e a sua família, um bom domingo.

José Salviano


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu, Jair Ferreira da cidade de Cruz das Almas - Ba todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo.

Postar um comentário