.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 22 de maio de 2018

-Com que autoridade fazes essas coisas?-José Salviano


02   de Junho – Ano B

Evangelho Mc 11,27-33


Logo depois que Jesus expulsou os vendilhões do templo, os sumos sacerdotes, os escribas, e os anciãos se aproximaram de Jesus e o questionaram, perguntando: Com que autoridade fazes essas coisas? O mesmo que dizer: Quem você pensa que é? Aqui quem manda somos nós.
Os judeus estavam nada mais, nada menos que com ciúme, com inveja de Jesus. E por isso, não o suportavam!

Em nossa sociedade, o ciúme e a inveja têm sido causas de muitas intrigas, brigas e muita morte.
Ciúmes do irmão mais inteligente, ciúmes  da irmã mais bonita, inveja do novo funcionário que é mais competente do que nós, inveja daquela secretária que consegue muitas coisas...

Da família até os últimos rincões da sociedade, a inveja e o ciúme estão presentes, causando intrigas e maledicências, numa total falta de caridade.
Quantas vezes já ouvimos a pergunta: Quem você pensa que é?
As pessoas desrevestidas de caridade não suportam rivais. Não admite que existam pessoas mais competentes do elas, e partem para ignorância, para o ataque, com o objetivo de anular a pessoa concorrente, ou seja, seu rival. Seja aquela moça mais bonita que atraiu a atenção do seu namorado, seja o vendedor que consegue vender mais, etc.

Infelizmente, a convivência na sociedade, está repleta de concorrência, a qual até é estimulada por aqueles que não seguem os ensinamentos de Jesus.
Muitos pais estimulam os filhos a não baixarem a cabeça, a serem orgulhosos, astutos, espertos, em fim, concorrentes “prá valer”, para ganhar e nunca perder.

Que vença o melhor. Pois o homem é o lobo do homem na luta pela sobrevivência, assim pensam eles.
É por isso que esse mundo está do jeito que está. Por que viver assim, olhando a outra e o outro como um adversário a ser derrotado, só teremos intrigas, violência, desamor, e tudo isso gera infelicidade cada vez maior.
Jesus nos ensinou exatamente o contrário. Se alguém te obrigar a andar um quilômetro, ande dois. Se alguém te roubar a camisa, dê também a ele a tua túnica...

Nesta vida já tive alguns prejuízos causado pela esperteza e pela injustiça de alguns irmãos. Porém, Deus me recompensou em dobro, ou em triplo, no momento em que menos eu esperava!

Prezadas irmãs, prezados irmãos. Entregamos ao Pai, toda maledicência, toda injustiça que sofremos por parte dos nossos “amigos”, aqueles que se incomodam muito com a nossa presença, como se sentiam incomodados os líderes judaicos com a presença de Jesus.
Rezemos pelos nossos “concorrentes”, para que eles consigam também realizarem os seus objetivos, e que parem de serem invejosos.



Tenha um bom dia. José Salviano.

 


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu, Jair Ferreira da cidade de Cruz das Almas - Ba todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo.

Postar um comentário