.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 11 de setembro de 2016

“MULHER, ESTE É O TEU EU FILHO!” – Olivia Coutinho

 
Dia 15 de Setembro de 2016
 
Evangelho de Jo19,25-27

Tudo que Deus mais quer, é estar conosco, principalmente nos nossos momentos difíceis, mas Ele respeita a nossa liberdade, só entrando na nossa vida, quando recorremos a Ele!
Hoje, dia de Nossa Senhora das Dores, peçamos a ela, que  interceda por nós, pedindo a Deus, que nos dê força para suportarmos o peso da nossa cruz!
Nossa Senhora é modelo de força e de serenidade diante o sofrimento! Com o coração tomado de dor, ela manteve-se de pé, diante da cruz do seu Filho, uma cruz que ela abraçou como sendo sua! 
Volta e meia, somos acometidos por situações tão difíceis, que ás vezes tiram o nosso chão, podemos dizer,  que estes momentos difíceis, são o termômetro que mede o grau da nossa fé!  Quem  tem uma fé firme, com raízes profundas, não fraqueja diante as intempéries da vida!
Quando o sofrimento bate à nossa porta,  não temos outra  alternativa,  a não ser, aceitá-lo,  o que não significa entregar os pontos, pelo contrário, aceitar o sofrimento, é saber  tirar lições para o nosso crescimento, transformando o que nos é desfavorável  em trampolim para a nossa ascensão. 
O evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir,  revela a imensidão do amor de Deus por nós! Um amor infinito, que ultrapassou todos os limites, além de nos oferecer o seu Filho como o  nosso Redentor, Deus nos deu Maria como nossa  Mãe!
Maria participou ativamente do plano de Deus para salvar a humanidade, com o seu sim, ela  se tornou nossa corredentora,  estando o tempo todo ao lado de Jesus!
Todos nós temos um pouco de Maria, pois temos Jesus em nós, pena, que não guardamos as suas palavras  como Ela guardava.
 Maria foi sem dúvida, a pessoa que mais participou da vida de Jesus, da sua  paixão e morte de cruz! No seu silencio, Ela ouviu e meditou cada palavra dita por Ele na Cruz! E com o coração transpassado por uma espada de dor, ela presenciou de pé, a agonia do seu Filho! E Jesus, por sua vez, olhou para ela com compaixão e numa atitude de Filho que preocupa, que  ama a sua mãe, a entregou aos cuidados do discípulo João, comprovando assim, que Jesus  era o seu único Filho, do contraria, Maria iria  ficar sob os cuidados dos seus outros "filhos." 
“ Depois disse ao discípulo: Esta é a sua mãe.” Daquela hora em diante o discípulo a acolheu consigo.”(Jo19,27)
Entregando Maria como mãe do discípulo João, Jesus a entregou como nossa mãe!
Aos pés da Cruz, Maria, pelo desejo do Filho, se fez Mãe de todos, até mesmo daqueles que a rejeita.
 
Nossa Senhora das Dores rogai por nós! 

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

Um comentário:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário