.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Não podemos impor condições ao chamado de Deus-Helena Serpa


28/09/2016  - 4a. Feira XXVI semana comum -  Jó 9,1-12.14-16- “diante de Deus nenhum homem é justo”
No seu infortúnio, Jó diante dos amigos que queriam vê-lo culpando a Deus, se torna um verdadeiro defensor do Seu poder e da Sua majestade. “Quem sou eu para replicar-lhe e contra ele escolher meus argumentos” e “Como poderia o homem ser justo diante de Deus? ” Assim, ele reconhecia a sua limitação sabendo que somente o Senhor era poderoso para mudar a sua situação, consciente de que somente a Deus competia o tempo e a hora.   Os pensamentos de Deus são tão distantes dos nossos que nem poderemos ousar lutar contra Ele nem tampouco tentar impedi-Lo de realizar Suas obras. Realmente, nós sabemos que Deus é perfeito e nós somos imperfeitos, portanto, nos cabe apenas “pedir misericórdia ao nosso juiz ” e a graça para suportarmos as provações e os desafios que precisamos enfrentar. Confiando no Senhor e nos Seus planos, sem pretensão de desvendar os Seus mistérios, no tempo certo, receberemos de volta tudo o que nos foi pedido. A recompensa do Senhor é certa!  -  A quem você culpa quando as coisas não acontecem como esperava? – Você é daqueles (as), que sempre gostam de encontrar um culpado para o seu infortúnio?  - Você acha que Deus é culpado pelos desatinos que existem no mundo? – Você confia no Senhor mesmo na tempestade?

Salmo 87 – “Chegue a minha oração até a vossa presença.”
A súplica do homem atingido pelo infortúnio sobe aos céus e mesmo que não vejamos os indícios Deus sabe tudo; Ele sabe também até onde nós suportamos. Não poderemos nunca deixar de clamar a Deus na aflição mesmo achando que a face do Senhor está escondida. A fé é a nossa razão para a perseverarmos na oração.

Evangelho Lucas 9, 57-62 – “Não podemos impor condições ao chamado de Deus”


Jesus hoje quer nos conscientizar de que não podemos impor condições ao chamado de Deus e nos adverte de que, para segui-Lo, temos que abdicar de privilégios, de comodidade e enfrentar as dificuldades próprias da nossa missão de cristãos comprometidos com o reino dos céus. Ele nos dar consciência de que o Seu seguimento requer desprendimento da nossa parte em relação a todas as coisas e pessoas a que, humanamente falando, somos ligadas e, como consequência, nos afastam da vivência da vontade de Deus.  O que acontecia naquele tempo incide também nos dias de hoje. Levamos tempo para decidir seguir a Jesus, porque temos muitas ocupações e há coisas lícitas que nos impedem de dar os primeiros passos. Esperamos sempre por um dia, que ainda irá chegar. Assim sendo, entendemos que não podemos seguir a Jesus porque há muito o que fazer. Jesus, porém, nos adverte com palavras duras: “deixa que os mortos enterrem os seus mortos, mas tu, vai anunciar o reino de Deus.” Em outras palavras, Jesus nos lembra de que existem outras pessoas que podem fazer as coisas que usamos como desculpa para não segui-Lo. O Senhor nos chama hoje para anunciar uma vida nova para a nossa família e não para nos acomodar esperando a hora de “enterrar” os nossos queridos. Os mortos, isto é, aqueles que não foram chamados, aqueles que não se consideram discípulos, aqueles que nem entendem nem querem seguir a Jesus, estes, sim, podem enterrar os mortos. Despedir-se dos familiares significa também perder oportunidades, correr riscos de desistir, tirar o foco do que Jesus nos propõe deixando a graça de Deus passar.  Todos nós, se desejamos seguir a Cristo, temos que tomar conhecimento das advertências da Sua Palavra. Jesus não nos promete uma vida fácil, mas a vida eterna e o reino do céu, desde já.  Não deixemos para depois. Amanhã, será outro dia... Talvez não haja outro chamado! Segue-me, diz o Senhor!     “Quem põe a mão no arado e olha para trás não está apto para o reino de Deus!”  - Você está apto para o reino de Deus? - Quais são as desculpas que você tem dado para não seguir a Jesus? - Você tem consciência de que para seguir Jesus não deve ter vontade própria nem opiniões formadas? - Você prefere seguir a Jesus ou enterrar os “seus mortos”? - Que tal anunciar a eles que o reino de Deus está próximo? Fazendo isso, você estará seguindo a Jesus.

3 comentários:

Aramis Alves de Souza Filho disse...

Muitas vezes eu me depaarei com essa frase: Deixe que os mortos enterrem seus mortos, mais não entendia muito o sentido, do que Jesus queroa dizer, mais agora com essa explicação,ficou muito claro e fácil de compreender. Obrigado por tudo. Que Deus continue a iluminar a todos vcs, que o Divino Espirito Santo os cubra de Benção.

Anônimo disse...

SENHOR SO TU TENS PALAVRA DE VIDA ETERNA.QUE TENHAMOS TODOS NOS EM NOSSO CORAÇAO E GUARDEMOS MUITO BEM,A PALAVRA QUE NOS FOI DIRIGIDA PELO NOSSO PAI,ILUMINAI SENHOR ESSE VOSSO POVO MUITAS VEZES DE CABEÇA DURA,OBRIGADO POR SER PACIENTE PARA CONOSCO AMEM.

Jose Antonio disse...

li, e gostei aprendi a profundar um pouco mais na palavra de Deus, vamos seguir em frente com Jesus!

Postar um comentário