.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Jesus tem que estar acima de tudo na nossa vida-Helena Serpa


14/09/2016 – 4ª. feira -  EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ” -  1a. Leitura – Números 21,4-9 – “o pecado da murmuração
Durante a marcha pelo deserto o povo de Israel impacientou-se e murmurou contra Deus e contra Moisés argumentando que lhes faltava tudo. Eles não “entendiam” a causa das suas dificuldades, por isso “se impacientaram e se puseram a falar contra Deus e contra Moisés”. As consequências da sua rebeldia lhes foram funestas e eles sofreram na própria carne o resultado da sua murmuração.  Podemos então perceber que a viagem do povo de Israel na travessia do deserto prefigura a nossa peregrinação durante o tempo em que caminhamos aqui na terra. Assim como aquele povo foi libertado da escravidão e retirado por Moisés do Egito, nós também fomos salvos e livres do pecado por Jesus Cristo. Assim como aquele povo, nós também quando começamos a enfrentar as dificuldades da nossa caminhada espiritual, muitas vezes nos sentimos fracos, desanimados, não entendemos quando a nossa carne também é contrariada, por isso, murmuramos, nos lastimamos nos voltando contra as pessoas, mesmo quando querem nos ajudar. Por isso, também caímos no” laço do caçador” e desejamos voltar à vida anterior, sem compreender que esse é um tempo de exercício permitido por Deus e a que precisamos nos submeter.  Temos saudades do tempo em que vivíamos “livres” para atender aos desejos da nossa carne e, por isso, ficamos com o espírito acorrentado pela serpente do mal. Assim também, somos picados por “serpentes venenosas” que nos levam à morte, como guerra, fome, discórdia, destruição, vingança, desamor. A morte é o afastamento de Deus. A serpente é o pecado que traz consequências funestas para o homem: murmuração, revolta, impaciência. Para os antigos Deus mandou que se fizesse uma serpente de bronze a fim de que todos os que a olhassem recobrassem a vida. Para nós, da Nova Aliança, a serpente de bronze é Jesus Cristo, crucificado por nós, para nossa salvação e ressuscitado para nos dar nova vida. Cristo se fez serpente, isto é, se fez pecado para poder derrotá-lo e prendê-lo na Cruz, vencendo a morte e conquistando a nossa redenção de uma vez por todas. - Você que tem murmurado muito reclamando da vida e das coisas? Como você se sente agindo assim? - Você se sente cansado (a) ou entediado (a) das coisas de Deus? - Você tem saudades do tempo em que vivia fazendo a sua vontade e não se importava com o que Deus queria de si?
 
Salmo 77 – “Das obras do Senhor, ó meu povo, não te esqueças!”
O salmista recorda para nós as ações dos homens ao longo da história. Ao mesmo tempo em que honramos ao Senhor com os nossos lábios, o nosso coração poderá traí-Lo. No entanto, Ele que é fiel e compassivo, sempre está pronto a nos perdoar e espera a nossa conversão. Tantas vezes volte o pecador arrependido como tantas vezes o Senhor perdoa o seu pecado. Por isso, nunca deveremos achar que temos de permanecer no erro. Para isto, Ele coloca à nossa disposição a Sua Lei e os Seus ensinamentos para que possamos desvendar os Seus mistérios.
Evangelho – João  3, 13-17 – “Jesus tem que estar acima de tudo na nossa vida”.

A serpente de bronze que Moisés mandou que o povo de Israel fizesse para que todo aquele que olhasse para ela fosse salvo, prefigurou Jesus que foi elevado na CRUZ e entregou a Sua vida por nós. Todo aquele que olha para Jesus e Dele espera, recebe a salvação. Jesus veio para salvar o mundo e não para condená-lo e ninguém pode ficar de fora.  Esta é a vontade do Pai: que todos sejam salvos. Aquele que precisa ser salvo corre risco de vida se não estiver constantemente alerta para as ciladas do inimigo. Por isso, Jesus nos diz: “é necessário que o Filho do homem seja levantado para que os que nele crerem tenham a vida eterna. ”    Uma única vez Jesus foi levantado na CRUZ para a salvação do mundo, porém é necessário que a cada dia no mundo inteiro continuemos erguendo o Seu Nome, anunciando o Seu Evangelho. Jesus tem que estar acima de tudo na nossa vida. Ele deve ter o primeiro lugar nos nossos pensamentos, nos nossos anseios, nas nossas ações. Elevamos o Nome de Cristo bem alto quando também servimos à Sua igreja por amor e participamos da Eucaristia, pois, a cada Missa se renova o memorial da Sua Paixão. Jesus é aquele que Deus deu ao mundo por amor e para que todos sejam salvos do pecado e da morte eterna, e os que creem Nele têm a vida eterna. Para que todos creiam em Jesus e tenham a vida eterna, precisamos fazer a nossa parte e sem descanso anunciar ao mundo que Ele é a fonte de vida eterna.   Não podemos nos contentar no relativismo dos tempos modernos dizendo que tudo é válido, e que todos os caminhos nos levam a Deus: há um só Caminho, Jesus Cristo e nós não podemos perder tempo em propagar a todos esta verdade. -  Você acha que o mundo está perdido, que não há mais chance? – Qual será a sua parte na salvação que Deus quer trazer para todos os homens? – Você acha que uma andorinha só não faz verão? - Você acha justo que Deus queira salvar todo homem: os bons e os maus?- Você quer que toda a sua família seja salva? Quem teria que ficar de fora?

3 comentários:

José Maria Nascimento disse...

Obrigado!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Anônimo disse...

SENHOR MISERICORDIA POIS SOU PECADOR ,MAIS DIREI UMA PALAVRA E SEREI SALVO,OBRIGADO POR TUA PACIENCIA PARA COM TODA A HUMANIDADE AMEM

Postar um comentário