.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

“QUEM NÃO CARREGA SUA CRUZ E NÃO CAMINHA ATRÁS DE MIM, NÃO PODE SER MEU DISCÍPULO.” – Olivia Coutinho.

 
23º DOMINGO DO TEMPO COMUM
 
Dia 04 de Setembro de 2016
 
Evangelho de Lc14,25-33
 
Estamos no Mês da Bíblia, tempo em que a Igreja nos convida a abrirmos mais vezes, este livro sagrado, a fim de que possamos nos aprofundar mais na palavra de Deus, palavra que orienta, que liberta, que nos aponta o caminho da vida!
Numa comunidade cristã, que alimenta a sua intimidade com a Bíblia, sempre haverá  mudanças significativas, tanto na catequese, quanto na liturgia como também no cotidiano das pessoas, pois através da leitura profunda da Bíblia, todos vão se inteirando do querer de Deus e se colocando a seu dispor!
Cada dia é uma oportunidade que Deus nos concede para que possamos rever a  nossa vida e  nos reorganizar interiormente, esvaziando  do nosso “eu”  para dar espaço ao que é de Deus!  É assim, que vamos assentando os nossos passos, nos passos de Jesus!
A cada amanhecer de um novo dia, Deus coloca em nossas mãos, uma página em branco, na qual, devemos  escrever mais um capítulo da nossa história! O que vamos escrever, vai depender das nossas escolhas, uma coisa é certa: quem coloca Jesus como centralidade da sua vida, com certeza escreverá uma bela história!
As palavras de Jesus, no evangelho que a liturgia de hoje coloca diante de nós, podem nos deixar um tanto apreensivos, pois são palavras bastante  exigentes!
O texto nos diz, que grandes multidões acompanhavam Jesus, é evidente,  que Jesus sabia que nem todos os que o acompanhavam, estavam dispostos a enfrentar os desafios do seguimento a Ele! A grande maioria não tinha sequer noção do que implicaria este seguimento! Voltando-se para a multidão, Jesus é taxativo em dizer, que o seguimento Ele, é exigente, implica em mudança radical de vida, exige muito mais do que boa vontade, do que entusiasmo exige compromisso, fidelidade, disposição de deixar muitas coisas para trás!
O seguimento à Jesus, exige também, consciência do rumo a ser tomado, exige despojamento, em assumir a cruz de cada dia! O caminho do Senhor perpassa pela prática da justiça, do compromisso com a vida em toda a sua dimensão. Para triá-lo, é preciso planejamento,  fazer cálculos sim, para não corrermos o risco de iniciar  uma caminhada e não concluí-la, isto é: abandoná-la no meio do percurso, não chegar ao nosso destino, que é o coração do Pai, ponto de chegada desta caminhada!
Antes de tomarmos a decisão de seguir Jesus, precisamos nos inteirar bem do que envolve este seguimento, afinal, se trata de investir a própria existência na proposta de Jesus! Não podemos correr o risco de entrar no barco de Jesus, e desistir ao primeiro obstáculo, o que seria um grande fracasso em nossa vida! Precisamos estar seguros do que queremos, pois nossa opção por Jesus tem que ser radical, devemos nos entregar a  Ele por inteiros, Ele não nos quer pela metade!
Se estamos dispostos a nos entregarmos  a  Jesus, não podemos estar presos a nada, nada e ninguém deve ser mais importante do que o seguimento a Ele!
O desapego deve ser o primeiro passo de quem quer seguir Jesus,  desapego, tanto das coisas materiais, como  da família e até mesmo da própria vida! Estas exigências de Jesus, à princípio podem nos assustar, mas se meditarmos um pouco mais as suas palavras, vamos compreender que o que Jesus quer, é que nós, coloquemos o seguimento a Ele como prioridade em nossa vida, o que não significa abandonar a nossa família! 
Colocar o seguimento à Jesus na frente de tudo, até da própria vida,  é a certeza de vivermos bem todos os nossos relacionamentos, pois espelhando em Jesus, vamos aprendendo a  sermos  mais flexíveis, a conviver com as diferenças, a respeitar o outro, a amar de forma ordenada, sem aprisionar e sem se deixar  aprisionar! Eis aí, os grandes benefícios de colocarmos Jesus como prioridade em nossa vida!
Não basta ser cristão,  é preciso ser discípulo, caminhar com Jesus, aprender com Ele!
Ser apenas um cristão, é muito fácil,  difícil mesmo, é ser discípulo! Ser discípulo, implica em comprometimento com a causa de Jesus, é estar com Ele para o que der e vier!
FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

Um comentário:

Pedro carlos Schmitt disse...

boa tarde Olivia. Sempre leio seus comentários acho muito bom e vejo que você se esforça para viver o Evangelho e seguir os passos de Jesus conforme a liturgia deste domingo nos propõe. não é fácil seguir o mestre mas com renuncia e boa vontade podemos sim segui-lo. O meu abraço e fique com Deus

Postar um comentário