.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 20 de abril de 2014

“FICA CONOSCO, POIS JÁ É TARDE E A NOITE VEM CHEGANDO"! - Olívia Coutinho

 
 Dia 23 de Abril de 2014
 
Evangelho - Lc 24,13-35
 
Quantas vezes, caminhamos um tanto desiludidos, sem esperanças, sem nenhuma motivação, e  no declinar do dia, sentimos cansados, abatidos, sem nenhuma perspectiva de dias melhores.  
Quando o desanimo insiste em nos abater, quando nossos   passos não nos levam a  lugar nenhum, é sinal de que não estamos reconhecendo a presença de Jesus junto de nós, de que falta-nos o alimento vital para nos devolver a esperança,  que é  a fé no Cristo Ressuscitado!  
 É a fé que nos motiva, que nos  dá energia, vitalidade, que nos mantém firme nos vendavais da vida!
O evangelho de hoje, narra a história de dois discípulos de Jesus, que carregavam consigo a dor de perder um grande amigo,  a quem eles tanto amavam. Não vendo mais razões para permanecerem em Jerusalém,  após a morte de Jesus, estes dois discípulos retornam para Emaús,  abatidos, desiludidos e porque não dizer decepcionados, afinal, eles tinham deixado tudo para seguir Jesus, haviam depositado Nele o destino de suas vidas!
 Aqueles discípulos estavam fracos na fé, não haviam confiado no que Jesus lhes havia dito, que Ele iria morrer, mas que ressuscitaria  no terceiro dia.
 Estes dois discípulos,  representam todos os que   ainda não tem  uma fé  suficiente madura, que  perdem rapidamente a  esperança diante à algum suposto  fracasso.
Que esta experiência dos discípulos de Emaús, que demoraram reconhecer Jesus, enquanto  caminhavam com Ele,  não se repita conosco. Que nós  não sejamos “cegos” e nem lentos para perceber a presença de Jesus que caminha conosco! E que Jamais esqueçamos: mais do que caminhar conosco, Jesus nos carrega no colo, enquanto atravessamos os desertos de nossas vidas!
Busquemos sempre alimentar a nossa fé. A fé é um dom de Deus, não podemos nos fechar a esta graça. É pela fé que enxergamos a presença do Cristo Ressuscitado no meio de nós!
A narrativa, nos desperta também, para a importância de buscarmos sempre um jeito novo de viver a fé, chama a nossa atenção para algo que hoje quase não praticamos nas nossas relações humanas: o ouvir o outro,  o caminhar com ele, o conhecer a sua história, seus sonhos, o reconhecer nele, a presença do próprio Cristo! Foi isto que Jesus fez ao caminhar com os discípulos de Emaús, falou, ouviu...
Muitas vezes somos indiferentes ao outro, até mesmos dentro de nossas próprias casas, quantos filhos mal se falam com seus pais, quantos pais não reservam tempo para os filhos. Estamos sempre apressados e com isso, muitas vezes, não reconhecemos o Cristo Ressuscitado junto de nós.
  A nossa missão nasce a partir do nosso encontro pessoal com o Cristo Vivo e cresce à medida do nosso envolvimento com Ele!
 
FIQUE NA PAZ DE JESUS! Olívia
 

Um comentário:

Valterlande Nascimento disse...

Ótima reflexão irmã Olivia, que Deus te dê cada vez mais força e sabedoria para pregar e testemunhar a sua Palavra.
Deus te abençoe.
Diácono Lando - Diocese de Nova Iguaçu no Rio de Janeiro.

Meu site: www.palavrasdevida.vai.la

Postar um comentário