.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Fé para fazer proezas!-Helena Serpa

09 de agosto- Sábado - Evangelho - Mt 17,14-20

Habacuc1, 12-2,4 – “nossa fé é arma de defesa”

O profeta faz indagações a Deus em relação à Sua justiça para com os homens maus e reclama de Deus uma ação de intervenção. Às vezes nós também ficamos como que meio revoltados pelas coisas más que acontecem e exigimos de Deus uma resposta. Desejamos ver os maus serem exterminados logo e que tudo aconteça como num passe de mágica. Porém o Senhor responde a todos nós: “Há um prazo definido que tende para um desfecho, e não falhará, se demorar, espera, pois ela virá com certeza e não tardará. E acrescenta: “quem não é correto vai morrer, mas o justo viverá por sua fé! Portanto, precisamos entender que a nossa fé é a arma com a qual enfrentamos a injustiça do mundo! Se estivermos firmes e confiantes de que as promessas do Senhor se cumprem no tempo determinado e que os Seus decretos são irrevogáveis, não precisaremos temer a injustiça daqueles (as) que pertencem ao mundo. Quem espera no Senhor sempre alcança o objetivo aguardado, pois a Sua Palavra nos prepara para que conquistemos até a terra que nos prometeu. Não devemos temer o inesperado, porque em cada acontecimento da nossa vida nós podemos perceber a mão de Deus que nos sustenta e nos quer salvar das artimanhas do inimigo. - Você também se questiona em relação ao mal que acontece no mundo? – O que você acha desta resposta que Deus dá a todos nós nesta passagem? – Você tem fé para viver? – Você tem esperado com confiança a justiça de Deus? – Você teme o mal?

Salmo 9 – “Vós nunca abandonais quem vos procura, ó Senhor!

A justiça de Deus se manifesta àqueles que O procuram e esses nunca serão abandonados. Ele é refúgio do oprimido, daquele que conhece o Seu Nome e Nele espera. O Senhor não nos deixará sem respostas, por isso, podemos cantar hinos e celebrar Seus grandes feitos entre os povos! Ele oferece a Sua misericórdia a todos os povos: aqueles que O buscam serão saciados. 

Evangelho – Mateus 17, 14-20 – “ fé para fazer proezas”!

Jesus repreendeu os discípulos porque não conseguiram curar o menino epiléptico trazido por seu pai dizendo: “Ó gente sem fé e perversa! Até quando deverei ficar convosco? Até quando vos suportarei”? Podemos imaginar o que Jesus diria hoje também acerca da nossa perversidade, visto que não conseguimos ter sucesso na oração que fazemos quando intercedemos por alguém. Com certeza, diante da nossa perplexidade, Jesus também nos diria: “vocês não conseguem expulsar o demônio, porque a vossa fé é demasiado pequena”. Diante do exposto podemos concluir que, realmente, nós já temos fé, no entanto, ela se mantém tão excessivamente pequena, que não se manifesta nas nossas ações. Entretanto, o próprio Jesus nos garante que, se tivermos fé mesmo que seja bem pequenininha, como uma semente de mostarda, poderemos fazer proezas, por isso, coisas que nos parecerem impossíveis, acontecerão. A fé é uma graça especial que recebemos de Deus, mas que precisa ser cultivada e aguada assim como uma semente que foi plantada. Durante a nossa vida e no nosso dia a dia estamos sempre tendo oportunidade para exercitamos a fé que recebemos no nosso Batismo, no meio dos acontecimentos que nos desafiam. Começando pelas “montanhas de problemas” pessoais que nós precisamos mover quase que diariamente, como também pelas súplicas de outras pessoas que se aproximam para que oremos pelo seu livramento, nós somos chamados a usar o dom da fé que auferimos por bondade de Deus. Somos instrumentos do Seu amor e da Sua salvação no mundo, mas só poderemos exercitar a missão que nos foi entregue se acreditarmos, confiarmos e dependermos do poder de Deus que se manifesta por meio do Espírito Santo. O Espírito Santo é o motivador da nossa fé e está sempre agindo para nos transformar em pessoas fortes e confiantes no Seu poder. É Ele quem rega a nossa fé, por essa razão, nunca poderemos duvidar da Sua competência quando estivermos orando por alguém, ou por nós mesmos (as). O que acontece, no entanto, é que quando oramos por alguém nós colocamos no meio a nossa fraqueza humana e não deixamos espaço para que a força de Deus se manifeste. Precisamos orar com fé, sem duvidar. Vale muito mais a fé com que nós oramos pelas pessoas do que mesmo o que elas esperam de nós. Somos apenas portadores da graça de Deus e precisamos demonstrar isso perante elas. – Por causa da sua fé Jesus tem conseguido mover as montanhas da sua vida? – Você acredita no poder de Jesus quando você ora por alguém? – A oração que você faz por alguém é em Nome de Jesus ou baseada na sua fraqueza humana? – Você tem tido coragem de orar pedindo cura e libertação para aqueles que se aproximam de você? – Por quem você precisa orar neste momento atual?

Helena Serpa,
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

2 comentários:

Anônimo disse...

Palavras sábias e esclarecedora. Deus te ilumine sempre e o Espirito Santo te fortaleça.

José Maria Nascimento disse...

Amém, e mais uma vez obrigado por compartilhar estas sábias e esclarecedoras reflexões!!!

Postar um comentário