.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Sinais que acompanham o homem de fé-Helena Serpa

25/04/2017 - Dia de S. Marcos, evangelista – I Pedro 5,5-14 –  “Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno.”
Falando também em nome de São Marcos, a quem chama de filho, São Pedro escreve aos outros membros da Igreja saudando-os com o abraço do amor fraterno dando a eles valiosos ensinamentos acerca de coisas que também são importantes para o nosso viver. “Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes”. Com ele nós aprendemos que a humildade e a fraternidade são a chave para que tenhamos sucesso nos nossos relacionamentos mútuos. Em primeiro lugar, a humildade é como a base de sustentação do amor vivenciado entre irmãos. Exercer a humildade é se deixar estar sob a poderosa mão de Deus, reconhecendo a nossa limitação e ao mesmo tempo tendo consciência de que a nossa capacidade   vem do Seu poder. O diabo é o grande adversário de Deus e dos Seus filhos e filhas, por isso, precisamos nos manter sóbrios (as) e vigilantes, deixando cair por terra toda a soberba.  O inimigo de Deus é, portanto, o nosso adversário, e usa de todas as maneiras para minar a estrutura da nossa boa convivência, em família, em comunidade e no mundo. Por outro lado, a fraternidade é o parâmetro que deve delimitar as nossas atitudes na convivência familiar e também no mundo. Ser solidário e solícito é a resposta que damos a Deus diante da provisão do Seu amor por nós, sem medida. Assim sendo, necessitamos permanecer firmes na fé, até na hora dos sofrimentos, que são provas comuns a todos os que servimos a Deus. Se, continuarmos fiéis, mesmo nas horas tormentosas, o próprio Senhor nos restabelecerá e nos tornará firmes, fortes e seguros, porque a ele pertence o poder e a glória.  Precisamos, pois, estar cautelosos! “Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno! ” O abraço fraterno é o sinal de que a paz de Deus nos acompanha. Assim fazendo, estaremos cultivando a paz que vem de Cristo. - Faça uma reflexão sobre os seus relacionamentos em família, em comunidade e no mundo e perceba quem está ganhando a parada na sua vida: Deus ou o diabo? - O que você entende sobre o ser sóbrio e vigilante? - O que significa para você o “abraço do amor fraterno”? Como seria esse ABRAÇO?
 Salmo 88 – “Ó Senhor, eu cantarei, eternamente, o vosso amor!”
A alegria interior revela a face daqueles (as) que seguem o caminho em busca da santidade. A busca da santidade é uma prerrogativa de quem caminha à luz de Deus, por isso tem o coração sempre apascentado e cheio de esperança. Assim é, que como o salmista, nós podemos abrir os nossos lábios e publicar que cantaremos eternamente o Amor de Deus. Só quem experimenta a gratuidade desse amor, pode sentir-se livre e ter motivos para ser feliz, porque não está devendo nada a ninguém.


Evangelho – Marcos 16, 15-20 – “ sinais que acompanham o homem de fé”


As últimas recomendações do Cristo ressuscitado no final deste Evangelho, sintetizam para nós a missão de todos os batizados, aqui na terra: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”. Evangelizar, portanto, é o nosso chamado!  Jesus nos chama para anunciar o Evangelho a toda a criatura. A experiência de espalhar o Evangelho nos proporciona a vivência dos milagres que Ele mesmo nos prometeu quando nos envia para esta missão. Dessa forma, quando saímos em missão, todos nós podemos comprovar os sinais que nos acompanham por força da nossa Fé em Jesus. Os sinais de expulsar demônio, falar novas línguas, pegar em serpentes, beber veneno, curar doentes, significam para nós tudo o que nos acontece pela força milagrosa que o Amor de Deus realiza através do nosso anúncio e da nossa disposição em edificar o reino de Deus. Esses sinais acontecem na nossa vida, assim como também na vida das pessoas a quem nós anunciamos Jesus, quando desafiamos as dificuldades, a doença, a morte, a tristeza com a esperança, com a alegria, com o poder de Cristo ressuscitado. Os milagres acontecem, e as barreiras que superamos são para nós motivo de testemunhar a obra que Espírito Santo realiza por meio da nossa doação. A cada dia, somos chamados (as) a renovar os nossos compromissos batismais de cristãos e cristãs. Da mesma forma, como seguidores e seguidoras de Cristo, somos convocados a evangelizar no mundo todo e a todo o mundo. Tenhamos fé e acreditemos nas promessas de Jesus para que vejamos também os sinais que acompanham aqueles que creem. –Você tem cumprido com o mandado de Jesus?  - Você se sente comprometido (a) com o Evangelho?  - Você tem percebido estes sinais na sua vida? – Você já usa nos seus relacionamentos a linguagem do amor? - Qual é o maior veneno para a humanidade, hoje? – Qual será o seu antídoto           

2 comentários:

joao lessa disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PERDAO POR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO.OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODOS.QUE TENHAMOS ISTO ESTA FALTANDO EM TODOS NOS ,MIZERICORDIA SENHOR.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário