.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Jesus é o doador da Paz-Helena Serpa

20/04/2017 – 5ª. feira - OITAVA DA PÁSCOA  Atos 3,11-26 – “As pessoas são apenas ferramentas de Deus para a libertação do Seu povo”
Porque tinham a plena consciência de que tudo o que acontecera com o coxo, por meio deles, fora uma obra de Deus por causa da fé em Jesus Cristo, Pedro e João procuravam conter o assombro daquele povo que os acompanhava.  Pedro abriu-lhe os olhos a fim de que conhecessem a verdade e não ficassem apegados às obras das pessoas.  Nós também, às vezes, ficamos apegados (as) ao prodígio e às pessoas que são instrumentos de Deus e esquecemos o Autor dos milagres. As pessoas são apenas ferramentas de Deus para a cura libertação do Seu povo.   Todos nós podemos ser instrumentos de Deus para ministrar ao nosso próximo a cura, a libertação, a graça e a bênção. Em vez de nos assombrar com o acontecimento deveríamos, porém, nos colocarmos como portadores da graça libertadora que Deus quer realizar no mundo.  A função de quem anuncia Jesus deve ser a de conscientizar as pessoas de que Jesus é o único Senhor e que o primeiro passo para assumi-Lo como tal, é o arrependimento que leva à conversão. Nunca, porém, devemos deixa-las “dependentes” de nós, mas sim, explicar que não precisam ficar estáticas esperando algo de nós, pois, Jesus está mais adiante para abençoá-las e dar a elas uma vida nova. Nós somos apenas sinalizadores do caminho que os levará a Ele.  - Você é daqueles (as) que olham mais para as pessoas e esquece-se de Deus? - A quem você pode está idolatrando e colocando no lugar de Jesus, O Justo?  - Qual a atenção que você dá aos pregadores, aos ministrados, aos “curadores” que estão a serviço de Deus? – O que realmente eles são para você?


Salmo 8 – “Ó Senhor, nosso Deus, como é grande vosso nome por todo o universo!”
Reconhecer a Deus como o Senhor de todo o universo não nos impede de também reconhecer que somos nós a obra prima da Sua criação. Devemos, porém, saber que tudo o que acontece é por graça de Deus; todo poder e autoridade que o homem e a mulher têm, vêm de Deus. Tudo o que existe é revelação do poder e da glória do Senhor que manifesta ao mundo a sua Onipotência. Portanto, mesmo que sejamos fracos e pecadores o Senhor nos concedeu o domínio sobre toda a criação. O poder do Senhor é quem nos move.

Evangelho -  Lucas 24,35-48 – “Jesus é o doador da Paz”

Os apóstolos reunidos no Cenáculo ouviam dos dois discípulos a narrativa de como haviam encontrado Jesus no caminho para Emaús. Nesse mesmo momento Jesus entrou no local onde eles se encontravam e falou: “A paz esteja convosco!”  Marcado e cicatrizado, porém vivo e ressuscitado Jesus mostrava-se a eles, que, alegres e surpresos, ainda tinham dúvidas no coração.   Como para comprovar a Sua presença Jesus convidou-lhes a que tocassem nele e pediu-lhe algo para comer. Por meio das palavras e dos gestos de Jesus os discípulos, então, começaram a entender o porquê de todos os acontecimentos.  Assim sendo, Jesus abriu a inteligência dos seus discípulos para que apreendessem as Escrituras dando-lhes a paz e o entendimento de tudo quanto lhes dissera antes. Hoje, somos nós as testemunhas de Jesus Cristo ressuscitado e as promessas do Pai se cumprem na nossa vida na medida em que acreditamos no Seu poder. Jesus é Aquele que vem nos trazer a paz e, assim como aconteceu com os Seus seguidores, quando nos reunimos em Seu Nome o Seu Espírito se manifesta e nós sentimos a Sua presença viva e operante. Para que   possamos compreender Jesus precisamos nos aproximar Dele, tocá-Lo e alimentarmo-nos com Ele. Quando temos uma experiência com Jesus e chegamos a tocar no Seu mistério de Amor por meio da Sua Palavra nós também alimentamos a nossa alma e temos a inteligência iluminada para compreender a obra que Ele deseja realizar em nós. A obra de Jesus é uma obra de paz! Na verdade, a primeira manifestação de que estamos realmente tocando Jesus é a paz que invade o nosso coração. Jesus chega de mansinho e vem também nos dizer que o sofrimento, a dificuldade, a aflição, são passagens próprias da nossa vida. Esses acontecimentos, ao contrário do que muitas vezes imaginamos, nos trarão, mais tarde, a paz, o entendimento e a alegria da superação, se nos apoiarmos Nele e tivermos como exemplo a Sua Ressurreição. A paz é fruto da justiça. Jesus é o Justo por excelência, por isso Ele é o doador da Paz. A paz que Jesus nos trouxe Ele a conquistou justamente na Cruz. O Seu sofrimento e a Sua entrega foram por Amor e Paixão por cada um de nós.   - Você agora entende melhor os acontecimentos que Jesus viveu? – E os acontecimentos da sua vida, você compreende-os? -  Você sente essa paz que Jesus veio nos dar? – Ela acontece em você apesar das suas dificuldades? – Você tem mostrado isso na sua vida? 

3 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Jose Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena !!!

joao lessa disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PERDAO POR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO,OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO.IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODOS,CREIAMOS EM JEZUS RESSUCITADO AMEM

Postar um comentário