.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Um gesto concreto de penitência-Helena Serpa

18 de Novembro- Terça - Evangelho - Lc 19,1-10

Apocalipse 3, 1-6.14-22 – “restauração” 

No Livro do Apocalipse é o próprio Jesus que se apresenta a São João e revela, por meio de símbolos, os mistérios do Pai para a humanidade. Jesus se dirige às Igrejas a fim de exortar, encorajar e motivá-las à conversão fazendo-lhes promessas de uma vida nova. A Palavra de Deus é eterna, não tem limite de tempo, por isso, a mesma mensagem que foi anunciada no passado precisa ser apregoada hoje, no presente e, amanhã, no futuro para que os homens se convertam. Essas Igrejas representam hoje cada um de nós que desejamos caminhar para a santidade, apesar disso, nos afastamos das coisas de Deus e nos envolvemos com os nossos projetos humanos. Deste modo, algumas vezes pensamos que estamos vivos, contudo, aos poucos vamos deixando morrer em nós o homem espiritual, ofuscados pelos apelos do mundo. Porém, como na Igreja de Sardes, Jesus encontra em nós ainda um pouquinho de vida a qual deseja restaurar. Outras vezes paramos na mediocridade do nosso dia a dia e nos tornamos “mornos”, tíbios, insensíveis aos apelos de Deus. Apesar de ricos e abastados das riquezas materiais apresentamos um coração entorpecido e sem apetite para acumular as riquezas espirituais. O Senhor hoje nos adverte e nos ameaça: “estou para vomitar-te da minha boca”!

Porém, na ânsia de nos salvar, Ele também nos aconselha: “compra de mim ouro purificado no fogo, para ficares rico, e vestes brancas, para vestires... compra também um colírio para curar os teus olhos”. E acrescenta: “Eu repreendo e educo os que eu amo”. Precisamos levar a sério as palavras deste Livro das Revelações de Jesus. Jesus bate à nossa porta e nos convida a cear com Ele, a assentar-se com Ele no Seu trono. Enquanto caminhamos aqui o trono de Cristo é a Cruz que nos liberta e nos exercita para a luta. Em Cristo somos vencedores, por isso, estejamos certos de que os nossos nomes não foram apagados do livro da vida e que a roupa branca está sendo modelada em nós a cada dia quando damos passos de conversão para Deus. – Como você está se sentindo atualmente: morto (a) ou vivo (a)? – Como está o seu coração: frio, morno ou quente? – Você está muito preso (a) aos seus projetos pessoais? – Será que Jesus vai “vomitar” você?

Salmo 14 – “Ao vencedor, dar-lhe-ei o direito de sentar-se comigo no meu trono”

Apesar de não termos consciência disso, enquanto estamos aqui na terra o nosso maior desejo é um dia habitar na casa do Pai. Voltar para a sua casa é o anseio da nossa alma, porém, precisamos ter em mente os conselhos do salmista: “Morará na casa do Senhor aquele que caminha sem pecado e pratica a justiça fielmente”. Somos pecadores, porém podemos viver sem praticar o pecado. Basta que sigamos a Jesus e ao Seu Evangelho que prega o amor a Deus e ao próximo como primeiro mandamento. 

Evangelho - Lucas 19, 1-10 - " um gesto concreto de penitência " 

A experiência de Zaqueu ao ter um encontro pessoal com Jesus levou-o ao arrependimento e, por conseguinte, a ter um gesto concreto de penitência. Embora fosse ele um pecador público, pela narrativa nós percebemos que ele mesmo provocou aquele encontro com Jesus. Este Evangelho nos mostra que o homem vive em busca dAquele que pode dar a ele paz e serenidade, no entanto, muitas vezes não consegue, por causa da própria vida que leva, cheia de ocupações e preocupações, pelos afazeres, enfim, por todas as coisas lícitas e ilícitas que pratica! Todavia, aquele (a) que se deixar olhar por Jesus e atender ao seu convite, terá a sua vida salva e verá, aqui na terra dos viventes, o supremo bem de uma vida transformada. O gesto de Zaqueu ao subir na árvore significa para nós o esforço que devemos fazer para nos reconciliar com Deus. Apesar da multidão que nos atrapalha e tenta nos impedir de fazê-lo, assim como também de todas as barreiras que nós mesmos levantamos teremos sempre a oportunidade de subir na árvore para encontrar Jesus. A árvore poderá ser uma pessoa amiga em quem nos apoiamos ou alguém que nos leva para um grupo de oração ou a algum lugar no qual podemos conhecer Jesus.  Jesus está atento a todo e qualquer gesto nosso que possa sugerir um desejo de conversão e mudança de vida. Porém, Ele não quer que fiquemos em cima da árvore, ou melhor, dependendo de que alguém nos apresente a Ele. Por isso, Ele nos manda, descer da árvore para que possamos levá-Lo para a nossa casa. “Hoje eu devo ficar na tua casa”, disse Jesus a Zaqueu. Todos nós que recebermos Jesus Cristo em nossa casa teremos encontrado a verdadeira bem-aventurança. É na nossa casa, no nosso interior que o Senhor deseja permanecer. É no convívio do nosso coração que o Senhor faz a sua obra de misericórdia acontecer nos levando a um arrependimento sincero, a ponto de também devolvermos tudo o que possamos ter usurpado de alguém, antes. Mesmo que não tenhamos nos apoderado de nada alheio, talvez sejamos devedores do amor de Deus que guardamos no coração e não passamos adiante. Por isso, não podemos nos esconder no meio da multidão, debaixo dos nossos pecados e das nossas faltas do passado. Precisamos também, como Zaqueu, procurar Jesus, acolhe-Lo na nossa casa para que permaneça junto da nossa família a fim de que tenha um encontro pessoal com a salvação. - Quem faria o papel de multidão hoje para você não conseguir enxergar Jesus? -  Quem foi para você, a árvore que o (a) fez ver Jesus? -  Você já desceu da árvore? - Jesus já está morando no seu coração ou você ainda depende de alguém para encontrá-Lo? - O que pode estar impedindo você de receber Jesus na sua casa, no seu coração? - O que e a quem você prometeu a Jesus devolver  para se redimir? 

Helena Serpa

3 comentários:

José Maria Nascimento disse...

Magnífica reflexão! Você é uma dessas árvores que possibilitam ver Jesus !! Obrigado !!!

Edevaldo disse...

Bom dia Helena

O comentário feito acima pelo nosso irmão José Maria Nascimento, torna-se também o meu comentário.
E peço a Deus, para que vc. sempre possa nos ensinar com suas reflexões.

Fique com Deus.

CLAUDIOMAR LEONI disse...

Realmente, és iluminada pelo Espírito Santo... obrigada !!

Postar um comentário