.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Somos servos inúteis-Helena Serpa

10 de Novembro-Segunda - Evangelho - Lc 17,1-6

Tito 2, 1-8.11-14 – Tito 2, 1-8.11-14 – “conduta sábia”

Escrevendo a seu discípulo Tito S. Paulo lhe recomenda que ofereça à sua comunidade o ensino de uma doutrina sadia, que forme as pessoas segundo os ensinamentos evangélicos. Para isso, aos homens e mulheres idosas, aos jovens e às jovens, ele aconselha uma conduta santa, sem vícios, com moderação, ponderação, castidade, docilidade, bondade. Nós, que abraçamos a Salvação, também somos chamados a viver assim, no intuito de que a Luz de Jesus brilhe no mundo por meio das nossas palavras e ações a fim de que os adversários sejam confundidos. O nosso testemunho pode arrastar uma multidão, para o bem ou para o mal, conforme seja a mensagem manifestada em vista das nossas atitudes. O equilíbrio, a justiça e a piedade são consequências de uma formação cristã que nos leve a manifestar a glória de Deus no meio dos homens. É pela graça de Deus que tomamos conhecimento dos ensinamentos evangélicos e os vivenciamos tendo como objetivo principal a esperança na vida eterna. O nosso foco é fazer com que Jesus Cristo seja cada dia mais conhecido e amado e isto, nós só poderemos alcançá-lo, se as nossas ações forem coerentes com o Evangelho para que possamos confundir os adversários. – Você tem se conduzido pelo testemunho das pessoas? – Você admira as pessoas que são prudentes, sóbrias, recatadas? – Qual será o segredo para que sejam assim, você sabe? – Você é uma pessoa forte na fé, na caridade e na paciência? 

Salmo 36 – “A salvação de quem é justo vem de Deus” 

Fazer o bem é uma consequência do jeito de ser daqueles (as) que confiam no Senhor. Quem confia no Senhor, aprende a fazer o bem, porque é Ele quem dirige o seu caminhar. Aquele (a) que tem alegria em servir ao Senhor receberá a sua recompensa e sua herança permanece eternamente.

Evangelho – Lucas 17, 7-10 – “ somos servos inúteis”

Neste Evangelho Jesus nos conscientiza de que o verdadeiro servo faz o que tem de fazer e não espera por gestos de gratidão nem tampouco ser recompensado com regalias pelo seu serviço. A nossa humanidade tem tendência a querer descanso, mordomia, vida fácil. Na maioria das vezes quando desempenhamos um bom trabalho, uma missão profícua ou mesmo a nossa obrigação diária, achamos que já “fizemos muito” e, por isso, então, devemos ser elogiados, exaltados, por tudo que foi perfeitamente executado. Jesus nos ensina que somos servos e, enquanto servos, temos sempre algo a concretizar. Assim, Ele nos exorta a permanecermos fiéis no nosso posto, fazendo tudo por amor e acolhendo as graças que caem sobre nós a todos os momentos enquanto trabalhamos na construção do reino. Todo servo fiel recebe a sua cota de alegria e regozijo pela missão desempenhada e não fica esperando presentes especiais para si. Somos considerados servos inúteis enquanto fizermos somente o que é da nossa obrigação. Precisamos entender que a recompensa que teremos pelas nossas ações de justiça nos serão concedidas no céu, quando tivermos alcançado a vida plena. Enquanto prestamos algum serviço ao reino de Deus, aqui na terra, nós o devemos realizar como parte da nossa condição de servos e de servas fiéis e não para receber honrarias ou esperar elogios. Desse modo, Jesus nos diz: ” quando vocês tiverem feito tudo o que vos mandaram, dizei: “somos servos inúteis: fizemos o que devíamos fazer!” A fé em Jesus nos faz sermos Seus servos de coração contrito, na certeza de que, se não conseguimos fazer tudo o que é necessário, pelo menos o nosso empenho, o nosso zelo, a nossa perseverança dão a amostra de que somos operários e operárias fieis do reino dos céus e que já recebemos o nosso salário. Jesus Cristo deu a vida por todos nós, portanto, Ele é o nosso Senhor! – Quando você presta algum serviço no reino de Deus você espera elogios? – Você fica triste quando não comentam a sua atuação positivamente? – Quando você é chamado (a) para algum ministério ou trabalho na comunidade você vai de boa vontade ou a contra gosto?  Você acha que já está fazendo muito e que já precisa descansar?

Helena Serpa, Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

Um comentário:

José Maria Nascimento disse...

Obrigado!!!

Postar um comentário