.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

“SER ou FAZER, eis a questão!” -Diac. José da Cruz


TERÇA FEIRA DA  27ª SEMANA DO TC 08/10/2013
1ª Leitura Jonas 3, 1-10
Salmo 129(130),3 “Se tiverdes em conta nossos pecados, Senhor quem poderá subsistir diante de Vós?”
Evangelho Lucas 10, 38 – 42

Pensei em conversar com Maria ou a própria Marta, mas o Evangelista São Lucas seria o mais indicado, afinal como autor ele é imparcial na história dessas duas mulheres.
___São Lucas, quem ganha essa parada, Marta ou Maria? Está muito claro que Maria escolheu a melhor parte, será que a reflexão é só isso mesmo?
São Lucas____Não podemos nos esquecer que o evangelho é uma reflexão das comunidades onde nós evangelistas estávamos em contato permanente, e é como uma colcha de retalhos, pegavam uma palavra de Jesus aqui, um relato diferente acolá, alguma coisa que alguém de outra comunidade falou sobre o fato, costura-se tudo e se faz o evangelho, sempre inspiração do Espírito Santo, no chão das comunidades, Palavra de Deus revelada.
___O Senhor está querendo com isso, dizer o que ? Que esse episódio não ocorreu?
___Quero dizer que  o mais importante é prestarmos muita atenção na reflexão em si, que se tira desse ensinamento do mestre, a reflexão é a essência, é como uma laranja onde a casca é importante, mas não mais do que aquilo que está dentro. Ao chupar uma laranja, se você ficar prestando atenção excessivamente nos detalhes da casca, irá perder o melhor, que são os gomos com o suco doce.
___Mas São Lucas, Jesus ia sempre hospedar-se na casa dessas duas irmãs, que são também irmãs de Lázaro, não ?
São Lucas____Claro que sim, eles formavam a Comunidade Betânia, mas sendo escrito pós pascal, por trás de Marta e Maria há duas comunidades, isso é muito claro. Uma dessas comunidades, muito hospitaleira por sinal, havia ao que parece  muitas atividades que hoje chamaríamos de pastorais. Era uma correria com reunião prá cá, reunião para lá, decisões e encontros, planejamento. Um ativismo exacerbado.
___Opa! Parece que o Senhor está falando de nossas comunidades? Ás vezes é assim também aqui em nosso tempo!
São Lucas ____ E a outra comunidade fazia um pouco menos de todas essas tarefas, pois tinham como prioridade as celebrações com a escuta da Santa Palavra, dos ensinamentos de Jesus. Não chegava a ser uma comunidade contemplativa, mas eram capazes de ficar horas e horas meditando a Palavra e não se cansavam em ouvi-la.
_____ São Lucas, nem precisa dizer mais nada, agora ficou fácil a meditação. Pois o Documento 94 das DGAE (Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora)  nos ensina a fazer tudo, A PARTIR DE JESUS.  Ele é o ponto inicial e o ponto final, sem ele, não caminhamos e nem chegamos a lugar nenhum. Uma Igreja Sacramentalista e Pastoralista parece Marta, que até acolhe, mas depois prioriza o FAZER em detrimento do SER, e o ideal mesmo é ser como Maria, primeiro o SER que vem com a Palavra de Jesus que transforma o nosso íntimo, daí o nosso FAZER será requalificado.
Diácono José da Cruz
Paróquia Nossa Senhora Consolata – Votorantim SP


Um comentário:

Anônimo disse...

Ficou bastante clara esta partilha da palavra. Deve-se ter tempo para tudo não esquecendo de buscar Jesus constantemente. Deus lhe abençoe!

Postar um comentário