.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

A vida eterna começa aqui, agora-Helena Serpa


04/05/2017 – 5ª. Feira III Semana da Páscoa – Atos 8, 26-40 -  “somos missionários do Senhor.
Às vezes deixamos de servir ao Senhor porque duvidamos da nossa capacidade ou porque nos sentimos inferiores ou achamos que não entendemos das coisas de Deus. Dessa forma, perdemos o nosso tempo precioso só querendo ser “evangelizados” e não cumprimos com a nossa missão de evangelizadores. Ficamos, assim, em débito com o mandato de Jesus. Nesta leitura nós encontramos Felipe que para cumprir as ordens do Senhor por intermédio do anjo, se levantou de onde estava e desceu de Jerusalém a Gaza, enfrentando o deserto, lugar de penúria, de dificuldade, de sequidão. Foi, sem questionar nem dar palpites, pois estava ciente de que Deus estava lhe convocando para alguma missão.  Assim também acontece na nossa vida, quando somos convocados pelo Senhor para diversas missões, que, à primeira vista, nem entendemos! Precisamos estar atentos! Somos missionários do Senhor e para obedecer às Suas ordens  nós também, como Felipe, estamos sujeitos a enfrentar o deserto, lugar penoso e cheio de dificuldades. Da mesma forma, no caminho também encontraremos aqueles que estão na ignorância, e precisam ser evangelizados a fim de encontrar a verdade. Evangelizamos quando, falando de nós mesmos (as), de da nossa mudança e transformação, de como nos sentimos alegres por causa de Jesus. Assim fazendo, despertamos nas outras pessoas o desejo de também conhecer a Jesus e cumprir com a missão de anunciar o Seu Nome. Portanto, evangelizar é anunciar a nossa experiência com Jesus Cristo dando testemunho da ação Palavra de Deus na nossa vida em todos os momentos. Sair de Jerusalém é sair do templo, do Sagrado, para ir ao mundo é sair com a luz para irradiá-la nas trevas: “o caminho é deserto”. Quando nos afastamos do conforto das “coisas de Deus” na casa de Deus, em missão, nós enfrentamos as dificuldades do deserto.  Às vezes somos enviados para um ambiente hostil, e precisamos evangelizar aqueles que estão na completa ignorância das coisas de Deus e precisam encontrar a verdade. Encontrar os “ministros e administradores do tesouro do mundo” é também a nossa missão. Eles não estão no templo, eles estão no mundo, no deserto por onde andamos. “Aqui temos água. O que impede de que eu seja batizado”, falou o eunuco, mostrando para nós que o que faz o Espírito agir é a abertura do nosso coração e o nosso querer. Em qualquer situação e em todas as circunstâncias nós somos chamados (as) também, a como Filipe a renovar o Batismo do Espírito Santo para aqueles (as) que têm fome e sede de Deus.   - Você também, como Filipe, tem encontrado essas pessoas que não entendem nada de Deus? O que você tem feito?  Você tem esclarecido alguma coisa? -  Quando você está fora da Igreja, da Comunidade, do Grupo de Oração, como é o seu comportamento? – Você já adquiriu o costume de impor as mãos sobre alguém e pedir para ele o Espírito Santo?

Salmo 65 – “Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira!”
É o Senhor quem dá vida à nossa vida, diz o salmista. Você já pensou nisso? A nossa vida só tem sentido se for vivida em Deus. O Senhor nos escuta quando nós elevamos para Ele a nossa voz e o nosso clamor. Ele não nos deixa a ver navios quando imploramos a Sua assistência. Por isso, podemos dizer também com o salmista: “Bendito seja o Senhor Deus que me escuta e não rejeita a minha oração e o meu clamor!”

Evangelho – João 6, 44-51 – “a vida eterna começa aqui, agora ”
Todos serão discípulos de Deus, por isso, aquele que foi instruído pelo Pai vem a mim”. Com estas palavras o próprio Jesus nos garante que todo aquele que escuta o Pai e por Ele é instruído, se aproximará Dele.  Deste modo, precisamos ter firme convicção de que, se escutamos a Palavra de Deus, se procuramos aprofundar-nos nos mistérios sagrados, com certeza encontraremos, a Jesus Cristo, pão da vida, pois a Sua Palavra é o pão que alimenta a nossa alma e nos ensina o caminho para a vida eterna. A fé em Jesus Cristo é quem nos garante a vida eterna. E a vida eterna nós começamos a vivê-la aqui, agora, porque cremos que Jesus está em nós e manifesta em nós este clima de eternidade. Eternidade é a vivência do Amor de Deus que opera em nós através de Jesus, pão vivo que vem do céu pelo poder do Espírito Santo. Jesus entregou o Seu Corpo para ser imolado por nós, derramou o Seu Sangue e nos deixou o memorial do Seu sacrifício para que sejamos alimentados.  “Eu sou o pão da vida”! O pão que nós, tocamos, vemos, comemos e vivemos é a Palavra de Jesus, é a Eucaristia. Jesus se oferece como alimento, hoje, por isso, não podemos permanecer na inanição, aproveitemos, pois este é o momento mais importante da nossa vida. Não esperemos por um tempo que virá, a vida eterna começa aqui, agora, pois o reino de Deus é Jesus e Ele já está no meio de nós. – Medite nas afirmações de Jesus nesse trecho do Evangelho e pense na sua vida, o que você tem experimentado e o que você tem sentido em relação a Jesus e mais uma vez esteja consciente de que Cristo está vivo para dar a você a nova vida, hoje.


2 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário