.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

O amor do Pai e do Filho por nós é a maior oblação que recebemos nesta vida-Helena Serpa


18/05/2017 - 5ª. Feira V Semana da Páscoa  – V Semana da Páscoa -  Atos 15, 7-21   “ninguém poderá ficar de fora do projeto do Pai.
Reunidos em concílio os apóstolos discerniam sobre a circuncisão dos pagãos e ouviam o que Pedro ouvira de Deus em relação àquela situação. Pedro lhes recordava que Jesus viera abolir este tipo de sacrifício e que Deus, conhecendo os corações, testemunhara em favor dos pagãos, dando-lhes o Espírito Santo, assim como fez com eles próprios. Os pagãos que se convertiam ao cristianismo recebiam do próprio Deus a circuncisão do coração por meio do Espírito Santo, provando que Deus não faz distinção de pessoas. Assim sendo, eles decidiram que deveriam parar de importunar os que se convertiam a Jesus. Hoje também precisamos ter consciência de que é pela graça de Jesus Cristo que somos salvos e não porque somos bons ou rezamos muito. A prova da nossa salvação é a fé que temos em Jesus Cristo e um coração convertido à semelhança do Seu coração. O que nos adiantará ter o corpo marcado por sacrifícios, a nossa oração, o nosso jejum,  se o nosso coração não estiver assinalado pelo Amor do Pai? Por isso, nós que temos o Espírito Santo de Deus devemos nos considerar selados, marcados pelo selo do Amor e deixar que este Amor se manifeste por meio dos nossos pensamentos, palavras e ações. O plano do Pai é que todos nós sejamos salvos e cheguemos ao conhecimento da verdade, portanto ninguém poderá ficar de fora. Às vezes, rejeitamos as pessoas porque entendemos que elas não são dignas e desejamos dar a elas um jugo que nem nós mesmos podemos suportar. Precisamos estar de olhos abertos para isso, para que não sejamos julgados pelo nosso próprio julgamento. -  Você tem o seu coração circunciso? – Como é isso? – O que você entende por isso? – Você faz alguma objeção que pessoas consideradas “pecadoras públicas” (criminosos, estupradores, assaltantes, tenham acesso à Igreja, e ao direito de receber Sacramentos?

Salmo 95 – “Anunciai as maravilhas do Senhor entre todas as nações
O Espírito Santo é quem nos faz cantar e anunciar as maravilhas do Senhor em todos os lugares. É Ele o nosso motivador. Jesus é o Rei de quem tem um coração contrito e se apossa da salvação que Ele veio nos dar. Publicar entre as nações que o Senhor reina é tê-Lo como único Senhor e Salvador.

Evangelho – João 15, 9-11 -  “O amor do Pai e do Filho por nós é a maior oblação que recebemos nesta vida”
Quando viveu aqui na terra Jesus estava sempre a revelar ao mundo o amor que existia entre Ele e o Pai, mostrando que a prova deste grande amor seria justamente a Sua entrega para a salvação da humanidade. “Como o Pai me amou, assim também eu vos amei.” Percebemos, então, que o Amor do Pai por nós, através do Filho, extrapola todo o conceito de amor que apreendemos no mundo. Olhando com as nossas lentes humanas percebemos que nunca seríamos capazes de entregar um filho nosso para salvar a vida de outra pessoa, nem tampouco os nossos filhos aceitariam entregar-se para redimir quem quer que fosse. O amor do Pai e do Filho por nós é, portanto, a maior oblação que recebemos nesta vida.  Precisamos, pois, nos apossar deste Amor de uma maneira radical e abrangente a fim de que possamos assumir e cumprir com a proposta que se segue: “Permanecei no meu Amor.”  Em outras palavras: para que possamos permanecer no amor de Jesus nós precisamos ter consciência de que Ele realmente nos ama com o Amor Eterno que vem do coração do Pai.  Para isso, a única exigência que Jesus nos faz é que “guardemos os Seus mandamentos”. Guardar os mandamentos é vivenciá-los em todos os momentos  e ensiná-los àqueles a quem orientamos e amamos, através do nosso testemunho de vida. Por conseguinte, se guardarmos os Seus mandamentos, com certeza, permaneceremos no Seu amor e no Amor do Pai, assim como Ele mesmo o fez. O Espírito Santo que é o amor entre o Pai e o Filho é o nosso motivador, deste modo, se nos conservarmos sob o poder do Espírito Santo permaneceremos no amor de Deus, pois conseguiremos cumprir com os Seus mandamentos. Os mandamentos do Senhor estão impressos no nosso coração e são como uma receita para que tenhamos uma vida feliz. O amor do Pai nos traz a alegria e a felicidade verdadeira. Ser feliz é o compromisso que temos com o nosso Criador, pois Ele nos criou para que sejamos felizes. O Senhor quer nos dar uma alegria plena, e esta, nós só a teremos se permanecermos ligados (as) a Jesus pelo poder do Seu Espírito. A alegria do Senhor é a nossa força porque provém da fonte do Amor Eterno do Pai, que é Todo Poderoso. – Você é uma pessoa alegre? – De onde provém a alegria de que você é possuído (a)? – Você já experimentou a alegria do Espírito? – Você vivencia os mandamentos da Lei de Deus? – Em que consiste a Lei de Deus?


3 comentários:

Jose Maria Nascimento disse...

Belíssimo comentário !!! Obrigado !!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

joao lessa disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PERDAO POR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO,OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODOS,SERA QUE ESTAMOS PERMANECENDO NO AMOR DO PAI ,PENSEMOS NISSO AMEM

Postar um comentário