.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

-ASCENSÃO DO SENHOR-José Salviano


ASCENSÃO DO SENHOR
28 DE MAIO DE 2017
Cor: Branco
Evangelho - Mt 28,16-20
Toda a autoridade me foi dada
no céu e sobre a terra.

Naquele tempo:
16Os onze discípulos foram para a Galiléia,
ao monte que Jesus lhes tinha indicado.
17Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele.
Ainda assim alguns duvidaram.
18Então Jesus aproximou-se e falou:
'Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra.
19Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos,
batizando-os em nome do Pai
e do Filho e do Espírito Santo,
20e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei!
Eis que eu estarei convosco todos os dias,
até ao fim do mundo'.
Palavra da Salvação.

Neste domingo chegamos ao final do tempo pascal e celebramos a volta de Jesus a casa do Pai. Terminada a sua missão terrena, Ele volta para o Pai, e para nos preparar uma morada definitiva.  Jesus não nos abandonou. Pelo contrário, Ele continuou conosco de forma invisível e através da sua Igreja que recebeu a missão de continuar o seu trabalho.
           
No dia em que Jesus nasceu, foi o Céu que desceu a Terra. Na ascensão foi a Terra que subiu aos Céus.
Não se trata de uma despedida de Jesus, como no primeiro instante, pareceu aos apóstolos que ficaram inertes com os olhos voltados para o alto. Trata-se da volta de Jesus a casa do Pai. Mas na verdade, Jesus enquanto Deus, nunca saiu do lado do Pai. Porém, como verbo encarnado, enquanto homem, Ele esteve no meio de nós, e após a sua morte, ressuscitou e voltou para o Pai. Desse modo, podemos entender claramente, que um homem subiu ao céu e sentou-se à direita de Deus Pai. Portanto, a ascensão de Jesus está diretamente ligada à sua ressurreição. Ele faz parte desse movimento de descida, de encarnação, e subida, ascensão do Messias, o Salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.
           
Jesus ressuscitou e provou isso aparecendo aos discípulos em diversas ocasiões e situações, assim como apareceu a 500 pessoas estranhas, que não eram amigos nem parentes na estrada de Damasco.  Apesar de alguns discípulos não acreditar no início, todos no final, inclusive Tomé, passaram a crer no Cristo ressuscitado, VIVO PARA NUNCA MAIS MORRER, E PRESENTE NO MEIO DE NÓS, PELO SEU PODER E PELA SUA IGREJA, para impulsionar todo o trabalho missionário dos seus seguidores. 
           
A ascensão do Senhor marca o término do tempo do Filho de Deus em sua experiência na Terra.  Depois de Jesus ter cumprido tudo o que o Pai planejou, Ele transferiu para os apóstolos a missão que Ele encerrou.
           
Meus irmãos. Essa missão continua até hoje através dos seguidores dos apóstolos e representantes consagrados, e também dos leigos que somos todos nós que de uma maneira ou de outra, através do testemunho ou da palavra propriamente dita, estamos espalhando para os nossos irmãos e para o mundo, os caminhos que nos levam ao Deus Uno e Trino.
           
Agora cabe a nós continuarmos a missão de Jesus. Apesar de não precisar de nós, Deus quis nos presentear com a honra de colaborar com Ele na salvação da humanidade, dando prosseguimento à sua missão salvadora na Terra. Portanto, é para nós motivo de grande orgulho ser continuadores da missão de Jesus Cristo diante dos homens e das mulheres.
           
Todos nós somos convidados. Então por que estamos aqui parados olhando para o Céu?  Por que não vamos à luta para levar aos nossos irmãos a glória de Deus? 
           
Os apóstolos experimentaram uma nova vida em Cristo e com Cristo. Um viver como nunca teriam imaginado.  Contentar-se com pouco, serem alegres pela graça de Jesus.
           
O que Jesus lhes recomendou ao passar-lhes a sua missão, não foi apenas pregar o Evangelho, mas testemunhar o que eles haviam experimentado. Contagiando a todos com o seu novo estado de espírito, com as suas novas vidas. Transferir para o irmão e para a irmã, o que eles estavam sentindo e vivendo depois do convívio com Jesus.
           
Nós também podemos e devemos fazer o mesmo, já que somos os continuadores dos apóstolos. Não só proclamar o Evangelho de Jesus, mas contagiar a todos com o nosso estado de graça, com a nossa alegria contagiante por estar embebidos do Cristo ressuscitado.
           
A nossa catequese não pode e nem deve ser da boca para fora. Não se evangeliza com os lábios, mas com os lábios e todo o nosso ser. Cada gesto, cada movimento, cada recolhimento contritos em Deus, devemos transbordar, botar para fora o nosso interior santificado e convertido, para então converter todos em nossa volta.
           
E aí, minha irmã, meu irmão?  O que mais o impede? O que mais atrapalha? Alguns são possuidores do dom da palavra. Outros são portadores de grande fé. O que estamos esperando? Até quando vamos ficar como os apóstolos olhando para o céu procurando Jesus? Buscando um Jesus só para nós? E os nossos irmãos? Eles não precisam conhecer Jesus? Não precisam serem salvos como nós também? O que mais nos atrapalha é o apego aos bens materiais? Ou a sexualidade?  (Isso um dia acaba).  Ou o medo do que os outros vão dizer, inclusive os nossos parentes? O que estamos esperando? Acabar as nossas forças? Perder o entusiasmo quando chegar a velhice? O fim da nossa existência? Aí vamos chegar a conclusão, vamos descobrir que fomos seres inúteis a vida toda. Que não passamos de árvores que não deram frutos, de palha seca que merece ser lançada ao fogo...Isso é muito triste. É um fim que não desejamos nem para os nossos inimigos.
Mas para aqueles e aquelas que ouviram e seguiram o chamado de Jesus como o fizeram os apóstolos, naquele dia será só alegria!  "Bem vindos, benditos do meu Pai". "Vossos nomes estão escritos no Céu". Vocês terão cem vezes mais nesta vida e mais a vida eterna". 
           
A nossa maior desculpa para não seguir Jesus nos nossos dias, é dizer que temos um emprego, uma família para cuidar, e que não nos sobra nenhum tempo livre para nos dedicar a catequese. Conversa fiada! Isso não é bem verdade!  Pois para outras coisas, nós arrumamos tempo. Damos sempre um jeito de ficar no bar por várias horas intoxicando o nosso fígado, nossa vesícula com um copo na mão e "jogando conversa fora".  Arrumamos tempo para jogar bola, para assistir o jogo, a novela, para conversar com a vizinha, entre outras coisas que você bem o sabe. Para nos dedicar pelo menos um pouco, e aos sábados ou aos domingos a serviço do Reino de Deus, fazemos corpo mole, temos vergonha, alegamos que não temos jeito para isso, ou que estamos cansados demais...  Jesus que vê tudo, até o que se passa em nossas mentes, um dia vai cobrar de você os talentos que Deus lhe deu e que você deixou enferrujar, e não os aplicou para a salvação dos demais irmãos.  JESUS VAI JULGAR VOCÊ POR SÓ TER PENSADO NA SUA SALVAÇÃO PESSOAL, E POR NÃO TER SE IMPORTADO COM A SALVAÇÃO DO MUNDO!
Cuidado! Ainda é tempo!
Tenha um bom domingo. Aproveite para conhecer as pastorais da sua paróquia.


Tenha um bom e santo domingo. José Salviano.


3 comentários:

Fabiana Castro disse...

Amém
Reflexão maravilhosa!
Como tem ajudado essas reflexões.

Fabiana Castro disse...

Amém
Reflexão maravilhosa!
Como tem ajudado essas reflexões.

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário