.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

O Pai vos ama...Reflexão do falecido Padre Queiroz

27-05-2017
Jo 16,23b-28




O Pai vos ama, porque vós me amastes e acreditastes.

Neste Evangelho, Jesus expõe as consequências da sua união com o Deus Pai: Há um círculo de amor que se estabelece entre o Pai, Jesus, o Espírito Santo, os discípulos, e estes si. Essa intimidade e essa comunhão tem duas consequências práticas: a nossa oração é ouvida e o nosso conhecimento de Deus aumenta. São privilégios que o discípulo fiel de Jesus desfruta.
“Se pedirdes ao Pai alguma coisa em meu nome, ele vo-la dará... Pedi, e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.” Através do Espírito Santo, nós estamos incorporados em Cristo, que é um com o Pai. Portanto, a nossa prece tem a força de Cristo.
Os discípulos não podiam alcançar essa união profunda com Cristo enquanto não recebessem o dom do Espírito Santo, que Jesus lhes enviou depois de sua subida ao céu. Por isso que Jesus fala: “Até agora nada pedistes em meu nome”.
“Para que a vossa alegria seja completa.” Alegria completa nós só teremos no céu. Portanto, a nossa oração está voltada principalmente para a nossa salvação e a de nossos irmãos e irmãs.
A eficácia da oração do cristão depende da sua união com Cristo. “Se alguém me ama, guardará a minha palavra; meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada. Quem não me ama, não guarda as minhas palavras” (Jo 14,23-24).
O Pai vos ama, porque vós me amastes e acreditastes. A nossa união com Jesus, faz com que o Pai nos ame com o amor que tem a Jesus. Por isso ele nos atende, mesmo se lhe pedirmos diretamente, sem a mediação de Jesus. E a oração dos discípulos de Cristo é também a própria oração de Cristo, que com eles está intimamente unido. Por isso que na Missa nós rezamos: “Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo poderoso, na unidade com o Espírito Santo, toda honra e toda glória, agora e para sempre”.
“Vem a hora em que não vos falarei mais em figuras, mas claramente vos falarei do Pai.” Essa comunicação clara de Jesus aos discípulos começou no dia de Pentecostes e terá a sua plenitude no céu. É a consequência do dom da filiação divina, que Cristo nos deu. Entre pai e filho a conversa é franca, aberta e natural. “Agora nós vemos num espelho, confusamente; mas, então, veremos face a face. Agora, conheço apenas em parte; mas, então, conhecerei completamente” (1Cor 13,12).
Certa vez, uma família resolveu fazer uma festa para celebrar as bodas de prata do casal. Primeiro participaram da Santa Missa e depois ofereceram um churrasco para os parentes, amigos e vizinhos. Quando a carne estava pronta, o filho mais velho desligou o som e convidou todos a uma oração. Mas um rapaz, filho de uma família vizinha, não rezou. Não só não rezou, mas resolveu debochar. Depois que terminou a reza, ele disse: “Acho que eu fui o único que não rezei”. Uma velhinha que estava perto ouviu e não deixou por menos. Ela falou: “Não! Não foi só você que não rezou!” E, apontando para dois gatos e um cachorro, disse: “Eles também não rezaram”.
O rapaz quis dar uma de bonito e saiu-se mal. “Pedi, e recebereis”. A festa do amor que circula entre Deus Pai, Cristo, o Espírito Santo, nós e os nossos irmãos e irmãs, é maior e mais bonita que qualquer festa terrena. Mas essa festa só é possível se rezarmos, e muito. Que o nosso bom Deus nos ilumine e dê forças para, como esta senhora, enfrentar as ondas do mal, de forma criativa e certeira.
Em todos nós esse conhecimento das coisas divinas é, em parte, antecipado, a partir do nosso batismo. Em Maria, essa antecipação foi tão generosa da parte de Deus, que ela foi em corpo e alma para a visão beatífica.
O Pai vos ama, porque vós me amastes e acreditastes.




Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário